Autoconhecimento Convivendo Energia em Equilíbrio

7 atitudes de quem tem amor à vida

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Amar o outro é fácil quando se aprende a amar a si mesmo. As pessoas não conseguem amar quem é diferente delas por um único motivo: elas ainda não amam a si mesmas. Por isso há tanto ódio no mundo. Ter amor-próprio significa ter amor à vida. Dessa forma, tudo fica melhor. Veja abaixo algumas atitudes que vão te ajudar a ter mais amor por si mesmo e pelo mundo:

Autoconhecimento

Tudo começa pelo autoconhecimento. Quem é você, quais são suas qualidades e defeitos, como se comporta, o que te agrada ou desagrada. Somente conhecendo a si mesmo é que poderá se aceitar do jeito que é e aprender a amar. Não se pode amar algo que não se conhece. Por isso, conhecer a si mesmo é o primeiro passo para amar mais a vida e o mundo.

Os outros são um espelho

Por que alguns indivíduos são mais fáceis de amar e outros não? A verdade é que as pessoas nada mais são do que espelhos que refletem as qualidades e defeitos que temos dentro de nós. Por isso, se existe algo no outro que te desperte um incômodo ou raiva, na verdade isso é um aspecto da sua personalidade que ainda não foi superado. Analise o que te incomoda e aprenda como melhorar isso em si, antes de apontar o dedo para o outro. Depois que identificar o defeito em si mesmo, vai ficar muito mais fácil tolerar e depois amar até aqueles que têm defeitos tão chatos.

Gratidão

Se não aprendermos a agradecer pelo que temos, nunca seremos felizes. É normal querer sempre mais, mas sem antes reconhecer o que já se tem, o amor não flui e sempre vai ficar aquele gosto amargo na vida. Agradeça todos os dias. Pode ser por algo pequeno como uma gentileza que alguém fez para você, o clima que está bom, uma refeição saborosa, ou qualquer outra coisa. Aprenda a ser grato pelas pequenas bênçãos e com o tempo isso vai se transformar em amor.

Pequenos momentos

Os pequenos momentos do dia podem parecer banais, mas são de extrema importância. Não conseguimos amar o mundo e o universo sem antes aprender a amar as pequenas situações e detalhes do dia a dia. Comece pequeno e depois vá crescendo. Aprenda a amar os detalhes da vida que passam despercebidos e tudo começará a ficar mais colorido em sua vida.

Sorria

Por mais que algumas pessoas sejam desagradáveis, aprenda a sorrir para elas e deseje sempre um bom dia. Se os outros nos incomodam, não é jogando raiva e rancor para eles que isso vai mudar. Por outro lado, ao tratar o próximo com simpatia e boa vontade, o amor ganha espaço para fluir e até as pessoas mais improváveis podem levá-lo para a sua vida.

Se desapegue do passado
A vida foi feita para ser vivida no presente
Muitas pessoas que não conseguem amar são assim porque se apegam muito ao passado. Deixe os erros e experiências dolorosas para trás e foque no que importa, que é o momento do agora. Somente focando no que está acontecendo hoje é que você vai poder amar a vida como ela é, no presente.

Seja saudável

Quem ama a vida sabe da importância de ter hábitos saudáveis. Você não vai querer destruir algo que ama por causa de práticas prejudiciais, não é mesmo? Aprenda a valorizar a sua saúde e verá como hábitos saudáveis te levam cada vez mais a sentir o mundo de forma mais equilibrada e harmônica e, assim, o amor ficará ainda mais fácil de chegar até você. Tudo conspira a seu favor!


Escrito por Ricardo Sturk da equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]