Comportamento

Tome Consciência do Stress

Mulher estressada em ambiente de trabalho, com os dedos sobre a testa.
rido / 123RF

Queremos todos eliminar o estresse de nossas vidas ou, ao menos, reduzi-lo. Mas, para isso, num exercício muito lógico do raciocínio, precisamos saber que ele existe. Identificá-lo para, só então, retirá-lo.

Precisamos sair do piloto automático e nos colocar no manual para darmos mais atenção às nossas próprias atitudes e pensamentos. Tomar consciência de que algo não está bem, de que existe um problema: só assim conseguiremos resolvê-lo.

De tempos em tempos, precisamos dar uma revisada em nós mesmos. Avaliar se as vírgulas estão nos lugares corretos e se o texto continua atualizado e fazendo sentido. Não podemos ignorar o fato de que a vida é dinâmica – e nós também. Nossos corpos, nossas mentes, a natureza e tudo o que nos rodeia estão sempre em movimento. Se tudo muda, será que realmente não estamos precisando nos transformar?

Às vezes pensamos de determinada forma a vida inteira e acreditamos que essa seja a maneira mais correta. Nem sequer admitimos pensar diferente, porque poderá abalar nossa segurança, nossos princípios.

E se, ao observarmos nossas histórias, déssemo-nos conta de que existem outros valores que estão sendo colocados de lado? E se déssemo-nos conta de que o que realmente importa está sendo deixado para trás? Já é tempo de permitirmo-nos fazer coisas diferentes do que a sociedade automatizada nos cobra. Já é tempo de aceitarmos que somos humanos e podemos errar.

Homem estressado com as mãos sobre o rosto, em um parque, ao pôr do sol.
Francisco Moreno / Unsplash

Devemos tomar consciência do ser que somos, que temos uma existência, de que nossa vida está passando dia após dia, que ela é isso aqui mesmo, no agora. Ela não vai acontecer no futuro. Não podemos deixar para vivê-la depois, só quando o final de semana chegar, ser feliz só quando a pandemia acabar.

Tem pessoas que são felizes e não sabem. Também vivem no piloto automático. E, pior, teriam tudo para serem felizes, e não o são.

Precisamos tomar consciência do ser que somos. Avaliar se estamos envolvidos diariamente com preocupações, com os nervos à flor da pele, cansados, exaustos, irritados, esgotados; sem a mínima força para esboçar um sorriso no rosto, porque “tudo é amargura”, “porque tenho o pior problema do mundo” e “ninguém me entende”.

Você também pode gostar

Quantas vezes exageramos uma situação? Vamos parar um pouco e avaliar melhor. Discernir um pouco mais, no meio desse turbilhão de informações, de cobranças por todos os lados, de pressões autoimpostas e impostas pela sociedade. É necessário conscientizarmo-nos dos nossos valores, da nossa verdade, do que acreditamos, do que somos, da nossa essência, para, então, sabermos nos desvencilhar com elegância de situações difíceis e harmonizar nossas relações.

Pode ser nossa relação conosco e com as outras pessoas. Nossa relação com o Ser que nos criou e que continua nos guiando, em algum lugar do tempo e espaço de que não temos conhecimento ou domínio. Ele está num campo muito sutil, no invisível, e, envolvidos no estresse do dia a dia e tão ligados ao mundo físico, acabamos por cair em completo esquecimento ou completa negação de Sua existência.

Podemos mudar hoje para que a vida faça mais sentido. Temos o dever conosco próprios de reconduzir nossas vidas de maneira que nos sintamos realizados e possamos cumprir nossos propósitos sem sermos escravizados pelo estresse.

Sobre o autor

Úrsula Petrilli Dutra Christini

Úrsula Petrilli Dutra Christini

Blogueira com formação em Life Coach, Professional Coach e Leitura de Registros Akashicos. Criadora do site/blog www.reconduza.com e autora do livro “Gratidão, Traga-Me Mais”, da Editora AGE, com lançamento em novembro de 2019. Servidora pública, bacharel em direito, assessora jurídica. Voluntária da ONG Arte de Viver e responsável pela Meditação da Lua Cheia por mais de 4 anos. Blogueira do Zh Moinhos por 8 anos.

Apaixonada pela escrita motivacional, me realizo escrevendo, com a possibilidade de tocar o outro ser humano positivamente. Uso a meditação e o Acesso aos Registros Akashicos para a inspiração de meus textos.

Por meio de meus artigos, procuro aplicar o coaching para ajudar o outro ser humano a ir do “ponto A ao ponto B” ou quem sabe do “B reconduzir ao A ou ao C”.

Acredito no poder de uma “Postura” Positiva. Não é só o pensamento positivo. É um olhar positivo, crenças positivas, emoções positivas, palavras positivas, postura positiva. Aí, sim, podemos começar a falar em poder do pensamento positivo.

Nesse tempo de Despertar, trazer palavras de Luz para este universo digital, é algo que todos nós podemos fazer!

Fica a dica ?

Gratidão ao Eu Sem Fronteiras!?

Contatos:
Email: ursula.petrilli@gmail.com
Site: reconduza.com
Facebook: facebook.com/ursula.christini
Instagram: @reconduza_por_ursula
Youtube: RE CONDUZA por Úrsula Dutra Christini
Twitter: @Reconduza_com