Autoconhecimento

Somos vítimas de nós mesmos

Mulher com mãos perto do rosto com imagem distorcida ao fundo
Alline Neto
Escrito por Alline Neto
Depois de algum tempo repetindo padrões mentais negativos que se projetavam em todos os campos da minha vida causando decepção, dor, angústia e inúmeras consequências desastrosas, eu recebi o chamado. Era chegada minha hora de Evoluir!!!

A princípio, a única sensação que tive foi que precisava sair de onde estava, aquele lugar era sombrio, escuro e sem vida, era o lugar onde minha mente estava e por consequência atrai pessoas que estavam nas mesmas condições que as minhas ou ainda piores. Toda a “trama” formada era o drama que eu precisava viver, vários acontecimentos negativos no meu relacionamento resultaram numa separação muito dolorosa para ambos, além de total decadência na minha área profissional. A minha história não é diferente de tantas outras, mas o que eu fiz com tudo isso é que me levou, inclusive, a estar aqui escrevendo e simplesmente relatando, não os fatos em si, porque daria uma boa novela mexicana, mas o mais importante foi o que tudo isso trouxe e o que tenho de mensagem para transmitir.

Mulher sentada em ponte de madeira olhando para rio

Consciente ou inconscientemente projetamos no exterior tudo aquilo que não vai bem interiormente, a nossa chamada sombra, mas eu não me dava conta disso, me colocava como vítima sem saber porque tudo estava dando errado. Hoje entendo que esse lugar de vítima representa; inércia; estagnação; morte; a vida não flui, e foi justamente nesse lugar que estive por um tempo, e pelo fato de morar no exterior, longe da minha família e amigos eu senti com muito mais intensidade essa fase de turbulência, arrisco dizer de preparação.

Até que eu entendi que precisava fazer algo por mim; e a partir desse momento a vida começou a me presentear com sinais claros que, ao assumir a responsabilidade por tudo que se passava comigo e olhar para minhas limitações, eu recebia um SIM do Universo, mas vale lembrar que meu livre-arbítrio foi respeitado, eu só comecei ver a vida e as pessoas com outros olhos quando o SIM partiu primeiramente de mim.

Mulher sentada em banheira de cabeça baixa

De lá pra cá os sinais se tornaram claros, há sempre um amparo, um cuidado de Deus, eu passei a ver esse cuidado em detalhes “pequenos” onde Deus se comunicava comigo através da natureza, livros, da música, quantas vezes eu chorei e choro ao ouvir uma música que toca meu coração, especialmente o trance progressivo que eleva minha vibração ao máximo, um choro que não é de alegria e nem tristeza, é uma energia tão forte que transborda em lágrimas.

Nessas alturas eu já sentia que não eram apenas sinais pra aliviar o sofrimento de uma separação, eram sinais pra me mostrar o caminho do autoconhecimento e expansão da consciência. Eu comecei enxergar além das cortinas, a entender que tudo ocorreu por um propósito maior.

mulher de costas com sol refletindo

Meus caros amigos, não vale a pena lutar contra a escuridão, ou se lamentar quando estiver nela, traga luz para sua vida, evoque de todo seu coração, eu fiz isso várias vezes, eu chamei pela luz, eu chamei para enxergar a verdade sobre mim, assim você se transformará em luz para o mundo, busque de onde estiver e em qualquer situação, todos temos capacidade para isso, e Deus, a Vida, o Universo só nos apoiam para um salto evolutivo quando nós nos apoiarmos, não espere a sanidade do mundo para você se tornar são, seja você o agente transformador.

Você também pode gostar de:

Hoje estudo Terapia Transpessoal, que não é apenas um curso, é uma viagem ao meu universo pessoal, de onde partem todas as respostas e curas, e mais que tudo isso, de onde brota o amor verdadeiro. Se alguém me perguntar se está tudo resolvido… eu direi que apenas comecei a enxergar com mais lucidez o que acontece, menos ilusões e uma determinação a me descobrir cada vez mais, pois conquistar a si mesmo é conquistar o Mundo.

Sobre o autor

Alline Neto

Alline Neto

Meu nome é Alline, sou formada em turismo, e atualmente estudo terapia transpessoal. O termo transpessoal é outra forma de se referir ao “espiritual", porém não se baseia em crenças religiosas, credos ou no seguimento de personalidades supostamente iluminadas. É uma viagem profunda de autoconhecimento e expansão da consciência, levando em conta o ser humano na sua totalidade, mente, corpo e espírito.

É um curso que vem abrindo caminhos internos, antes desconhecidos. Estou trabalhando primeiramente em mim com toda a dedicação, seriedade e profundidade que o curso exige para que eu possa com conhecimento e amorosidade acompanhar pessoas nesta jornada que se chama vida.

A cura está dentro de nós, e o caminho para se chegar a essa cura é o amor, amor consciente, amor que brota da essência do ser. Para despertar esse amor muitas vezes adormecido, precisamos abrir espaço de consciência para que nasça um novo eu. Encontro-me agora num ponto fascinante, traçando minha história, me redescobrindo com muita consciência e leveza, experimentando uma sensação ou missão maravilhosa de partilhar e aprender.

Contatos

Email: [email protected]
Facebook: Alline Neto
Instagram: @allineneto21