Convivendo

O que é o amor-próprio?

amor-próprio
Amanda Rodrigues
Escrito por Amanda Rodrigues
Amor-próprio (substantivo masculino) significa sentimento de dignidade, estima e respeito que cada um tem por si mesmo. Ele traz otimismo, positividade, autoconfiança e autoestima. É uma fé inabalável em si mesmo. Faz com que a gente sintonize e viva intensamente no aqui e agora. O amor-próprio procura ter inteligência emocional, tem controle de suas ações e emoções. É consciente.

Ele procura ter empatia e compreender os outros. O amor-próprio tem um brilho radiante, único! Brilha sem precisar ofuscar o brilho do outro. Ele não divide seu brilho. Inspira para que os outros descubram em si e desenvolvam sua própria luz para que eles possam brilhar juntos! Somos todos luz! O amor-próprio não guarda rancor.

Ele confia em si mesmo, em seu potencial e poder, tem coragem, confiança e segurança para encarar os desafios diários e também não tem vergonha de admitir suas fragilidades e fraquezas. Há quem diga que o amor-próprio é egoísta, individualista, uma espécie de egocentrismo. Discordo! O amor-próprio é a mais pura forma de compartilhar e trocar! É uma dádiva para o mundo como um todo! Por meio dele acessamos o verdadeiro amor ao próximo.

amor-próprio

Você também pode gostar:

Já dizia Osho: “O homem que ama e respeita a si mesmo, respeita os outros também porque ele sabe que ‘assim como EU SOU, os outros também são’. Não somos diferentes, no que diz respeito ao essencial, nós somos um”.

O amor começa primeiro em nós, para nós mesmos. E, então, ele se espalha para o Universo!

Eu sou luz! Você é luz!

Sobre o autor

Amanda Rodrigues

Amanda Rodrigues

Sou estudante de Publicidade e Astrologia, leonina, apaixonada pela vida e pelo autoconhecimento. Acredito que a Astrologia é uma ferramenta incrível para o autoconhecimento. Uma bússola que nos guia ao encontro de nós mesmos. Não tenho uma religião específica, gosto um pouquinho de cada. Acredito que a fé e o amor movem montanhas e nos levam a qualquer lugar!

No início do ano passado tive uma grande crise interna que gerou meu despertar. Comecei a me questionar se estava no caminho certo, não tinha mais certeza se desejava continuar na publicidade, fiquei um pouco frustrada por alimentar e impulsionar valores que não me representam, à outras pessoas. Desde então, comecei a ter experiências maravilhosas com o autoconhecimento, principalmente através da astrologia como ferramenta. E me apaixonei. Decidi desde então que iria usar a minha comunicação para o bem, para ajudar as pessoas e levar até elas a consciência do autoconhecimento junto com a astrologia. Não sou nem de longe expert em autoconhecimento ou astrologia, mas acredito muito que o que nos torna aptos a falar sobre algum assunto são nossas vivências e experimentações.

Email: [email protected]
Facebook: /amandarccosta