Espiritualidade

Como se conectar ao Animal de Poder?

Lobo dentro de uma floresta
Erik Karits / Pixabay
Escrito por Eu Sem Fronteiras

“Esse animal é o meu espírito animal”. Essa é uma frase comum, que você pode até já ter ouvido por aí, inclusive em memes. Mas o que significa ter um espírito animal ou, no termo correto, um animal de poder? De que maneira ele se relaciona à sua personalidade ou pode mudar a sua vida?

Encontre, neste artigo, respostas a algumas dessas perguntas, mas não se esqueça de consultar um mestre xamã para entender qual é o seu animal de poder, de que maneira ele influencia você e como é possível agradá-lo. Entenda e adicione cada vez mais conexão à natureza ao seu dia a dia, conectando-se ao seu animal de poder.

Antes de explicar o que é animal de poder, porém, precisamos explanar o que é xamanismo, o conjunto de crenças de onde vêm os animais de poder.

O que é xamanismo?

Diferentemente de religiões organizadas, como o cristianismo e hinduísmo, o xamanismo é mais uma filosofia de vida do que uma religião. O xamanismo é qualquer conjunto de crenças que coloque o homem em contato com os fluxos da natureza e com o seu próprio interior.

As práticas do xamanismo atual são baseadas nos costumes de povos como os nativos norte-americanos ou os povos originais da terra que habitavam a Rússia antigamente e que ainda vivem em algumas regiões inóspitas do território russo.

Homem com as mãos unidas em frente ao rosto demonstrando fé
Garon Piceli / Pexels

Os principais conceitos do xamanismo incluem conexão e harmonia entre quem somos e a natureza, cura e prevenção de doenças e distúrbios de maneira natural, limpeza de corpos físicos e espirituais, harmonização de ambientes e conscientização espiritual do indivíduo e de como ele se relaciona com a natureza.

Um dos aspectos mais conhecidos do xamanismo é o animal de poder, mas o que é isso?

O que é um animal de poder?

Segundo o xamanismo, todos temos três totens de poder, cada um representando um dos reinos da natureza, segundo essa crença: pedra, planta e animal. Segundo essa filosofia de vida, esses totens clarificam e direcionam os nossos pensamentos e sentimentos, alertando sobre mudanças que devem ser realizadas ou avisando que estamos no caminho correto.

O animal de poder, portanto, nada mais é do que um arquétipo da sua personalidade, mas é mais espiritual do que racional e psicológico: é como um símbolo das energias que podem ser encontradas dentro de nós e que conduzirão a nossa vida e as nossas decisões.

Por que você deveria descobrir o seu animal de poder?

Descobrir e se conectar ao animal de poder, segundo o xamanismo, faz com que as pessoas melhorem seu poder pessoal, seus poderes psíquicos e sua autoconfiança. É uma grande auxílio nas jornadas de despertar e de autoconhecimento, aprofundando o conhecimento espiritual a respeito de si mesmo e ajudando a ter mais consciência a respeito de si mesmo.

É importante ressaltar que o animal de poder nem sempre está relacionado a afinidades com a personalidade da pessoa que ele representa, porque o mais comum é que ele traga ensinamentos e lições que precisam ser absorvidas para que a pessoa desenvolva qualidades, trabalhe seu autoconhecimento e evite erros e situações desagradáveis que levam a decisões e acontecimentos ruins.

Como descobrir o meu animal de poder?

Não existe um teste online, por exemplo, que possa ser feito para determinar qual é o seu animal de poder. É imprescindível consultar um mestre xamã, que vai facilitar o encontro da pessoa com o seu totem animal e, consequentemente, com o seu animal de poder.

Sem ser guiado por um xamã, é comum que as pessoas sucumbam ao erro de escolher um animal, mesmo que inconscientemente, associando-se a uma espécie com a qual sinta afinidade ou tenha admiração, em vez de àquela que realmente representa quem elas são internamente.

Gato malhado de olhos azuis
Kelvin Valerio / Pexels

Não acredite em testes na internet nem comece a trabalhar o seu animal de poder sem antes ter recebido orientação de um mestre xamã, porque isso pode fazer com que você comece a trabalhar um animal de poder que não é o seu verdadeiro, atrasando o seu processo de autoconhecimento, de espiritualidade e dando uma sensação de frustração e desengano.

É essencial dizer também que não existem animais “melhores” ou “piores” do que os outros, porque cada um deles traz um significado profundo sobre nós. Não há, portanto, menor ou maior importância entre ter como animal de poder uma cachalote ou uma borboleta. Esqueça comparações e foque no seu animal de poder.

E como eu me conecto ao meu animal de poder?

Esse processo é bastante individual e, aos poucos, você vai entender como consegue se comunicar com o seu animal de poder e se acostumar à presença dele. No primeiro contato, é muito importante que você seja auxiliado por um mestre xamã, então não tente fazer essa primeira conexão por conta própria, sozinho e em casa. A partir desse primeiro contato promovido pelo xamã, você receberá instruções de como manter-se conectado ao seu animal de poder, como saber o que o desagrada e como absorver os ensinamentos que ele tem a passar.

Uma maneira simples de se conectar ao seu animal de poder é meditar. As possibilidades são infinitas e você pode provar várias delas para entender aquela que mais tem a ver com você e que mais o engrandece espiritualmente.

Um bom exemplo é fechar os olhos, controlar a respiração e entrar em meditação. Quando já estiver relaxado, imagine-se numa floresta ou no bioma habitado pelo seu animal de poder. Vá entendendo o cenário e tente encontrá-lo, mas se aproxime com delicadeza e respeito para não assustá-lo. Quando localizá-lo, sorria e tente manter-se calmo, porque então ele te receberá.

Homem sentando em um cais meditando
S Migaj / Unsplash

Outro bom exemplo de meditação é imaginar-se sendo o animal, como ser uma águia e estar voando nos céus, sentindo todas as sensações relacionadas a esse voo ou mergulhando como uma baleia centenária e sentindo a água escorrer pelo seu corpo… Sentir-se como se fosse o seu animal de poder certamente fortalecerá sua conexão com ele.

Além das dicas citadas aqui, peça orientações ao seu mestre xamã, porque ele certamente terá grandes conselhos para te dar, que solidificarão o seu relacionamento e a sua conexão com o seu animal de poder.

Como não afastar o seu animal de poder?

Apesar de ser uma criatura espiritual, o animal de poder se comporta como um animal selvagem na natureza, isto é, ele tem emoções e sentimentos como qualquer ser, portanto se assusta, se afasta ou sente hostilidade, caso ela esteja presente.

Nos momentos, por exemplo, em que você estiver se sentindo bastante estressado, preocupado ou ansioso, é possível que não consiga se conectar ao seu animal de poder, visto que ele sente essa energia negativa e se retrai, evitando o contato.

Não recorra ao seu animal de poder, portanto, em momentos de aflição e sofrimento, mas procure conectar-se a ele quando estiver se sentindo pleno, em paz e tranquilo, porque é nesses momentos que ele se mostrará por inteiro, para estabelecer as conexões entre vocês.

Agora que você entendeu o que é um animal de poder e compreendeu mais ou menos o que ele pode fazer por você, procure um mestre xamã para identificar qual é o seu e entender de que forma é possível se conectar a ele. Lembre-se de tratá-lo com carinho e lembre-se também de que esse é um acontecimento espiritual, então foque em desenvolver o espírito, não a lógica.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]