Nutrição Veganismo

Alergia ao leite de vaca

Carla Trevisan
Escrito por Carla Trevisan
Vale ressaltar aqui que alergia ao leite se refere à sua proteína. Intolerância se refere à lactose. Portanto, quando falamos em tratar alergia ao leite de vaca, temos que lembrar que produtos sem lactose continuam sendo alergênicos, pois possuem as proteínas alergênicas.

Sintomas de alergia ao leite de vaca em crianças:

  • Eczema;
  • Vômito;
  • Cólica;
  • Asma;
  • Obstipação;
  • Diarreia;
  • Irritabilidade;
  • Recusa do leite;
  • Apatia;
  • Bronquite;
  • Urticária.

Sintomas em crianças mais velhas e adultos:

  • Rinite;
  • Bronquite;
  • Urticária;
  • Enxaquecas;
  • Asma;
  • Enurese noturna;
  • Síndrome do cólon irritável.

Proteínas presentes no leite responsáveis pelos sintomas: Beta-lactoglobulina e Alfa caseína S1.

Essas proteínas acabam ativando o sistema imune e podem levar ao aparecimento de doenças autoimunes relacionadas abaixo:

  • Alopecia areata;
  • Anemia aplástica;
  • Anemia hemolítica autoimune;
  • Artrite reumatoide;
  • Colite ulcerosa;
  • Dermatite herpetiforme;
  • Doença celíaca;
  • Doença de Behçet;
  • Doença de Crohn;
  • Esclerose múltipla;
  • Espondilite anquilosante;
  • Gastrite autoimune;
  • Hepatite autoimune;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Miastenia gravis;
  • Neutropenia autoimune;
  • Psoríase;
  • Púrpura trombocitopênica autoimune;
  • Síndrome de Sjögren;
  • Tireoidite de Hashimoto;
  • Uveíte;
  • Vitiligo.

Vários estudos epidemiológicos têm associado a diabetes tipo 1 com a ingestão de leite bovino. 92% dos pacientes recém diagnosticados com diabetes tipo 1 apresentam anticorpos contra beta-lactoglobulina. 100% dos pacientes com diabetes tipo 1 apresentam anticorpos contra a albumina sérica bovina.

Opções para substituição ao leite de vaca:

  • Leite de amêndoas;
  • Leite de coco;
  • Leite de inhame;
  • Leite de aveia;
  • Leite de arroz;
  • E outros leites vegetais.

OBS.: não usar leite de soja, pois possui isoflavona que tem uma estrutura muito semelhante ao estrógeno e acaba por alterar a quantidade hormonal, podendo levar à puberdade precoce nas meninas e alterações hormonais nos meninos.


Fonte:

Karlsson MG, Ludvigsson J. The ABBOS-peptide from bovine serum albumin causes an IFN-gamma and IL-4 mRNA response in lymphocytes from children with recent onset of type 1 diabetes. Diabetes Res Clin Pract. 2000 Mar;47(3):199-207;

Gahlquist, G et al. An increased level of antibodies to beta-lactoglobulin is a risk determinant for early-onset type 1 (insulin-dependent) diabetes mellitus independent of islet cell antibodies and early introduction of cow’s milk. Diabetologia. 1992 Oct;35(10):980-4.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Carla Trevisan

Carla Trevisan

Nutricionista formada em 2010 pela Universidade de Ribeirao Preto (UNAERP)
Pós graduada em Nutrição clinica e Fundamentos Metabólicos pela Gama Filho
Pós graduada em Fitoterapia Funcional pela VP
Pós graduada em Nutrição clinica Funcional pela VP

A nutrição funcional consegue tratar diversas patologias ajustando as deficiências de vitaminas e minerais, otimizando os processos metabólicos e tendo assim melhores resultados.

A fitoterapia me dá suporte para minhas prescrições sendo uma ferramenta importante nos diversos tratamentos.

Condições que podemos tratar:

- Obesidade
- Gastrite/refluxo
- Síndrome do intestino irritável
- Câncer
- Depressão/ansiedade
- Colesterol alto
- Hipotireoidismo
- Menopausa
- TPM
- Enxaqueca
- Prisão de ventre
- Gestante, nutriz
- Artrite/artrose
- Diabetes
- Alzheimer
- Ganho de massa muscular
- Osteopenia/osteoporose
- Intoxicações por metais pesados
- Alergia alimentar
- Rinite/sinusite
- Celulite, edema, queda de cabelo
- Acne, foliculite
- Hipertensão
- Distúrbios alimentares (anorexia, bulimia, compulsão alimentar)
- Introdução alimentar no bebê
- Insônia
- Anemia
- Infertilidade
- Fadiga crônica
- Psoríase
- Aumento de imunidade
- Fibromialgia