Autoconhecimento Parapsicologia

Reconhecendo nosso merecimento

Carla Bettin
Escrito por Carla Bettin

“Certa vez, uma pessoa faminta teve a oportunidade de sentar-se a uma mesa ricamente servida. Mas ela disse: “Isso não pode ser verdade!” E continuou morrendo de fome.” (Bert Hellinger)

Às vezes me pego a meditar sobre esta frase de Bert Hellinger. Desde a primeira vez que a vi, ganhou minha atenção.
Por vezes, me deparo com situações em que a vida me presenteia com algo extraordinário, com surpresas, vitórias, conquistas, situações e pessoas maravilhosas com as quais não estou habituada.
Por vezes, me peguei – como a pessoa da frase – diante de algo maravilhoso, porém acabei faminta por não me sentir merecedora de tal acontecimento ou situação. Ao invés de deliciar-me, duvidei de sua veracidade.

Tudo na vida é aprendizado, e acredito que, nela, a maioria das pessoas busca a oportunidade de vivenciar bons momentos, pois, no mais íntimo de todo ser humano, há uma força que acredita ser possível viver com leveza, com abundância, paz, alegria, harmonia consigo mesmo e com todos os seres.

Acontece, muitas vezes, que a lente com a qual olhamos para a vida está embaçada por situações de sofrimento, rejeição, escassez, memórias de dificuldades que nossos antepassados tiveram que passar. Mas, no fundo, dentro deles também havia a semente de esperança para uma vida melhor. Assim, mesmo diante de tanta dor e sofrimento, com esta semente, deram continuidade à vida.

Foi desta forma chegamos aqui, ainda que algumas vezes com a lente embalada. Mas, ao mesmo tempo, com a força e a coragem para limpá-la e, então, em nome dessa esperança aliada a nossa busca interior, vivenciar a tão sonhada vida de paz e harmonia.

Autoconhecimento é o que sempre utilizei para limpar minha lente, mas um dia notei que somente isso não bastava, havia também a necessidade de apresentar aos olhos já programados por estes embaraços o conhecimento de uma nova realidade.

A partir daí, através do método de reprogramação, busco despertar este novo olhar com o qual poderei perceber a vida através de minhas novas lentes.

Dizer a si mesmo(a):

“Mereço tudo o que é bom”
Reprograma os olhos que enxergam as coisas como ruins e mostra que sempre existe o lado bom de tudo.

“Comigo tudo dá sempre certo”
Reprograma os olhos que só veem problemas, ajudando-os a focar em soluções.

“Mereço amar e ser amada”
Reprograma os olhos para que acreditem que podem viver o amor mais puro e verdadeiro.

“O dinheiro circula livre e abundantemente em minha vida”
Reprograma os olhos para que deixem de enxergar a escassez e percebam que a vida é abundante.

“Tenho saúde normal e perfeita”
Reprograma os olhos para que percebam que a saúde é consequência de cuidado e atenção para consigo mesmo.

“O mundo é bom e eu amo viver”
Reprograma os que sentem desânimo perante a realidade e motiva-os a criar um novo mundo.

E, assim, somando o autoconhecimento que limpa a lente, juntamente com a programação de um novo olhar, sigo reprogramando minha vida para a realidade que desejo manifestar.
Muito mais que aceitar o banquete de abundância divina que a vida tem a oferecer, sigo aceitando, saciando e nutrindo com fartura a mim e aos meus ancestrais com tantas maravilhas. Assim, honro o caminho que eles prepararam para que eu pudesse chegar até aqui e os represento muito dignamente nesta realidade que tanto sonhamos em viver.

Que a vida seja vivida e apreciada a cada momento, que é único. O presente que é hoje, amanhã será visto como aquele que foi a semente de um futuro ainda melhor.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Carla Bettin

Carla Bettin

Formada em Administração e mais recentemente em Parapsicologia Clínica pela linha científica do Sistema Grisa. Atuação de trabalho com técnicas como: Reprogramação mental, análise da Tabela Familiar (Genetograma), Regressão, Hipnose, Orientação Parapsicológica individual, em grupo, familiar ou empresarial.

Carla Bettin - Parapsicóloga Clínica
Blog Carla Bettin
E-mail: [email protected]