Autoconhecimento

A importância de incluir hobbies na rotina

Trabalhar é importante para pagar as contas, mas cansa. E não se trata só do cansaço físico não, tem também o cansaço mental. Ficar por horas concentrado na mesma tarefa, relacionando-se apenas com as pessoas que estão envolvidas naquela mesma atividade, pode ser bem exaustivo.

Mas sair desse círculo vicioso também não é fácil. A rotina nos mantém presos nessa zona de conforto – que de confortável não tem nada –, e, quando surge um tempo livre, parece até que nos sentimos culpados por não estarmos produzindo.

Tanta preocupação não passa de invenções da nossa mente. Cada um de nós precisa de tempo livre para fazer o que realmente nos traz alegria. Como, por exemplo, um hobby. Mas, afinal, o que é isso e como pode influenciar a nossa vida? Entenda abaixo!

O que é um hobby?

Um hobby pode ser definido como todo tipo de atividade que nos dá satisfação e não tem nada a ver com o trabalho. É uma forma de dedicar tempo e cuidado a si mesmo.

Mas lembre-se: ter um hobby não é simplesmente ficar jogado no sofá mexendo no celular durante o fim de semana. É algo que te desafie, que te faça superar limites físicos, intelectuais ou criativos, ao mesmo tempo que te proporciona enorme contentamento. Viajar, dançar, cantar, praticar um esporte, começar uma coleção, cozinhar… enfim, o que trouxer alegria para a sua vida.

Pense nisso como uma maneira de espairecer, de desanuviar a mente das obrigações do dia a dia, mas também como um estímulo a habilidades muito importantes para o seu desenvolvimento.

Tais características são extremamente benéficas para a saúde mental, especialmente se o cotidiano tem te deixado em constante estado de estresse, como veremos a seguir.

Será que você está precisando de um hobby?

O foco total no trabalho e a falta de atividades alheias à função exercida no mundo corporativo podem provocar inúmeros prejuízos ao bem-estar, inclusive levando à chamada síndrome de burnout.

Esse transtorno está ligado ao esgotamento profissional, marcado pela tensão emocional de condições de trabalho degradantes. Os sinais precisam ser observados atentamente:

  • Mudanças bruscas de humor
  • Vontade de se isolar
  • Vontade de faltar ao trabalho
  • Dificuldade para se concentrar e criar
  • Sentimentos ansiosos ou depressivos
  • Autoestima e autoconfiança baixas
  • Preocupação exagerada com o trabalho
  • Queda na produtividade
  • Incapacidade de se distrair com algo que não esteja relacionado com o trabalho

Se você perceber algum desses sintomas, além de ajuda psicológica, procure um hobby. Sabe por quê? Continue lendo para entender.

Por que é importante aproveitar o tempo livre com qualidade?

Como vimos, gastar suas horas livres nas redes sociais não é um hobby. Na verdade, quando fazemos isso, deixamos passar um tempo precioso que poderia estar sendo aproveitado para várias outras atividades bem mais estimulantes. Além disso, por mais que você trabalhe com o que ame, ter um hobby totalmente à parte do universo corporativo é muito importante.

Aqui vão algumas das vantagens de praticar um hobby:

  1. Dá um gás na criatividade: praticar atividades que saiam da sua rotina é muito útil para enxergar o mundo de outra forma.
  2. Ajuda a escapar da mesmice: é uma forma de tirar a sua cabeça do trabalho, se afastar dos problemas e aliviar a pressão.
  3. Proporciona novas interações: para além dos colegas de trabalho, cuja única ligação é a atividade em comum que vocês realizam, o hobby promove conexões com pessoas totalmente fora do seu círculo social.
  4. Ajuda na motivação: se você tem sentindo tédio ou sem vontade de fazer nada, a prática pode ajudar a recuperar o ânimo.
  5. Incentiva a definir um propósito: como o hobby é caracterizado pela superação de limites, praticá-lo tira a ideia de que os seus dias estão sendo todos iguais e te dá um objetivo para perseguir.
  6. Melhora o relacionamento: quando cada parte do casal tem os próprios hobbies e momentos individuais de lazer, a relação fica muito melhor.
  7. Ajuda a manter a saúde em dia: além de trazer mais felicidade, um bom hobby ainda melhora a qualidade do sono, favorece a memória, afasta a depressão, desenvolve a concentração e a paciência, evita maus hábitos e, dependendo do caso, ainda mantém o corpo em movimento.

Mas como escolher um hobby e encaixá-lo na rotina corrida? Vamos aprender agora.

Peças de quebra-cabeça espalhados.
Magda Ehlers / Pexels

Dicas para escolher o hobby ideal

A primeira coisa que você deve entender para decidir o seu hobby é: não há regras. Você pode experimentar tudo e ver do que realmente gosta. Não tem problema começar e largar no meio.

Peça sugestões aos seus amigos para descobrir o que tem a ver com o seu perfil. Tente se lembrar do que você gostava de fazer quando era criança. Pense nos assuntos que te interessam, nas habilidades que gostaria de ter, no que gostaria de fazer se estivesse de férias. De preferência, o mais distante possível do que você faz no trabalho.

Depois, reflita sobre quanto tempo você tem disponível para o seu hobby. Lembre-se de que, para dar certo, é preciso separar uma parte do seu dia para isso, sem colocar outros compromissos na frente. Afinal, o seu lazer não pode ser deixado de lado.

Além disso, leve em conta quanto você pode investir nessa atividade. Existem hobbies que não custam nada, como dançar ou cantar, mas outros talvez precisem de um empurrãozinho financeiro, como um curso de artes marciais, por exemplo.

Depois de refletir sobre todas essas perguntas, é a hora de escolher o seu hobby. Abaixo, você encontra uma lista de possibilidades.

Você também pode gostar

Ideias de hobby para quem está começando

Para te ajudar a iniciar um hobby, separamos uma lista de atividades em várias áreas que podem ser o seu talento escondido. Experimente e divirta-se!

  • Montar quebra-cabeças
  • Cozinhar
  • Fazer aulas de teatro
  • Cuidar de plantas
  • Aprender a fazer artesanato
  • Fotografar
  • Aprender um novo idioma
  • Correr
  • Tricotar
  • Ler
  • Aprender truques de mágica
  • Mexer na decoração da casa
  • Customizar peças de roupa
  • Desenhar
  • Tocar um instrumento musical
  • Fazer aulas de canto
  • Mexer com gesso, carpintaria ou argila
  • Meditar
  • Resolver palavras cruzadas
  • Criar origamis
  • Praticar uma atividade voluntária
  • Começar uma arte marcial
  • Praticar natação
  • Acampar
  • Assistir a filmes

Ufa! Ideias de hobby não faltam, e ainda há muitas outras, além dessas. Agora não tem mais desculpa: está na hora de repensar a rotina e incluir um passatempo no seu cotidiano. Você verá que a sua produtividade e seu bem-estar agradecem!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br