Autoconhecimento Comportamento

Quão vulnerável você está disposto a ser?

Juli F. Wisnievski
Escrito por Juli F. Wisnievski

Sinônimo de incerteza, risco, exposição emocional e insegurança é algo que todos querem evitar. No entanto, se pararmos para analisar, somos todos extremamente vulneráveis. Não sabemos quanto tempo teremos de vida, não sabemos quando alguém que amamos se vai. Estar vivo é estar vulnerável.

O homem, no entanto, segue incansavelmente em busca de minimizar esse sentimento que causa tanto medo e dor. Aprendemos a nos proteger e usamos de todos os confortos possíveis para não nos expormos, assim criamos uma zona de conforto ao nosso redor. Inicialmente, uma sensação de proteção cresce, porém nunca se sustenta. Acabamos por viver a vida em função da nossa zona de conforto e, quando nos deparamos para um olhar mais atento, estamos vivendo uma vida mecanizada, sem alegria profunda, com uma vulnerabilidade menor, mas a que custo? Quanto custa chegar ao final da sua vida e ver que você poderia ter arriscado mais, sido mais corajoso e vivido mais?

Homem com uma venda branca nos olhos tentando se encontrar em meio a selva.

Para viver sua vida ao máximo, é necessário sair da zona de conforto, abandonar o conhecido e ir em busca do desconhecido.

Muitas pessoas passam anos e vidas sonhando com essa possível mudança, mas não são capazes de executá-la, tornando algo que poderia ser real em um sonho distante.

Para mudar é preciso ter coragem e toda e qualquer mudança traz vulnerabilidade. Estar disposto a estar vulnerável é o único caminho para ser o seu melhor. É somente através da vulnerabilidade que você conseguirá coragem para agir, se expor e correr atrás do seu sonho, por mais distante que ele esteja. No caminho, muitas vezes sentimos medo e sentimos perigo, mas é somente esse caminho que nos dá acesso a sermos o nosso verdadeiro EU.

Menina, com medo, coloca seu cabelo preso em uma trança na frente dos olhos.

Além disso, estar vulnerável abre espaço para:

  1. Criatividade: aceitando a nossa vulnerabilidade, tornamos nosso potencial criativo em algo grandioso, ousado e com potencial irrestrito;
  2. Inovação: valorizando uma cultura pessoal que se permite experimentar e, consequentemente, estar vulnerável, permite que você inove no seu jeito de viver, no seu trabalho e na sua forma de enfrentar a vida;
  3. Confiança: se você entende que para gerar mudança é preciso ser vulnerável, passa a gerenciar o processo de mudança com mais confiança e clareza, sabe que erros e falhas serão inevitáveis no caminho, porém não se intimida por isso; não deixa seu cognitivo te persuadir com milhões de perguntas negativas evidenciando a vulnerabilidade e o risco como algo 100% negativo.

Estamos vulneráveis conscientemente ou não, então por que não usar essa vulnerabilidade para criar algo novo que você tanto quer? Escolha coragem ao invés de conforto. Coloque-se no ringue daquelas pessoas que se despem das máscaras, da zona de conforto e, com coragem, lutam pelos seus ideais e transformam suas vidas e as dos demais.


Você pode gostar de outros artigos dessa autora. Confira também: Câncer infantil – Uma lição de vida.

Sobre o autor

Juli F. Wisnievski

Juli F. Wisnievski

Há algum tempo, uma vontade extrema de viver e explorar a vida batia no meu coração. Eu tinha tudo que uma vida convencional pedia, mas sentia que a vida me escapava.

Decidi me tornar a dona da minha própria vida. Troquei a carreira corporativa como Diretora de Marketing por uma aventura pelo mundo abordo de um veleiro com meu marido e dois filhos pequenos.

Quebrei paradigmas, senti muito medo, percorri um caminho longo de autoconhecimento, mas, finalmente, passei a viver a vida ao máximo. Renasci. Libertei o espírito vivo, nômade, explorador, viajante que sempre esteve em mim, e ainda passei a ter como missão inspirar e ajudar as pessoas a viverem a vida ao máximo.

Vem comigo despertar para uma vida cheia de significado, criar coragem para mudar e passar a viver a sua vida ao máximo.

Contato:

Email: [email protected]
Site: lifesomewhere.com.br
Ebook: Life Somewhere: Vivendo a vida ao máximo
Facebook: Lifesomewhere
Instagram: @life_somewhere
YouTube: Life Somewhere