Autoconhecimento

Quer algumas dicas antiabuso emocional?

Mulher triste e depressiva por causa de abuso.
Silvia Malamud
Escrito por Silvia Malamud

Para começar, vale a primeira dica: conheça sobre o tema, conheça, respeite e valide a si mesmo em suas mais ínfimas percepções, aprenda a se escutar e a reconhecer quem são os psicopatas, suas manobras e suas ações no mundo.

Se num relacionamento – afetivo, de trabalho, social ou do que quer que seja – você não está tão conectado, mas, pela insistência e persuasão desse outro, acaba se envolvendo, observe com bastante atenção a sua mente, as suas emoções e sensações corporais e dê espaço a si mesmo para que a sua intuição fale mais alto do que todos os seus pensamentos e “achismos”.

Observe se fica justificando e se entra no clima da sedução, buscando minimizar tudo que não lhe cai bem.

Tenha em mente que, ao fazer isso, toda sorte de desqualificação – que certamente virá – terá início em você mesmo, desde o momento em que escolheu não se levar a sério em suas próprias percepções e em sua intuição, que por toda a sua vida é e sempre será o seu anjo da guarda.

Mulher vítima de abuso, assédio. Está desesperada e triste.

Se o abusador aparece e some, muda de humor inusitadamente, te deixando no ar, e se depois de você se descabelar esquentando a cabeça para saber o motivo e insistir que ele se explique (a fim de que você possa, de alguma forma, se apaziguar e entender), como resposta, ele discursará algo convincente. Mas saiba que esse padrão de comportamento só irá piorar, ampliando-se para as mais diversas formas de ações. Essas táticas apenas servem para domar e enquadrar as presas em rotas avassaladoras de submissão e desabamento psicológico.

Abusadores emocionais estão, na maioria, dentro do espectro das variáveis dos psicopatas. E, de acordo com as mais recentes pesquisas, em cada 100 pessoas, quatro configuram-se dentro desse perfil. Estão, portanto, entre nós muito mais do que podemos supor. Eles sabem o que fazem, mas não têm consciência moral, não têm empatia, ou seja, não sabem se colocar no lugar do outro. Têm habilidade de olhar incisivamente nos olhos dos outros, camuflando sedução, amor, pena ou mentindo sem sequer pestanejarem. Fazem parte de um transtorno de personalidade que se associa a um narcisismo exacerbado, em que não existe espaço para mais ninguém ao lado deles que não sejam eles próprios. Quem convive com essas pessoas percebe claramente que são eles que definem a personalidade dos outros, independente do que estes possam ser.

Quando acusados de algo, facilmente invertem verdades, e inúmeras vezes conseguem se fazer de vítimas.

Homem sofrendo abuso no trabalho.

A melhor ferramenta que se pode ter nesta atualidade – em que existe um sistema que alimenta esse tipo de perversão, quando ativa a exacerbação competitiva do culto ao belo, do culto ao estar e se dar bem a qualquer preço – é o conhecimento sobre o tema, o conhecimento sobre si mesmo, e o principal: levar-se a sério, tomando atitudes cirúrgicas quando notar que algo, por mais ínfimo que possa parecer, não lhe cai bem, lhe rouba de si mesmo, lhe deixa instável.

Quanto mais despertos, melhor!

Silvia Malamud


Você também pode gostar de outro artigo desta autora. Acesse: EMDR – A cura emocional do sec. XXI

Sobre o autor

Silvia Malamud

Silvia Malamud

- Psicologa
- Especialista em temas relacionados ao Abuso Emociona com narcisistas perversos em relacionamentos afetivos, familiares, mãe/pai filhos, escolares, sociais e de trabalho.
– Especialista em Terapia Individual, Casal e Família /Sedes
- Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA
- Terapeuta Certificada em Brainspotting - David Grand/ EUA
- Terapia de Abordagem Direta a Memórias do Inconsciente.

EMDR e Brainspotting são terapias de reprocessamento cerebral que visam libertar a pessoa do mal estar causado devido à experiências difíceis de vida, vícios, traumas, depressões, lutos e tudo o mais que é perturbador e que seja uma questão para que a pessoa queria mudar. Este processo terapêutico, por alterar ondas cerebrais viciadas num mesmo tipo de funcionamento, abre espaço para que a vida mude como um todo, de modo muito melhor, surpreendente e inimaginável anteriormente.

Mais sobre Silvia Malamud: Além de psicóloga Clínica, é também formada em Artes plásticas- Terapia Breve - Terapia de Casais e Família pelo Sedes Sapientiai. Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e em Brainspotting David Grand/EUA. Desenvolveu-se em estudos e práticas em Xamanismo, Física Quântica, Bodymirror. Participou e se desenvolveu em metodologias de acesso direto ao inconsciente, Hipnose, Mindskape, Breakthrough e outras. Desenvolveu trabalho como psicóloga Assistente no Iasmpe, Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual, com pesquisa sobre o ambiente emocional de residentes durante o período de suas residências, de 2009 até 2013. Participou do grupo de atendimentos de casais do NAPC de 2007 à 2008. Autora dos Livros "Projeto Secreto Universos", uma visão que vai além da realidade comum e Sequestradores de Almas, sobre abuso emocional que podemos estar vivendo, sem ao menos saber, sobre como despertar e como se proteger.

· Conhecimento terapêutico: Cenários e imagens: Já presenciei diversos pacientes fazerem "viagens" às vidas anteriores, paralelas, sonhos e mesmo se reinventarem em cenas reais ocorridas ou não. Vi-os saindo do túnel do reprocessamento, totalmente mudados e transformados, inclusive em suas linhas de tempo. Para mim, fica uma pergunta de física quântica... O que acontece com a rede de memória da pessoa se a matriz do acontecimento muda totalmente não o afetando mais? A linha do tempo e todos os significados emocionais transformam-se simultaneamente. Todos os eventos difíceis que a pessoa teve em relação ao tema ao longo da vida perdem o sentido e até parece que nem existiram, embora se saiba. A pergunta que fica é: O que é o tempo quando podemos nos transformar e nos auto-superarmos nesta amplitude?

· Coexistimos em inúmeras camadas de realidades que são atemporais. Por exemplo, o seu “eu” criança pode estar existindo e atuando em você até hoje... Outros aspectos desconhecidos também podem estar, sem que você suspeite.

Silvia Malamud
Psicóloga clinica Especialista em Terapias Breves individual, casal e
família/Sedes - CRP: 06-66624
Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA
Terapeuta Certificada em Brainspotting – David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem Direta a Memórias do Inconsciente.
email.: [email protected]