Convivendo

Ajuste o seu relógio!

Jéssica Sojo
Escrito por Jéssica Sojo



Quando e por que começou esse tal horário alternativo? Bom, pela minha rápida pesquisa no Google, o horário de verão foi criado por Benjamim Franklin em meados do século XVIII. No Brasil, foi instituído pela primeira vez no verão de 1931, com o objetivo de aproveitar a luz natural dos dias ao entardecer e reduzir o consumo de energia, que aumenta por conta do calor excessivo dos quatro meses da estação mais quente do ano.

Decretado por lei desde 2008, o horário de verão sempre tem o início no terceiro domingo do mês de outubro e término no terceiro domingo do mês de fevereiro – exceto quando o término cai próximo ao carnaval.

Há quem goste e consiga se adaptar facilmente com o adiantamento e reajuste do horário, mas há também quem não veja a menor graça e torça a cara. Vou confessar: eu não achava a menor graça no horário de verão até perceber que, com certo planejamento, dá para aproveitar e até sentir saudades do verão. Por isso, separei umas dicas:

Diverse Young People Fun Beach Concept

Curtir os parques da cidade e fazer um piquenique. Com tantas opções de áreas verdes e parques em diferentes cidades, é uma boa estender uma toalha no gramado e aproveitar o tardar do sol ao lado dos amigos ou da família.

Convidar alguém ou um amigo para ir à praça. Sabe aquela pessoa que você não vê há muito tempo ou que passa pouco tempo ao lado dela? Que tal aproveitar o sol para passear, levar os animais juntos, praticar esportes e aproveitar a companhia de outrem para colocar o papo em dia.

Visitar lugares diferentes na cidade sozinho ou acompanhado. Mesmo após as 18h, por que não aproveitar e ir ao museu ou a uma exposição tri legal? Que tal ir ao cinema, a uma biblioteca ou à livraria? Não perca mais tempo e aproveite para fazer programas diferentes e divertidos, principalmente aqueles que você adia por conta da correria.

People Cheers Celebrating Thanksgiving Holiday Concept

Curtir um happy hour a céu aberto e com boas companhias. Perfeita combinação e com a vista privilegiada entre o fim da tarde e o começo da noite.

Aproveitar a luz do dia e fazer exercícios físicos. Raras são as pessoas que conseguem ter disposição de acordar 6h da manhã para fazer uma caminhada ou ir à academia. Com o sol se pondo mais tarde, é possível criar coragem e realizar atividades físicas, como andar de bicicleta pelo parque, fazer uma caminhada, ir à academia, fazer yoga, meditação, ler um livro ao ar livre ou somente observar o pôr do sol.

E não se esqueça de checar a sua alimentação, de usar roupas leves, tomar muita água, reforçar o uso do protetor solar e, claro, aproveitar o verão. Agora me diz: é possível encarar o verão com mais alegria, né?

Sobre o autor

Jéssica Sojo

Jéssica Sojo

Extremamente curiosa por entre os quatro cantos do mundo – e viciada em chás. Minimalista e tentando viver uma vida perto do zero-lixo. Vegana e ativista voluntária da Mercy of Animals. Fascinada pela África e sonhadora em morar nesse país fabuloso e cheio de ensinamentos fundamentais a nossa cíclica vida. Palmeirense. Budista. TILSP e apaixonadíssima pela Cultura Surda <3. Conversadeira sobre diferentes possíveis e até impossíveis assuntos – dentre outras coisas mais, é custoso classificar quem eu sou – sendo que eu sou o todo que me cerca – outro você que é outro eu e juntos, nós somos UM. Eu poderia começar partilhando que foi inicialmente e com base na minha experiência como acadêmica na Faculdade de Medicina – com a esperança de trabalhar com o ser humano e as suas limitações, que eu despertei para um lado ao qual eu não fazia a menor ideia de que existia dentro de mim e de que eu também poderia usufruir desse lado despertando em outras pessoas o sentimento de sempre brilharmos como o sol, mesmo nos momentos mais inoportunos da nossa cíclica vida.

Digo sempre que nós somos semelhantes ao sol, assim como há dias nublados e ensolarados – como for – os nossos dias, são como a nossa cíclica vida, que também brilha, e isso independe do momento que passemos. Continuemos a brilhar, independente desses nossos momentos, difíceis e necessários para a nossa evolução, ou não tão difíceis, a nossa vida brilhará sempre. Cabe somente a nós, decidirmos brilhar ou sombrear. Despertarmos e incentivarmos o mesmo ao nosso próximo ou nos enclausuramos e perdemos a grandiosa oportunidade de ser como o radiante e brilhante sol. Meu designo aqui no Portal EuSemFronteiras é exatamente compartilhar as minhas experiências, junto a cada leitor e leitora, e em troca do nosso entrosamento, brilharmos e despertarmos uns nos outros, o nosso saudoso e caloroso sol. Ressoando todo o nosso conhecimento e transformando a nossa revolução humana com base nos nossos dias ensolarados e nublados, sem perdermos a esperança.

Meu propósito é trazer sempre em pauta a primordialidade de enxergarmos além do que nos é visível aos olhos - e como a minha mãe sempre comenta, é através do meu brincar com as palavras, que eu tenho total gratidão em estar aqui e em semear em cada pessoa que me acompanha a sementinha de ter total empatia e perceber a essência no coração do nosso próximo. Elevando não só o meu, mas todo o nosso estado de vida e tomando extremo cuidado para não nos perdermos nos detalhes – sendo honestamente sincero conosco mesmos com base no nosso próprio coração e em busca da transformação do despertar de cada um que nos torna UM.

Que a nossa esperança em brilhar em todas as adversidades da nossa vida cíclica nunca se perca em meio as nossas peregrinações na sociedade.

Com todo o meu coração e toda a minha gratidão, em especial, aos meus pais que me permitiram chegar aqui e a minha família que sempre me apoia;

A cada um que me acompanha aqui e ao pessoal que faz parte do portal do EuSemFroteiras.

Um saudoso e caloroso abraço em cada um, que possamos emanar ensolaradas felicidades uns aos outros, sempre.

Contatos:

Email: [email protected]
Instagram: @rubiojer
Site: @jerbsojo