Espiritualidade

Carnaval em tempos de transição planetária

carnaval
Vital Frosi
Escrito por Vital Frosi
Amados!

Cada ser humano é atraído para aquilo que se afina por meio das vibrações magnéticas. Essa atração segue as Leis Naturais do Universo, pois se não fosse assim, nem os planetas e nem as estrelas teriam se formado. Afinidade nada mais é do que energia compatível.

É fácil entender como funcionam as afinidades, pois é só observar. Tudo se aglomera de acordo com o tipo de energia que atrai aquilo que agrega. Os grupos das baladas, das raves, dos rodeios, do futebol, das drogas, dos jogos de azar, do rock, das igrejas, e assim por diante.

Não é diferente na política. Juntam-se em grupos aqueles que pensam e agem mais ou menos iguais. E não somente os que foram eleitos para o comando, mas também os que os elegem. E se não bastasse isso, os que os elegeram compactuam com as suas barganhas, roubos e falcatruas. Sim, porque são iguais! Têm a mesma energia. Só não fazem igual porque não estão no lugar do outro que foi eleito. Mas coloque cada um desses num cargo de comando qualquer e veja como ele se revela igualzinho ao chefe.

Não é preciso ter muito conhecimento para ser uma pessoa melhor no seu cotidiano; basta ter a energia compatível com o bem ou com o mal. É isso que faz a diferença.

carnaval

Vamos lembrar aqui que a Terra, depois de tantos milhões de milênios, está entrando em uma nova vibração, e tudo o que há nela também vai mudando a sua energia. Como disse antes, é uma Lei Natural. Porém, neste planeta chamado Terra, há uma espécie de espírito em experiência de consciência, e é essa consciência que ainda pode ser manipulada, justamente por outras consciências. Faz parte do jogo nesta escola básica ou primitiva como de fato é.

Eu diria até que a humanidade está dentro de uma gincana, onde uns querem fazer o melhor para se classificar bem no final da competição, e outros simplesmente tentam dificultar estes para que se retardem o máximo possível.

Foi assim que há milhões de anos, os piratas do espaço, também denominados Drakonianos, capturaram a espécie humana para suas experiências dentro daquilo que denominamos de MAL. Claro que, indiretamente, tudo foi permitido, pois aceita o mal quem quer. É ali que entra o livre arbítrio. Como a ganância é uma qualidade intrínseca da consciência humana, foi fácil encaminhar os espíritos encarnados por caminhos tortuosos, que muito dificultaram e atrasaram a sua permanência neste mundo de provas e expiações.

A maneira mais utilizada pelos Drakos, a fim de retardar os humanos neste mundo de dificuldades e aprendizado, foi o oferecimento de DISTRAÇÕES. Distrair as consciências o máximo possível, pois enquanto o homem fica ligado a coisas supérfluas e banais, ele deixa de meditar, de raciocinar e não se volta para dentro de si para sentir a sua verdadeira essência. Vai se distanciando da FONTE e com o passar dos milênios, também vai esquecendo quem ele é de fato.

E foi assim que, após centenas de milhares de anos, quando os Drakonianos perceberam que a Terra se aproximava de sua Transição Planetária, iniciaram também uma nova tática de persuasão e distração em massa. Naturalmente, foram surgindo atrativos (projetados pelos Drakos) com essa finalidade.

Naturalmente, foram surgindo atrativos (projetados pelos Drakos) com essa finalidade.

Nem vamos voltar muito ao tempo. Ficamos apenas com os últimos 2 a 3 mil anos. Entre os mais célebres foram os CIRCOS ROMANOS. As arenas como eram chamadas na época. E daí em diante, se proliferaram de todas as maneiras conhecidas até hoje. Vieram depois os PALIOS ROMANOS, AS CRUZADAS, A EXPANSÃO DOS REINOS, AS GUERRAS…. E AINDA AS COMPETIÇÕES, OS ESPORTES VIOLENTOS, OS DOMÍNIOS COLONIAIS, A OPRESSÃO DE TODAS AS FORMAS. AINDA PODEMOS CITAR A INQUISIÇÃO ROMANA, OS BACANAIS DA ROMA ANTIGA, AS FESTAS PROFANAS E O CARNAVAL.

Até muitas festas ou rituais de celebração voltadas ao bem, com o tempo, foram se desvirtuando e transformaram-se em verdadeiros atos profanos. Até aqui podemos ver a disputa entre o profano e o sagrado.

Como o TEMPO FINAL se aproxima, as últimas cartadas das Trevas também se intensificaram. Já não há mais “festas” suficientes para manter toda a humanidade presa na distração e no barulho, então elas estão se utilizando de mais dois artifícios ainda poderosos, que é o MEDO e o ÓDIO.

Então, as festas distraem as consciências. O medo paralisa a consciência. O ódio coloca um cadeado nas mentes conscientes e elas ficam fechadas à compreensão e o entendimento dos Novos Tempos que estão surgindo já em nossos horizontes.

Essa é a estratégia ainda utilizada pelas Sombras para que a Luz demore mais a chegar. Claro que existe as milhares de ramificações desses poucos tópicos aqui citados, mas tenha cuidado, pois a pressão para te distrair é muito forte e discreta, ao ponto de muitas vezes nem percebermos. Até nas pequeníssimas coisas.

O CARNAVAL é uma delas. Entretanto, muitos já não correm mais o risco de serem influenciados por ele. E mesmo aqueles que fazem do Carnaval apenas um momento de lazer, mantendo-se fiéis aos seus princípios éticos e morais, devem ao menos disponibilizar algum tempo para voltar-se a si próprio.

Chegamos no tempo que se faz necessário algumas horas por dia de meditação ou silêncio, pois precisamos ouvir a nossa voz interior, que é a voz dos nossos amparadores, nos dando as dicas dos fatos novos que estão batendo à nossa porta.

Eu sou Vital Frosi e minha missão é o esclarecimento.

Sobre o autor

Vital Frosi

Vital Frosi

Psicoterapeuta Reencarnacionista, Orientador espiritual, Formação em Psicologia Transpessoal pela Unipaz, Mestre em Reiki pela Escola André Luiz e Celer Faculdades, Massoterapeuta pela Celer Faculdades, Médium Intuitivo Semi consciente, Palestrante, atendimentos presenciais e à distância.
Missão terrena para esta existência: O esclarecimento e o despertar espiritual.

E-mail: [email protected]
Celular: (49) 9 9128-5260 (WhatsApp)
Facebook: Vital Frosi