Autoconhecimento

A bagagem de retorno

Sim, isso mesmo! Como está sendo preparada? Afinal, todos, sem exceção, farão a viagem de retorno para a verdadeira pátria do Espírito. Esse questionamento não é feito com o devido zelo, atendendo às necessidades tão importantes para esse retorno. Negligenciamos muito essa responsabilidade, que será cobrada na época oportuna. Nossos débitos e créditos, aqueles em muito maior quantidade, estarão na balança Divina para nos mostrar o resultado e certamente teremos um grande desequilíbrio, pendendo para as dívidas.

Isso é evidente, já que no Orbe em que habitamos só tem espaço para seres imperfeitos e sujeitos às provações e expiações próprias das suas conduções evolutivas. Essa perspectiva não é ilusão, mas uma realidade, bastando tão somente escutarmos as nossas consciências. Fugir do dever de nos melhorarmos é adiar os débitos que já se avolumam em nós. Enfrentar o desafio em nosso benefício e dos irmãos que navegam no mesmo barco da vida é caminhar em direção da esperança que nos espera, confiantes nas bem-aventuranças anunciadas por Jesus.

Uma pessoa caminhando numa vasta praia com grandes cumes.
Tom Swinnen / Pexels / Eu Sem Fronteiras

Devemos ter em mente que o encargo dessa bagagem recairá sempre sobre nós, em qualquer época de nossas existências. Lembremo-nos das palavras de Jesus, conforme encontramos em Mateus 11:28-30:

“Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

Conscientes dessa verdade, é chegado o tempo de despertar para o amanhã, que é inexorável, e somente nós poderemos construí-lo para desfrute da felicidade prometida pelo Mestre. Nossas imperfeições já foram muito maiores do que as atuais, e por que não buscamos o aprimoramento que sabemos ser o caminho da luz? Reportando-nos às palavras de Divaldo Pereira Franco, temos: “O que temos nós deixamos. O que somos nós levamos”.

As nossas responsabilidades são cumulativas no processo evolutivo. Quanto mais ampliada a consciência, mais cobrados todos nós seremos. Nos dias atuais, a humanidade já possui um grau de discernimento bem mais elevado, por isso cumpre a cada um atentar para essa realidade. No livro “Trocando Ideias”, do médico e escritor Ricardo Orestes Forni, Editora Evoc, pg. 143, temos:

“A dor, os obstáculos, as dificuldades, os problemas são cercas de Deus para que não nos afastemos D’Ele e, por consequência, não nos distanciemos da felicidade e da paz para a qual fomos criados”.

É com essa visão que precisamos nortear as nossas vidas, superando os percalços, que são experiências adquiridas no caminhar infinito. A vida se constitui numa escola de aprendizados constantes e decorrentes deles, corrigindo rumos em busca dos caminhos auspiciosos da felicidade.

Uma mulher realizando um pulo de uma superfície montanhosa à outra.
Sasin Tipchai / Pixabay / Eu Sem Fronteiras

Valendo-nos do otimismo e mantendo o sentimento da Fé, poderemos tornar os fardos mais leves, já que estaremos sempre amparados pelo Divino Mestre, como Pastor devotado, segundo suas palavras contidas em Mateus 18:12:

“O que acham vocês? Se alguém possui cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixará as noventa e nove nos montes, indo procurar a que se perdeu?”.

Você também pode gostar

A bagagem de retorno será tão mais leve quanto esteja a nossa consciência.

Luiz Guimarães Gomes de Sá

Trabalha no Centro Espírita Caminhando Para Jesus –

www.cecpj.org.br | CECPJ no YouTube

Sobre o autor

Luiz Guimaraes

Sou médico diplomado no ano de 1972, pela Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco. Já era funcionário do Banco do Brasil e em 1977 assumi o cargo de médico no serviço da Instituição. Em 1988, assumi a chefia daquele serviço e em 1996 aposentei-me. Escrevo para o Jornal do Commercio e Diário de Pernambuco (ambos em Recife) sobre a Doutrina Espírita e também sobre nossa conjuntura política. Sou membro efetivo da Academia Pernambucana de Música desde 1998.

Contato:

Telefones: (81) 9 9973 6363 | (81) 9 9290 7030

E-mails: lgprojet@gmail.com | lgprojet@bol.com.br | lgprojet@uol.com.br | lgprojet@terra.com.br

Site: Poesias Luiz Guimarães