Convivendo Espiritualidade

Vida além da Vida – Psicografia, Vidência

Psicografia Vidência
Nilton C. Moreira
Escrito por Nilton C. Moreira
Nas modalidades de psicografia ou vidência, se nós não estamos na presença da pessoa a quem é endereçada a mensagem, temos que deixar escrito o que nos foi informado, para que depois possamos dizer a quem interessar.

As mensagens recebidas são entregues às pessoas quando essas são frequentadoras das casas espíritas,
 pois do contrário ficam arquivadas por questão de respeitar a crença de cada um, já que fica difícil, principalmente para quem não acredita na mediunidade, contar que uma pessoa que passou para o outro lado da vida mandou comunicação para quem aqui ficou.

Na realidade, embustes e fraudes existem em grande número e infelizmente muitas pessoas acreditam em tudo o que lhes dizem, bastando que as predições sejam benéficas ou que tragam esperança de dias melhores.

Assim como existem locais de credibilidade, existe muito charlatanismo e muitas vezes nem se tratam de pessoas mal-intencionadas, mas, sim, médiuns que são enganados pela própria espiritualidade, que recebem as mensagens acreditando serem verdadeiras, pois não basta ser espírito e estar no outro plano para darmos credibilidade.

Na atividade vidência, fica um pouco mais difícil ser o médium enganado, muito embora isso também possa ocorrer, pois nessa modalidade o trabalhador enxerga com os olhos da alma o mundo espiritual, isto é, o que é invisível aos nossos olhos, mas não ficam imunes às enganações, pois os desencarnados podem, ao se manifestar, se apresentar com a aparência diferente.

Mas nem todos os que passaram para o plano espiritual podem dar comunicação. Isso depende das condições que se encontram, pois muitas vezes se o passamento foi por uma doença prolongada ou acidente, normalmente encontram-se em algum estabelecimento de saúde sendo refeitos dos resíduos que ficaram impregnados no corpo astral e, naturalmente, ainda não podem vir dar informações por meio dos médiuns.

Por outro lado, existem espíritos que foram pessoas muito ruins quando estavam aqui e certamente são privados de se comunicarem por um determinado período, até que se conscientizem de que devem melhorar-se e, então, suplicarem ao Criador por uma nova oportunidade para reparar o mal causado.

A psicografia é a atividade pela qual o médium concentrado passa a escrever o que o espírito lhe dita.
 Ela pode ser por meio da intuição ou muitas vezes a mão é manipulada, sendo que, nesse caso, a escrita sairá com a letra do desencarnado.

Perícias feitas há alguns anos demonstraram a veracidade da escrita, inclusive foi objeto de prova junto à justiça, no sentido de esclarecer o processo que tramitou, o que possibilitou absolvição do réu, inclusive foi objeto espetáculo em “Chico Xavier – o filme”.

É importante que seja dado seriedade ao trabalho mediúnico para que exista também credibilidade, isso depende do local que frequentamos e buscamos tais consultas.

Paz a todos!


Você também pode gostar de outros artigos do autor: Vida além da Vida – Receptivos

Sobre o autor

Nilton C. Moreira

Nilton C. Moreira

Policial Civil, natural de Pelotas, nascido em 20 de maio de 1952, com formação em Eletrônica, residente em Redentora (RS), religião Espírita, casado.
Email: [email protected]
Facebook: /Nilton-C-Moreira