Autoconhecimento Comportamento Energia em Equilíbrio

Aprenda a usar a Lei da Atração para conseguir tudo o que deseja

Mulher de chapéu com os olhos fechados fazendo um pedido no meio da floresta
MARBOW / Getty Images / Canva
Ana Carolina Rangel
Escrito por Ana Carolina Rangel

Veja como o medo da escassez pode afastar a abundância e a prosperidade da sua vida

Conheci duas pessoas que perderam seus empregos em 2020 devido ao corte de gastos das empresas na pandemia. Elas têm três características em comum: mais de 40 anos de idade, salário de R$ 20 mil por mês e 5 anos na empresa. O fato, entretanto, de como cada uma lidou com a demissão fez com que elas tomassem caminhos muito diferentes.

Esmeralda me procurou já em depressão. Disse que estava arrependida de ter jogado 5 anos da sua vida fora nessa empresa, onde ficou estagnada (porque não era estimulada a crescer), porém seduzida pelo valor do salário. Reafirmou inúmeras vezes que se perdeu, que seria muito difícil, senão impossível, encontrar um novo emprego. Também sentia muita raiva porque a demissão feriu o seu ego e não aceitava que precisava se requalificar, avaliar os erros, para se recolocar no trabalho. Quando eu disse: “Calma, você é abundante e próspera, encontrará um novo emprego e, até lá, faça cursos de aprimoramento”, recebi uma pedrada. “Abundante??? Você está louca! Eu fui DEMITIDA!”, gritou.

Fiz então algumas perguntas. Tem casa própria? Sim, duas. Quem está pagando as contas da casa? Meu marido. Ele tem condições? Sim e está pagando tudo sem reclamar. O que esse dinheiro lhe proporcionou de melhor nos 5 anos? Quitei um imóvel e fiz inúmeras viagens internacionais. Conheci Nova York, vários países da Europa e da Austrália. Algum problema de saúde na família? Não. Sempre ganhou bem? Sim. Só falei: você me parece uma pessoa muito abundante, você pode não estar recebendo dinheiro agora, mas está usufruindo dele pelas mãos do seu marido. Quem usufrui é próspero! Ela discordou.

Já Rosa me contou que, quando foi demitida, só pensou o que poderia fazer. O ego ficou ferido, claro, mas decidiu cuidar disso depois e partir para a ação. O marido não teria condições de bancar a casa sozinho. Também ajudava financeiramente os pais. Então, ela ficou em silêncio e pediu ao Universo uma solução. Fez inúmeras ligações para ex-colegas de trabalho. Contou sobre a demissão, sem vergonha, pronta para reerguer a cabeça. Dois meses depois, ainda na pandemia, ela conseguiu um novo emprego, com salário equivalente e rotina menos estressante do que a anterior. Recentemente, a prosperidade também voltou ao marido, que conseguiu fechar novos negócios.

Mulher alegre trabalhando em escritório enquanto fala no celular
Anna Shvets / Pexels / Canva

Esmeralda ainda não conseguiu recolocação profissional e está em tratamento medicamentoso para depressão. Se elas tinham um ponto de partida parecido, por que Esmeralda estagnou? O principal motivo é que ela vibrou energeticamente na escassez, que é manter o foco só no que não tem. Ela demorou para enxergar e agradecer tudo o que já tinha ou que conquistou. Por outro lado, Rosa acreditou na sua abundância e prosperidade, sendo que, antes da demissão, fez um ritual de manifestação de um novo emprego, criando como ele deveria ser, qual salário, como seriam os colegas de trabalho. Ou seja, ela usou a Lei da Atração para criar o futuro trabalho que realmente se concretizou em pouco tempo.

Como você pode criar os seus sonhos?

A Lei da Atração é a mais poderosa do Universo e significa: “todo pensamento vibra e irradia um sinal que é emitido de volta na mesma intensidade e frequência energética.” Ou seja, se você vibra no medo de escassez, você recebe do Universo mais escassez. Se você vibra na abundância, você recebe mais abundância. E isso a gente pratica diariamente. Pouco depois que deixei o mundo corporativo para investir em yoga e terapias, fui ao shopping comprar presente para o Dia dos Pais. Na vitrine de uma loja, vi uma saia roxa maravilhosa com um ótimo preço, porém pensei melhor: “não estou ganhando nada agora, melhor não gastar” e não entrei na loja. Dei uma volta pensando na saia e falei comigo mesma: “eu vou comprar porque eu vou voltar a ganhar dinheiro logo e eu mereço”. Naquele mesmo dia, três horas depois que voltei para casa com a saia, apareceu o meu primeiro cliente.

Então, se você deseja algo que ainda não tem, sinta como se já o tivesse. E a melhor maneira de fazer isso é visualizar o seu sonho como uma realidade na sua vida. Como fazer isso?

1-) Peça

Escreva, no tempo verbal presente, o que você quer numa frase afirmativa e objetiva. Depois, descreva todos os detalhes. Se é um novo emprego, por exemplo, conte qual a sua carga horária, quais dias da semana trabalha, quanto ganha e o que faz com esse dinheiro. Vai cada dia acrescentando mais detalhes e visualizando na sua mente todas as manhãs como se isso já estivesse acontecendo. Visualize a sua felicidade, a da sua família e o que o novo trabalho representa.

Mulher sorrindo enquanto escreve algo no seu caderno
Yaroslav Shuraev / The Yaroslav Shuraev Collection / Canva

2-) Acredite que o seu desejo é uma ordem

Em primeiro lugar, você tem que substituir a dúvida pela fé. Se você se pegar falando que é impossível, realmente não vai acontecer.

Depois, tem que avaliar se você está realmente permitindo ou resistindo ao seu pedido. Aqui, entra o trabalho de thetahealing (técnica de cura energética em processo meditativo), que investiga as crenças que o estão impedindo de alcançar um sonho, fazendo a reprogramação mental. Por exemplo, atendi uma pessoa que queria ser promovida há anos e nunca acontecia. Identificamos as crenças: “nunca serei promovida porque estou acima do peso”, “se eu for promovida, terei mais responsabilidades e vão descobrir que sou incapaz”. Três meses depois da sessão, ela contou que foi, finalmente, promovida. Lembrando que o sucesso da reprogramação mental é quase todo dela, que entendeu e ressignificou isso na sua mente. O terapeuta thetahealer é um instrumento para que as pessoas acessem as suas resistências e o que realmente quer.

3-) Receba

As pessoas costumam olhar só o topo da escada, e não os degraus, por isso se esquecem de agradecer pelas pequenas coisas ou pelos milagres do dia a dia. Embora você não perceba, o Universo está sempre em movimento. Nada está parado.

Você também pode gostar

Confie e agradeça. Você só precisa ver agora o primeiro degrau. Depois que passar por ele, surgirá o segundo, e assim por diante. Confie na sua intuição e aja. Para alcançar um sonho, também é preciso intenção (intento + ação). Quanto mais você se ligar de uma maneira positiva com a vida, mais forte ficará a sua intenção.

E você? Está permitindo ou resistindo?

Sobre o autor

Ana Carolina Rangel

Ana Carolina Rangel

Sou terapeuta thetahealer (técnica de cura energética que identifica e substitui crenças limitantes em processo meditativo) com certificação internacional e professora de kundalini yoga, prática mais sutil feita de olhos fechados, com foco na respiração para equilibrar os chakras (rodas de energia do corpo). Trabalho com grupos, por meio de workshops, e realizo atendimentos individuais online e presenciais em São Paulo. Sou também jornalista e historiadora, formações que me trouxeram importantes ferramentas para a terapia, como a facilidade de interação, comunicação e acolhimento dos desafios de vida e questões dos outros.

Email: [email protected]
Site: anacarolinarangel.com.br
Instagram: @anacarolinarangel8