Autoconhecimento Espiritualidade

Como trabalhar a espiritualidade?

Foto por Pop Nukoonrat no 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Muitas pessoas costumam dizer que são espiritualizadas, mas poucas sabem o que isso realmente significa. Trabalhar com a espiritualidade é muito mais do que simplesmente ter uma religião ou seguir algum tipo de doutrina. Na verdade, o verdadeiro significado da espiritualidade é muito distante de qualquer crença a ser seguida.

Ser uma pessoa espiritualizada tem muito mais a ver com a profundidade do seu próprio ser do que qualquer fator externo. Neste artigo, explicaremos a você um pouco mais sobre como trabalhar a espiritualidade e ainda lhe daremos dicas para começar a ser mais espiritual.

O que é a espiritualidade?

Segundo as tradições da sociedade, o significado de espiritualidade sempre teve ligação com valores religiosos ou com a abstenção dos valores mundanos. Mas, com o passar do tempo e o aumento do entendimento sobre o mundo espiritual, o significado de espiritualidade foi abrangido e começou a ser relacionado muito mais com o estado de consciência dos seres humanos do que com qualquer outro fator externo ou regido pelo homem.

A espiritualidade não pode ser definida e muito menos limitada, não podemos vê-la e nem tocá-la, e, por isso, o seu significado paira sobre uma dimensão ilimitada diante de tantas experiências humanas. Mas mesmo com essas informações, a seguinte questão permanece: “O que é a espiritualidade?”, e na necessidade de uma resposta concreta, podemos dizer que ela é um “ingrediente” importante das religiões, mas antes de qualquer coisa ela consiste em um estado no qual temos conexão com Deus, com nós mesmos, com o nosso interior e íntimo mais profundo, com a Natureza e com as pessoas que nos cercam.

Imagem das mãos de uma pessoa adepta ao budismo. Ele está em oração exercitando a espiritualidade.
Foto por Pexels no Pixabay

Por que a espiritualidade é importante?

Sabemos que cada ser humano possui a sua singularidade, e que mesmo no singular de cada um, todos nós vivemos em um mundo plural em que a maioria das nossas decisões e escolhas afetam pelo menos uma pessoa que vive ao nosso redor. Sabendo desse reflexo que o nosso interior causa no mundo externo e também volta para o nosso ser, a espiritualidade é importante para que possamos viver em plenitude e em paz com os nossos próprios aspectos. Trabalhar a espiritualidade significa manter o equilíbrio da nossa mente, do nosso espírito e do nosso corpo, pois quando eles estão em desarmonia, automaticamente a nossa vida fica uma “bagunça”.

A espiritualidade pode ser vista como algo muito complicado de ser alcançado, mas na verdade, ela está presente no dia a dia de todas as pessoas e pode ser atingida com facilidade. Ser espiritual significa deixar a superficialidade de lado, vamos dar-lhe um exemplo: quando você escuta uma música e se conecta com a letra, automaticamente você sente diversas sensações e até mesmo sentimentos sobre ela. Essa conexão criada a partir da arte com o seu ser, é uma forma de conectar o seu íntimo com um fator externo sentido de uma forma mais profunda. Não é somente os seus ouvidos que absorvem a música, mas também o seu espírito.

Entre as inúmeras religiões existentes no mundo, a espiritualidade é importante para que busquemos a evolução do nosso ser. Ser espiritual é preocupar-se não só com as coisas materiais, mas também com o que sentimos no decorrer dos dias e, por conseguinte, da vida. Quando somos negligentes no mundo físico, também negligenciamos o nosso espírito, pois as consequências mexem com o nosso interior de uma forma que nem sempre podemos explicar.

Quer saber como trabalhar a espiritualidade para entender um pouco mais sobre si mesmo e evoluir como pessoa? Confira estas cinco dicas para começar a despertar a espiritualidade que existe em você!

Imagem da bíblia fechada e sobre ela as mãos de uma senhora idosa. Ela está exercendo a sua espiritualidade.
Foto por Pexels no Pixabay

1. Descubra o que a espiritualidade representa para você

Nem todo mundo sabe o que a espiritualidade significa para a própria vida. Observar a vida espiritual dos outros pode parecer simples e muitas vezes nos dar a impressão de que tal estado espiritual é inalcançável. Em um primeiro momento, você precisa parar um pouco de focar as coisas materiais e começar a analisar a forma como você sente as coisas, o que o mundo externo lhe causa, o que gostaria de refletir e a necessidade que sente de se expressar.

O seu lado espiritual está aí. Por mais que você não perceba, comumente se conecta com coisas aleatórias. Olhe um pouquinho mais para o seu próprio ser de uma forma singular, não no que uma terceira pessoa lhe causa. Essa é a sua vida e é você quem pode fazer com que ela atinja um estado de conexão com o Superior.

2. Faça o exercício da conexão

Em tempos tão superficiais, se conectar realmente com alguma coisa pode parecer uma missão quase impossível. Mas acalme-se! Com certeza tem algo que lhe dá muito prazer ou que o deixa muito desconfortável. O importante é encontrar alguma coisa que mexa com o seu interior, pode ser uma música, um lugar ou até mesmo pensar em uma pessoa. Reserve um momento do seu dia e tenha contato com esse algo que lhe promove algum sentimento ou sensação. Elimine da sua volta qualquer distrativo que possa roubar a sua atenção. Feche os olhos e pense somente no que este “algo” lhe causa. Permita-se sentir tudo o que este momento lhe proporcionará e fuja de tudo o que for raso.

Exercitar a sua capacidade de conexão fará com que você comece a trabalhar a sua espiritualidade e entenda algumas coisas com um pouco mais de profundidade, além de começar a descobrir mais sobre o seu interior.

3. Pratique a gratidão

Todos somos tão condicionados a sempre desejar mais, que esquecemos de agradecer pelo que já temos. Praticar a gratidão é um ato espiritual que poucos conhecem. Imagina só agradecer mesmo antes de receber algo desejado? Pode parecer até engraçado para alguns, mas este ato é um grande passo para as pessoas que querem saber como trabalhar a espiritualidade.

A partir do momento em que você agradece pelas coisas mais simples da vida e pelo o que você ainda deseja, automaticamente pratica a fé, pois você crê que as coisas darão certo e mesmo que elas não deem, é grato por tudo o que já tem. Essa é uma grande forma de se conectar com Deus e de aproximar-se Dele!

Imagem de várias velas acesas representando a espiritualidade.
Foto por Morten Graae no Pixabay

4. Alimente a sua alma

Todo ser humano alimenta a carne, mas alimentar a alma também é muito importante. Assim como o nosso corpo precisa de energia, o nosso espírito também precisa. Quando não nos alimentamos, nos sentimos fracos e sem disposição — o mesmo acontece com a alma.

Todos os nossos sentimentos e sensações fogem do físico, pois as sensações, por mais que se tornem físicas em determinados momentos, são produzidas pelo nosso cérebro a partir de algo emocional. Então, para alimentar a alma, você precisa fazer coisas que lhe promovam bem-estar. Entre em contato consigo mesmo, permita-se fazer atividades que o façam sentir bem e que promovam felicidade. Tire um tempo para você, deixe um pouco de lado as redes sociais e faça coisas que realmente lhe dão prazer.

Você pode ficar em silêncio, pode ouvir uma música que promova boas sensações, pode ler um livro, praticar atividades físicas, conversar com amigos, escrever, assistir a um filme… alimentar a alma é muito mais simples do que você imagina!

5. Viva o momento presente

Dois grandes males da sociedade são a depressão e a ansiedade. A depressão baseia-se praticamente no excesso de passado, enquanto a ansiedade, no excesso de futuro. Para ser mais espiritual é preciso viver o agora, pois não temos controle sobre o que passou e nem sobre o que está por vir. É preciso conectar-se com o momento presente, pois tudo o que você sente e é, está neste exato instante! É claro que todos nós temos planos e sonhos, mas eles só se concretizarão se nós soubermos lidar com o que temos hoje.

Você também pode gostar

Foque as suas energias no agora e entenda que para trabalhar a espiritualidade você precisa ter a consciência da sua vida na atualidade, de quem você é e do que tem feito consigo mesmo. Canalize as suas vibrações nos seus sentimentos atuais e reconecte-se com o seu interior, pois assim tudo funcionará plenamente.

Agora que você já sabe algumas dicas de como trabalhar a espiritualidade, volte o seu olhar para você mesmo e evolua o seu lado espiritual. Compartilhe este artigo com os seus amigos para que eles também encontrem na espiritualidade um alívio para as dores do mundo!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]