Animais de Poder Xamanismo

Animais de poder: A aranha

Teia de aranha e meio à natureza
Andrii Lobur / Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

“Nossa, esse bicho é o meu espírito animal!”. Você já ouviu alguém falando algo assim? Por mais que isso geralmente seja dito em tom de brincadeira, de acordo com o xamanismo, todos temos um animal de poder, que, em resumo, é um animal que nos inspira e aponta os nossos caminhos.

Afinal, o que é um animal de poder? Além disso, o que significa ter a aranha como animal de poder? Como você pode se conectar a ela? Chegou a hora de tirar todas as suas dúvidas!

O que é um animal de poder?

Antes mesmo de entender o que é um animal de poder, é preciso compreender o que é o xamanismo. O xamanismo é um estilo de vida que prega a união entre o homem e a natureza, porque, segundo essa teoria, o ser humano assimila características da natureza para si, tornando-se um só com ela. De acordo com o xamanismo, cada pessoa tem um totem relacionado a cada um dos reinos da natureza, que são Animal, Planta e Pedra. Esses totens, ainda de acordo com o xamanismo, ajudam-nos a nos conhecer melhor caso entremos em contato com eles, pois nos indicam quais caminhos devemos seguir, traços de personalidade que devemos assimilar, entre outras coisas.

Para o xamanismo, o animal de poder, que é representado pelo totem Animal, é um arquétipo de quem somos e da nossa personalidade, portanto é algo espiritual, não lógico ou racional. Descobrir o seu animal de poder não é como fazer um teste de personalidade. É mais como encontrar um guia que pode ajudá-lo a encontrar o caminho ideal para a sua vida e as características que você precisa assimilar, já que podem ser usadas a seu favor.

A aranha

A aranha é um animal que simboliza o equilíbrio e a harmonia, então, quando é o seu animal de poder, indica uma necessidade de você sempre considerar esses conceitos em sua vida. Ou seja, a sua caminhada só vai funcionar quando você encontrar uma maneira de unir presente, passado e futuro ou de aliar o mundo físico e real às camadas espirituais.

Além disso, é um animal que pede a você que tente, ao máximo, deixar de lado os conceitos de gênero e as imposições sociais associadas a eles, já que exige esse equilíbrio e essa harmonia também naquilo que é entendido como masculino ou feminino. Por isso é preciso entender que trazemos dentro de nós um pouco de masculino e um pouco de feminino, descontruindo as imposições sociais que dizem que “homem não pode fazer isso” ou “mulher não pode agir de tal forma”.

Outro conceito associado à aranha é o da beleza funcional, isto é, algo que é ao mesmo tempo belo, útil e funcional. O maior exemplo relacionado a elas e a esse conceito é a teia, que é essencial para a sobrevivência delas, porque é a maneira pela qual se alimentam e se abrigam, mas também é uma estrutura bonita de se observar, além de harmoniosa.

Pequena aranha pendurada em frente à luz do por do Sol
Vidar Nordli-Mathisen / Unsplash

Existem diversas espécies diferentes de aranhas, mas boa parte delas tem 8 patas. Isso é um símbolo dos múltiplos caminhos que a pessoa que tem a aranha como animal de poder pode seguir, explorando diversas possibilidades e muitos rumos na vida. Além de ter 8 patas, a aranha é um animal bastante ágil, capaz de saltar e de se mover de lado, para frente ou para trás, o que demonstra sua grande capacidade de usar todas as suas capacidades.

Padrões também correspondem a outro conceito associado às aranhas, devido à teia que tecem. Como elas sobrevivem por causa da teia e o processo de fabricação e disposição da teia sempre segue um padrão — visual, inclusive —, é impossível não as associar a uma pessoa que precisa ser mais disciplinada, metódica e ligada a processos para que consiga ver suas tarefas e obras finalizadas.

Por fim, mais um conceito associado ao estilo de vida das aranhas é a criatividade, porque suas teias são uma obra em eterna criação, pois ela está sempre sendo recriada quando é destruída pelo homem ou por outros animais. Como já descrito, ela não consegue viver sem a teia, então a criatividade é mais do que importante para que a aranha viva e sobreviva: é essencial.

Como descobrir o meu animal de poder?

Quando falamos sobre o zodíaco astrológico ou sobre horóscopo chinês, por exemplo, basta a nossa data de nascimento para que descubramos qual é o nosso signo e de que forma ele nos influencia. Com o animal de poder, as coisas não são tão simples assim, porque você precisa consultar um mestre xamã se quiser descobrir qual é o seu totem Animal. O mestre xamã é o único que pode conduzi-lo rumo a essa descoberta.

Mulher em uma floresta se sentindo conectada com a natureza
Алина Осипова / Pixabay

Muitas pessoas tentam descobrir seu animal de poder por meio de testes online e de outras ferramentas que não incluem ser guiado por um mestre xamã. Isso, porém, é um erro, porque, dessa forma, essas pessoas não descobrem seu animal de poder verdadeiro e se conectam a outro animal, que não é genuíno. Dedicar seu tempo a um animal de poder que não é verdadeiramente o seu pode ser frustrante quando você descobre o erro, então, antes que possa sentir esses sentimentos negativos, consulte um mestre xamã e descubra o seu animal de poder.

Muitas pessoas se surpreendem ao descobrir que seu animal de poder é, por exemplo, uma aranha ou um castor, já que leões, tigres e rinocerontes são animais muito mais imponentes e que parecem mais agradáveis de se ter como animal de poder. Em contrapartida, a verdade é que todos os seres têm seus pontos positivos e não existem animais de poder “melhores” ou “piores”, então abra sua mente para isso.

E como eu me conecto ao meu animal de poder?

Não há uma resposta definitiva para essa pergunta, porque, como qualquer experiência espiritual, a conexão com o animal de poder é única e individual, sendo cada pessoa a única responsável por descobrir de que forma essa conexão pode ser possível. É claro que o mestre xamã, quando revelar o seu animal de poder, vai dar conselhos em relação a como dar os primeiros passos em direção a essa conexão, porém só você será o único capaz de desvendá-la e fortalecê-la.

É importante que você não tente fazer a primeira conexão com o seu animal de poder sem receber a ajuda de um mestre xamã, porque você pode se frustrar ou se decepcionar com os resultados ou até mesmo assustar espiritualmente o seu animal de poder. O ideal é que o primeiro contato ocorra na presença do mestre xamã, que, em seguida, vai dar conselhos a respeito de como seguir com essa conexão.

Uma boa dica que podemos deixar é a meditação. Por meio dela, você consegue “calar” os estímulos do mundo real e que deixam sua mente triste, ansiosa ou preocupada e abrir espaço para a conexão com a espiritualidade. Quando estiver meditando, você pode se imaginar na pele do seu animal de poder, caçando na mata ou voando pelos céus. Também pode se imaginar como ser humano, aproximando-se e estabelecendo contato amigável com ele. Enfim, teste o método de meditação que mais lhe parecer agradável e espiritualmente prazeroso.

A aranha é, enfim, um animal de poder que, mesmo sendo pequena, tem grandes significados. É um animal de poder que traz consigo conceitos como a necessidade de harmonia na vida, de explorar os muitos caminhos da nossa jornada e de implementar o conceito de beleza funcional, que alia algo agradável aos olhos e que funciona perfeitamente. Se a aranha é o seu animal de poder, conecte-se a ela para receber os seus benefícios.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br