Autoconhecimento Mindfulness

3 hábitos para atingir o mindfulness todos os dias

Portrait of gorgeous young woman practicing yoga indoor. Beautiful girl smiling during practice class.Calmness and relax, female happiness concept.Horizontal, blurred background
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Antes de qualquer coisa, me responda uma pergunta: qual foi a última vez em que você se entregou completamente a alguma coisa? Pergunto sobre a última vez em que você esteve de corpo e alma dedicado a algo, sem notificações que o distraíssem, sem pensamentos fora de lugar e sem interrupções. Difícil responder, não é? Não se culpe! Acredito que a maioria esmagadora das pessoas que lerem este texto não consigam dizer qual a última vez que atingiram o que chamamos de “mindfulness”.

Infelizmente, este é um mal do nosso tempo que atinge a quase todos. Com tantos estímulos por todos os lados, tantas obrigações, tantas pessoas para dar atenção e tantas coisas a fazer em pouco tempo é praticamente impossível que a gente não se perca entre tantas facetas nossas que precisam agir.

O problema disso é que acabamos nunca estando fisicamente e mentalmente no mesmo lugar, o que resulta em dois grandes conflitos: a ineficiência (sem dar completa atenção a um assunto, não damos todo nosso potencial naquela tarefa, e as falhas podem ser mais frequentes), e a sensação de perder a vida diante de nossos olhos (quantas vezes você se perdeu em uma tela de smartphone e deixou de ver o sorriso mais belo logo ali na sua frente?).

É, pode ser bem triste visto deste ponto de vista, não é? Mas calma, é possível reverter o jogo a seu favor e aprender a atingir o mindfulness diariamente, de forma que com o tempo se torne algo tão natural que você nem lembre como era de outra forma. Estar focado é um desafio, sem dúvida, mas é possível. Siga os três simples passos abaixo e boa sorte!

1- Pegue leve!

Um dos grandes motivos de nossa desatenção diária é o exagero de coisas que fazemos, a velocidade em que fazemos e a responsabilidade que jogamos em nossos ombros de dar conta de tudo isso.

Comece o dia aos poucos. Dê tempo para o seu corpo acordar antes de saltar da cama, tome um banho com calma, escolha sua roupa, tome um belo café da manhã e só aí inicie suas atividades. Vale até programar o despertador para alguns minutos mais cedo para conseguir fazer tudo sem correria. Dessa forma, seu corpo vai se acostumando ao ritmo e reserva energia para conseguir dar conta de todas as atividades do dia.
Ao longo do dia, faça pausas sempre que sentir necessário, nem que seja uma fuga para respirar por cinco minutinhos. Acredite, já ajuda!

2- Relembre a si mesmo o que está fazendo

Sim, isso mesmo! Diga a si mesmo: “agora eu estou x”, sendo x o que você está fazendo no exato momento. No meu caso, por exemplo: “agora eu estou escrevendo um artigo”. No seu caso: “agora eu estou lendo um artigo”. E isso vale para tudo que estiver fazendo, desde escovar os dentes até um relatório no trabalho.

Desta forma, você reafirma ao seu cérebro a importância de focar somente no que você está fazendo. Ele irá lhe atender, pode apostar. É uma espécie de mantra da concentração.

3- Rompa seus pensamentos alheios e reconecte-se com o aqui e o agora

Sempre que você sentir que seus devaneios estão o levando para outro lugar, interrompa-os imediatamente. Mostre a seu cérebro que você quer ficar focado na sua atividade e não vai sair voando por aí. Rompa os pensamentos o quanto antes e grite para si mesmo: pare! Se estiver em um lugar público pode ser um grito interno, ninguém precisa começar a achar que você é louco.

Em seguida, recobre sua atenção ao que você está fazendo naquele exato momento. Repare nos sons, nas luzes e em tudo que está ao seu redor, só estes estímulos devem lhe chamar a atenção. Se sentir que ainda precisa de mais ajuda, se desligue de tudo e fique prestando atenção apenas na sua respiração, até se sentir focado.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br