Comportamento

Tire os Sapatos: 5 Motivos Para Andar Descalço em Casa

Sapatos na porta da frente fora de casa
MarcosMartinezSanchez / Getty Images Signature / Canva
Escrito por Geise Machulek

Quando cheguei ao Canadá para morar, sabia que havia um universo novo de possibilidades e muito aprendizado pela frente, principalmente em relação aos costumes locais e uma das primeiras lições foi: tire os sapatos antes de entrar em casa!

Meu Landlord (senhorio) mostrou a sapateira na porta de entrada da casa, daquele ponto em diante nada de sapatos e assim foi durante todo período que vivi por lá, certamente um hábito adquirido, que se tornou parte de minha rotina e que trouxe comigo quando retornei ao Brasil.

Muitos países compartilham desse mesmo costume, seja por motivos culturais, de higiene ou religiosos: Japão, Tailândia, China, Austrália, Rússia, Canadá, dentre outros.

1- Deixar os microrganismos e sujeira da rua do lado de fora da casa:

Pés descalços ao lado de pantufa em casa
Vadmary / Canva

Um estudo da Universidade do Arizona, EUA, apontou que é possível carregar até 400 mil vírus, bactérias e parasitas na sola dos sapatos e mais recentemente, um relatório do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) alertou que os calçados são mais um dos responsáveis por transportar o coronavírus de um lugar para o outro.

Ao sair para a rua, estamos sujeitos a pisar em locais insalubres, banheiros públicos, fezes de animais, dentre outros. Não, você não precisa fazer de sua casa um ambiente esterilizado feito uma UTI, não é isso. Os germes fazem parte da nossa rotina e entramos em contato com eles o tempo todo, é verdade, mas a pergunta é: Ao voltar para casa, você se sente confortável em entrar em seu lar, seu templo sagrado, levando tudo isso na sola do sapato lá para dentro? Pense nisso.

2 – Fortalecer a base do seu ‘edifício’

O pé humano tem 26 ossos, 33 articulações, 107 ligamentos e juntos, os dois pés somam 25% dos ossos de todo o corpo. Assim, como para um arranha céu o alicerce é parte fundamental para sua estrutura, assim são os pés para o nosso corpo, são fundamentais para a manutenção de nosso equilíbrio geral e postura.

Andar descalço fortalece a musculatura dos pés e arcos plantares, melhorando equilíbrio e consciência corporal, o que pode também trazer benefícios para joelhos, quadris e coluna.

3 – Melhorar sua propriocepção e equilíbrio:

Mulher andando descalça pela casa
G-stockstudio / Getty Images Pro / Canva

Propriocepção é a nossa capacidade de orientação e percepção inconsciente de espaço, sem utilizar a visão. O uso de calçados desconfortáveis dificulta a propriocepção, caminhar descalço ajuda a restaurar nosso padrão natural de caminhada, também conhecido como marcha.

4 – Tempos de pandemia, novos hábitos:

Durante a pandemia do novo coronavirus, o hábito de tirar os sapatos antes de entrar em casa já não é mais visto como frescura ou mania e torna-se cada vez mais comum retirar os sapatos na entrada da casa. Para muitas pessoas, essa atitude parece fazer parte do mesmo ritual de lavar as mãos, usar máscara e usar álcool para higienizar as mãos.

5 – Quer mais um motivo? O grande auxiliar da faxina.

A diferença é surpreendente! Pisos e tapetes limpos por muito mais tempo (mesmo em casa com animalzinho de estimação e jardim, como aqui) e a conta é bem simples: se você não traz sujeira para dentro de sua casa, ela permanece limpa por mais tempo e de quebra a faxina fica muito mais fácil e rápida.

Incentivando

Sapatos para fora de casa
Milaspage / Getty Images / Canva

Para incentivar o hábito, você pode deixar um banquinho logo na entrada da casa para facilitar a hora de calçar e tirar os sapatos. Apesar de existir muitas opções no mercado, como sapateiras, puffes e cestos, um banquinho é suficiente para começar.

Importante! Adaptação

Cada pessoa encontra a melhor maneira de fazer a transição e alguns, que nunca caminharam descalço, optam por usar pantufas ou chinelinhos nos primeiros dias e ir retirando aos poucos. Aqui se inclui o estranhamento da sensação de pisar no chão ‘gelado’, por exemplo, pois pisos frios como cerâmica e porcelanatos são bem comuns em um país de clima quente como o nosso e algumas pessoas optam por usar meia antiderrapante nos primeiros dias. Algumas regiões do Brasil onde o clima é mais frio, é comum o piso ser ‘quente’, como os assoalhos e tacos de madeira, portanto naturalmente confortáveis para pisar e andar descalço.

  • Se o piso da sua casa for escorregadio, atenção para as áreas molhadas, como banheiro e área de serviço, um tapete antiderrapante é uma boa pedida nesses locais.
  • Portadores de diabetes mellitus devem consultar seu médico antes de andar descalço.

Sobre o autor

Geise Machulek

Nutricionista, terapeuta corporal, mestre em psicologia, pós-graduanda em nutrição clínica, ortomolecular, biofuncional e fitoterapia.

Uma aprendiz de cerâmica manual, fotografia e restauro de antiguidades, amante das coisas simples da vida. Autora do livro “Autoimagem Corporal”, Editora NEA (Novas Edições Acadêmicas), e “Antologias Poéticas”, Editora Beco dos Poetas e Câmara Brasileira de Jovens Escitores (CBJE).

Contatos:

Email: geisedeoliveira@gmail.com
Site: panaceiaagridoce.blogspot.com/