Autoconhecimento Coaching

Um novo olhar sobre o mundo

Numa das aulas que ministramos no curso que trata da integração corpo-mente espírito, visando cuidar do ser humano como um ser integral, um dos temas que mais atraiu a atenção dos alunos foi o tema deste artigo: um novo olhar sobre o mundo.
Basicamente, falamos sobre vários modos de como transformar nossa vida de um modelo sedentário para um caminho nômade, no sentido de olharmos o mundo sob uma nova perspectiva e vivermos de forma mais simples e descomplicada, buscando utilizar melhor os nossos sentidos adormecidos na correria do dia a dia.

“Sentir, pensar, inovar, ousar, correr riscos, enfim, sair da rotina para fazer coisas diferentes”
Tornar nossa vida mais saudável, menos monótona e mais aventureira pode nos abrir caminhos e oportunidades que culminem com uma nova motivação para viver.

Se prestarmos bem a atenção na nossa rotina, vemos que fazemos quase tudo automaticamente, sem prestar atenção nas coisas que estão ao nosso redor. Acordamos sempre em cima da hora, mal temos tempo para um café da manhã decente e saímos correndo de carro, ônibus ou qualquer outra condução, ligados no celular e checando mensagens, fotos, notícias ou fofocas que, na maioria das vezes, não têm a menor importância para a nossa vida.

Chegamos ao trabalho sem notar o caminho feito, nem as pessoas que cruzaram na nossa frente, sem perceber as paisagens, os cheiros, ruídos que estavam no nosso roteiro.

Já parou para pensar nisso? No seu último almoço, você engoliu a comida ou saboreou cada parte da refeição? Sentiu os aromas do prato ou simplesmente enfiou o garfo na boca e mastigou? Ou seja, temos que nos esforçar para lembrar o que comemos no dia anterior porque não saboreamos verdadeiramente a refeição da maneira que deveríamos e isso significa que não criamos nenhuma emoção nesse ato, o que nos leva a ter dificuldades em nos lembrar dele. Quando foi a última vez que nos conectamos com o mundo imaginário, com os mistérios do Universo? Não temos tempo para brincar com os sentidos e abrir nossas janelas para o mundo, como Lewis Carrol fez em “Alice no País das Maravilhas”. Imaginar e criar não fazem parte da nossa rotina.

Nossa capacidade de criar, imaginar e realizar é infinita, assumindo que nosso cérebro faz cerca de 1 milhão de conexões por segundo, dentro dos 100 bilhões de neurônios existentes. Nossa velocidade de processamento é espantosa.

“Se prestarmos bem a atenção na nossa rotina, vemos que fazemos quase tudo automaticamente, sem prestar atenção nas coisas que estão ao nosso redor”

Segundo Einstein, “A imaginação é mais importante do que o conhecimento. A insanidade é fazer sempre a mesma coisa, várias e várias vezes esperando obter um resultado diferente”. E acabamos reclamando que as coisas não mudam, sem mudar nada na nossa vida!

As milhares de sensações e emoções que bombardeiam nossos sentidos a cada segundo criam, incessantemente, novas experiências e percepções que, por sua vez, formam nossas próprias realidades. Podemos até entender que o mundo percebido pode ser diferente do mundo real, ou seja, a verdade é relativa!

A mudança é importante porque sem ela não evoluímos e ficamos presos aos nossos ancestrais. Uma boa maneira de começar a mudar nossa rotina é aguçando nossos sentidos e explorando cada sensação e emoção da melhor forma possível. Algumas dicas simples passam por um estilo de vida mais simples e natural, como apenas passar um tempo ao ar livre e comer de forma saudável. Medite: limpar sua mente faz com que você realmente perceba mais seus sentidos e sua espiritualidade. Aprenda a ser mais atento: se diminuir o ritmo e prestar mais atenção às coisas ao seu redor e ao que você faz, já terá mais consciência de tudo.

Gostaria de encerrar com um poema de Fernando Pessoa que diz:

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e, se não a ousarmos fazer, teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos”.

Treine um novo olhar sobre o mundo e comece 2017 de uma forma diferente…

Sobre o autor

José Helio Contador Filho

José Helio Contador Filho

Engenheiro Politécnico/USP com especializações nacionais e internacionais, pós-graduado em Musicoterapia Organizacional e Hospitalar. Formado como Conselheiro de Administração pelo IBGC/SP, Coach internacional pelo ICI/SP e Technician em Neurobusiness pelo Instituto Brasileiro de Neurobusiness.

35 anos de experiência (nacional e internacional) como executivo na Siemens Brasil/Alemanha, Ford Brasil, Presidente para a América do Sul da Visteon Sistemas Automotivos e CEO do GRAACC Hospital de Câncer Infantil, incluindo vivência como conselheiro de diversas instituições nacionais.

Atual Sócio-diretor da HCont Consultoria, Coaching e Neurotreinamentos de Alta Performance. Palestrante, autor de livros e artigos, além de presidente voluntário das instituições filantrópicas Instituto Cândido de Desenvolvimento Social e O Semeador Instituto de Desenvolvimento Humanitário e Assistência Social.

E-mail: [email protected]
Site: www.hcont.com.br