Autoconhecimento

5 costumes nas redes sociais que podem estar te deprimindo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
A relação entre as redes sociais e a depressão

A princípio, as mídias sociais surgiram como uma forma de entretenimento e interação entre os usuários, mas como tudo na vida tem dois lados, há uma relação considerável entre a utilização de redes e problemas de saúde metal.

Isso não quer dizer que você precise se desconectar do mundo, mas é preciso rever como você tem utilizado esses meios e quantas horas por dia você fica ligado na frente do computador ou do celular.

Abaixo, seguem cinco hábitos comuns que podem te deprimir nas redes sociais:

1. Se comparar a outras pessoas

Mesmo que sem perceber ou sem o intuito de invejar, nós nos comparamos a outras pessoas constantemente. Nas redes sociais, isso acontece ainda com mais frequência. Se você está passando por uma fase com dificuldade financeira, por exemplo, parece que todo mundo da sua rede social está bem, viajando, comprando coisas, mas você não.

Se você está sofrendo com o término do seu relacionamento, o seu feed parece estar cheio de casais apaixonados, que fazem de tudo um pelo outro. Se sua autoestima está baixa, as meninas parecem não se cansar de postar fotos exibindo seu corpo escultural. Mas a realidade é que as pessoas escolhem as melhores situações para mostrar aos outros, e tenha a certeza que você nunca vai saber realmente como é a vida do outro pelas redes sociais.

2. Sua vida está baseada na internet

Tudo o que você faz precisa ser postado, pois você quer que as pessoas te acompanhem nas redes sociais. Quer que elas vejam que você está feliz, às vezes, mesmo sem estar. Quer postar inúmeras fotos para provar alguma coisa e acaba se esquecendo de curtir o momento que está vivendo. Prefere ferir alguém em troca de likes. Sua vida passa a ser online, mas você mal sabe que está completamente off.

3. Exposição e más notícias

Na internet existe muita coisa produtiva e engraçada, mas também tem muita coisa chata e isso é um fato. Tem dias que as redes sociais parecem um poço de negatividade, cheias de discussões entre colegas que, por vezes, podem te envolver, questionamentos políticos, brigas de torcida, notícias e fotos de pessoas doentes, mortes, etc.

4. Sentir-se solitário

Pelas redes sociais você pode se comunicar com pessoas que estão longe, falar com seus amigos a qualquer hora do dia, acompanhar como anda a vida das pessoas, as conquistas, etc. Mas isso tudo pode se tornar um problema se o verdadeiro contato for esquecido, o cara a cara, olho no olho. É importante lembrar que uma relação é construída por parceria, proximidade, abraços, beijos, conversas, toques e a falta disso tudo pode ser transformada em solidão, carência e depressão.

5. Passar a maior parte do tempo nas redes sociais

Por mais que vocês as utilizem, parece que não foi o suficiente para atualizar o Linkedin, o Facebook, o Instagram, etc. Você está no celular enquanto espera o ônibus, no caminho de casa, durante a aula, no horário do almoço, quando deita na cama antes de dormir e em qualquer outro momento livre. É preciso se lembrar de que existe um mundo em paralelo a isso, durante esses pequenos momentos você pode perder a oportunidade de ver paisagens, conhecer alguém, descobrir alguma coisa, aprender, descansar. Caso contrário, a vida real será esquecida ou se tornará compacta, cabendo dentro de um pequeno celular.


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]