Autoconhecimento

Maneiras de acalmar a mente

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Medo, apreensão, insegurança, mal-estar, estranheza de ambientes ou a si mesmo, sensação de que algo ruim pode acontecer e outros inúmeros sentimentos podem causar a ansiedade. Ela é responsável por estimular a pessoa a entrar em uma ação, porém, se esse estímulo for em excesso, ela trará o efeito contrário impedindo qualquer reação.

A ansiedade pode aparecer em determinados momentos e isso é relativamente comum. Mas, as pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade apresentam sintomas muito mais intensos, entre eles podemos destacar:

  • Preocupações, tensões ou medos além do normal;
  • Sensação de que algo ruim pode acontecer a qualquer momento;
  • Preocupações constantes com a família, situação financeira e saúde;
  • Medo de algum objeto específico ou situação comum;
  • Pavor de ser humilhado em público;
  • Falta de controle sobre pensamentos, imagens ou atitudes, que se repetem mesmo que a pessoa não tenha vontade;
  • Trauma depois de passar por uma situação difícil.

Existem diversos medicamentos convencionais que podem auxiliar na melhora do quadro, mas existem também algumas alternativas naturais para ajudar a controlar a ansiedade.

  • Pratique exercícios físicos

Ao praticar exercícios físicos você eleva a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer. Você pode optar por exercícios como natação, musculação, dança etc., ou se preferir você pode caminhar cerca de três vezes por semana, por pelo menos meia hora. Caminhar ajuda a lidar com a ansiedade, pois além de ser um exercício para o corpo, é um momento para trabalhar a mente. Ao andar, consequentemente você pensa e poderá refletir inclusive sobre os pontos geradores de ansiedade que precisa trabalhar.

  • Busque tratamentos alternativos

A ansiedade gera estresse e para combatê-lo você poderá optar por sessões de massagem, acupuntura, yoga ou meditação, todas com intuito de buscar o equilíbrio emocional. Vale a pena fazer um experimento e ver quais dessas opções trazem bem-estar. A yoga, por exemplo, proporciona por meio de técnicas respiratórias, corporais e de meditação, controle não apenas para o corpo como para a mente.

  • Controle sua respiração

Ter o controle da sua respiração ajuda a reduzir as reações do sistema nervoso autônomo. Ao inspirar, deixe o abdome expandir-se, estufe a barriga e não o peito. Depois, expire lentamente, expelindo o ar pela boca. Você pode realizar esse procedimento em qualquer lugar, principalmente se estiver em um local silencioso e com a possibilidade de estar deitado.

  • Evite pensamentos negativos

Essa dica é válida para qualquer pessoa, tendo ou não problemas com ansiedade. Quando surgir um pensamento negativo, tente substituí-lo por outro agradável.  O pensamento tem poder e se você pensar coisas ruins certamente irá agravar o seu quadro. Então, tente ver saída ou aprendizado em todas as situações, não complique as coisas, assim será mais fácil achar uma solução.

  • Opte por alimentos ricos em triptofano

O chocolate e a banana, por exemplo, são ricos em triptofano, um aminoácido precursor da serotonina. Outra opção é ingeri-la em cápsulas, junto com vitamina B6 e magnésio.  O que também pode ajudar é o consumo da taurina e glutamina, que aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor denominado GABA, utilizado para controlar fisiologicamente a ansiedade. As plantas como passiflora, melissa, camomila e valeriana podem ser uma alternativa para esses casos, podendo ser ingeridas em chás, atuando como leve sedativos calmantes.

Vale ressaltar que caso essas alternativas não funcionem é preciso procurar ajuda médica.


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]