Medicina Integral Saúde Integral

Sobre a Medicina Integral

Luiz Razzante Júnior
A Medicina está constantemente em evolução. Se olharmos para as estatísticas do século XVI, quando o Brasil foi descoberto, veremos que a idade média de um indivíduo desta época era de 25 anos. Em 1900, saltou para 45 anos.

As descobertas dos medicamentos, como a penicilina, debelaram muitas doenças mortais nesta época, como a Tuberculose, a sífilis, a febre puerperal das gestantes, entre outras.

Mas, ao mesmo tempo que tivemos um avanço na tecnologia, nos medicamentos, nas cirurgias, tivemos um distanciamento do energético e do espiritual no tratamento das doenças.

Os curadores da antiguidade tratavam o doente integralmente, ou seja, o corpo e a alma, os pajés, os sacerdotes, os médicos da Grécia antiga ainda seguiam estes rituais de cura.

Mas o mundo foi se modificando e a Ciência surgiu para dar o aval da época da materialização do pensamento, mas no século XVIII, surge um médico na Alemanha, Samuel Hahnemann e trás um novo modo de tratamento que ele dá o nome de Homeopatia. Ele escreveu um livro, por volta de 1810, chamado de “O Organon da Arte de Curar”, onde ele descreve em Aforismos (parágrafos), toda ideia do seu método de cura. E é importante notar que ele cita sempre a “Força Vital” que morbidamente afetada produz Moléstias, que irão se manifestar no físico e no emocional.

shutterstock_198605108-2

Medicina Tradicional Chinesa: ajudando na cura através de métodos  naturais

A Medicina Tradicional Chinesa, já descrevia esse mesmo fenômeno há 50 séculos, de que tanto as energias exógenas, da natureza, podem nos atingir, como as endógenas, causadas pelas nossas emoções. Relacionavam estas energias com os órgãos internos, como por exemplo a raiva ligada ao fígado.

Mais modernamente, no início do século XX, um filósofo Alemão chamado Rudolf Steiner, desenvolveu uma terapêutica que engloba as medicinas; Homeopática, Chinesa, e ainda correlaciona o adoecimento do organismo físico, à um desequilíbrio energético-espiritual, e trata com medicamentos semelhantes aos da Homeopatia.

Hoje no século XXI, já estamos vendo surgir uma nova Medicina denominada de Medicina Biofísica, que utiliza os conhecimentos da moderna Física Quântica, nascida  na Alemanha, utiliza equipamentos sofisticados, que detectam o desequilíbrio energético de um organismo e ao mesmo tempo já produz uma onda curativa.

No Brasil, já temos um grupo de médicos e físicos, trabalhando conjuntamente e fabricando medicamentos que atuam nas células somente através de uma frequência vibracional que restauram o equilíbrio do organismo.

Falamos de medicina integral, pois não podemos abrir mão de todas as descobertas na medicina moderna, mas precisamos integrar cada vez mais todos os conhecimentos e usá-los conjuntamente, para podermos assim trazer mais conforto e quando possível a cura para os enfermos.

Sobre o autor

Luiz Razzante Júnior

Luiz Razzante Júnior

Dr. Luiz Razzante Júnior é médico clínico geral (CRM-63734). Trabalha com homeopatia, acupuntura, medicina antroposófica e técnicas de regressão de memória. Ministra palestras sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida. Foi apresentador do Programa "De Bem Com A Vida" durante 7 anos na rede Eco TV na região do ABCD, e há 5 anos é colunista do Jornal Tribuna do ABCD, escrevendo artigos sobre saúde. Atende em consultório tanto em São Paulo (Alameda dos Tupiniquins, 193) como em São Caetano do Sul (Rua Nossa Senhora de Fátima, 579)

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 4229-3366
Site: www.debemcomavida.com