Convivendo

Cada um cresce do seu jeito: porque o seu amigo bem sucedido não é melhor do que você

Amanda Magliaro
Escrito por Amanda Magliaro
Crescer é um processo, tanto na vida amorosa quanto na emocional ou profissional, mas também é um processo individual. Quantas vezes você já olhou para aquele colega que estudou o mesmo curso que você e se sentiu incomodado com o rumo que a sua vida tomou? “Por que eu não sou tão bem-sucedido quanto ele?”. Bom, isso acontece porque cada um amadurece e cresce de um jeito diferente.

Todos temos gostos e emoções que são só nossas, respondemos à realidade de um jeito individual graças a alguns fatores como educação, família, círculo social, lugares preferidos, etc. E, consequentemente, colocamos um valor único para cada área de nossas vidas. E isso inclui pessoas, empregos, cursos ou o que mais vier na sua mente. Talvez, aquele curso que você estudou junto com o seu amigo tinha muito mais valor para ele do que para você, talvez ele se identificou mais ou ele simplesmente teve as oportunidades que você não teve. Sim, essa é a parte mais difícil de aceitar, e você pode se perguntar: “Mas e agora? Minha vida acaba aqui?”. Não!

E, não, não é hora de recomeçar, pois recomeçar significa apagar tudo e escrever de novo. E a vida não se apaga. Tudo o que você viveu até hoje é válido, pode não ter dado certo, mas você pode se redirecionar. A vida é como uma teia de aranha, o centro representa seu nascimento, e você é a aranha que tece cada fio. Por isso, você pode não ter percebido, mas enquanto aquele seu amigo estava lutando as próprias batalhas, você também estava batalhando as suas. Você fez algum outro curso, conheceu outras pessoas, visitou lugares novos ou simplesmente foi forte o suficiente para aguentar um emprego que você não gostava, só para juntar dinheiro e poder realizar algum desejo seu.

“Mas isso não tem tanto valor quanto ser coordenador da área X, igual o meu amigo”. Errado!

Valor é algo que você determina. Tem algo nessa experiência toda que você não trocaria por nada daquele cargo. Talvez um momento que pode passar com a sua família enquanto esteve desempregado, e que te fez crescer como pessoa, ou um diploma que você conseguiu, e que não poderia ter obtido se estivesse 8 horas por dia em um escritório. Enfim, existe algo nessa experiência toda que valeu a pena e que está te levando não para um lugar melhor, pois quando tratamos da “vida” tudo é muito individual, mas com certeza essa teia está te levando para um lugar que pertence apenas a você. Por isso, aguente firme, não se deixe abalar pelas dificuldades e não perca a fé, pois um jardim bem florido não é aquele que foi replantado várias vezes, mas sim aquele que foi forte o suficiente para aguentar todas as mudanças de tempo.

Sobre o autor

Amanda Magliaro

Amanda Magliaro

Redatora e tradutora, me apaixonei pela vida desde que aprendi a enxergar tudo o que ela tem para oferecer. Existem aquelas pessoas que nunca conseguiram encontrar seu caminho, até o próprio caminho decidir ir ao seu encontro, eu fui uma delas.

Num mundo cheio de possibilidades, escolhi acolher todas quando comecei a escrever. A busca por ser alguém melhor e mais feliz, e a chance de poder auxiliar uma pessoa que seja através da magia das palavras é o que significa para mim ter meu sonho se realizando todos os dias.