Autoconhecimento

Sucesso não é sinônimo de dinheiro

portrait of a young successful African American beautiful woman who enjoys spending a quality and joyful time while working in a large modern office
Sergio Giavoni
Escrito por Sergio Giavoni

Mas sim de realização pessoal. Confundimos as duas coisas, porque a realização pessoal frequentemente é recompensada com prosperidade financeira.

Os dois maiores obstáculos no nosso caminho e que impedem uma dedicação plena ao nosso trabalho preferido são a condição financeira e a influência da família e dos amigos.

Nem sempre o trabalho pelo qual sentimos mais amor é o mais lucrativo. Muitas vezes, parece que não temos escolhas: a necessidade fala mais alto. Quase sempre, o trabalho pelo qual temos maior inclinação, no início, parece não trazer uma remuneração significativa.

Assim, entre escolher a recompensa financeira imediata — direcionando nosso esforço para realizações puramente comerciais — ou a remuneração que virá anos mais tarde — após o acúmulo de conhecimento que nos habilita a trabalhar na área do nosso talento —, preferimos a recompensa imediata, renunciando a nossa paixão.

Successful entrepreneur smiling in satisfaction as he checks information on his laptop computer while working inside a cafe with sun flare

Além disso, quem escolher o trabalho que ama nem sempre terá, no seu campo de apoio, o suporte de seus amigos e familiares. Ao escolher o trabalho pelo qual temos paixão, quase sempre somos forçados a investir extraordinário esforço e energia na busca e no desenvolvimento para coletar, organizar, classificar e testar o conhecimento necessário para desenvolver nosso potencial e isso, em curto prazo, pode parecer desvantajoso.

Entretanto, apesar dessa aparente desvantagem, a pessoa que se envolve com o trabalho que ama geralmente é recompensada com dois tipos de benefícios decisivos:

Primeiro, descobre, nesse tipo de trabalho, a maior recompensa de todas: a felicidade.

“Nem sempre o trabalho pelo qual sentimos mais amor é o mais lucrativo. Muitas vezes, parece que não temos escolhas: a necessidade fala mais alto”

Segundo, sua recompensa financeira, embora, muitas vezes, demore mais para chegar, no final das contas, será muito maior. Por quê? Porque o trabalho feito com amor geralmente é maior em quantidade e qualidade do que aquele exercido exclusivamente pelo dinheiro.

Por isso, se quisermos de fato acumular dinheiro, desfrutar de paz de espírito encontrando a felicidade, é preciso sacrificar a remuneração financeira imediata para poder acumular conhecimento, adquirir técnica e desenvolver a prática, para apenas então obter a recompensa. Essa tem sido a experiência de qualquer industrial, cientista, inventor ou filósofo do tempo de Sócrates até os dias atuais.

Nenhum trabalho feito com amor pode ser considerado um desperdício de tempo e energia. Aqueles que fazem mais do que aquilo que deles é esperado mais cedo ou mais tarde serão recompensados, e muito além do que poderiam imaginar. Lembre-se: sua segurança não está no cargo que ocupa nem nas pessoas com as quais se relaciona, ela está na sua capacidade de suprir necessidades e de solucionar problemas.

Sucesso! Felicidades! Prosperidade! Vamos em frente!

Sobre o autor

Sergio Giavoni

Sergio Giavoni

Sócio Diretor da Harmonia Consultoria e Assessoria em Pessoas. É Economista com MBA Executivo em Administração de Empresas, Certificado em Capacitação Gerencial, Gestão Estratégica das Pessoas, Gestão Estratégica de Negócios, Palestrante Profissional, Personal & Profissional Coach, Leadership Coach, Carrer Coach, Alpha Coach, Executive Coach, Business Coach, e Analista PDA – Personal Development Analysis (Avaliação de Perfil Comportamental).

Experiência profissional executiva em bancos, ocupando por último o cargo de Superintendente Comercial da rede de agências.

Desempenha a função de Coach Pessoal, Profissional, Executivo e Business, com diversas atuações no desenvolvimento de objetivos, resultados e performance de pessoas, equipes e empresas.

Desempenha também a função de palestrante e instrutor em assuntos pertinentes à Liderança, Motivação, Engajamento, Atendimento à Clientes e Vendas.

Coordenador de Mentoria do Grupo BNI (Business Network International) Exponencial – São Bernardo do Campo – SP.

Coautor do livro “Planejamento Estratégico para a Vida” – Editora Ser Mais – Dez/2015.

Telefone: 11 4427-9604 e 11 99979-7050
E-mail
sergio@harmoniaconsultoria.com.br
Sites
www.harmoniaconsultoria.com.br/
Blog
www.harmoniaconsultoriaeassessoria.com.br
LinkedIN
Sergio Giavoni
Instagram
@sergiogiavoni
Facebook
facebook.com/sergiogiavoni
Twitter
@SGiavoni