Convivendo

Cem maneiras de ser a diferença na vida das pessoas – Capítulo 62

Capa da série Cem maneiras de ser a diferença na vida das pessoas - Capítulo 62
Benedito Milioni
Escrito por Benedito Milioni

CAPÍTULO 62 – FINJA QUE NÃO VIU!

Não é da sua conta? Não lhe diz respeito? Não lhe foi pedida a sua opinião? Não recebeu intimação para depor diante da Justiça? Não é dever de cidadania relatar o que tenha visto? Então deixe para lá, não se meta onde não for chamado(a) a fazê-lo e cuide do que lhe disser respeito. Eis aí uma boa e realística opção de conduta!

homem e mulher mexendo no celular

Temos fortes inclinações a invadir o espaço das demais pessoas, movidos por um impulso inconsciente ou mesmo por deficiências educacionais. De uma forma ou outra, isso não é bom! É de bom tom ignorar o que não é de nossa responsabilidade, e isso não pode ser confundido com omissão, porque esse ato representa muito na qualidade dos relacionamentos: ninguém gosta de constatar que alguém anda “metendo a colher no angú que não lhe pertença”.

Procure agir sob o império do bom senso, combinado-o com a observância das regras de boas maneiras e dos bons costumes e sempre fixando atenção no espaço de liberdade da outra pessoa, que é, como sempre, sagrado, íntimo e inviolável!

Faça uma bela diferença na vida das pessoas ao mostrar-lhes que sabe respeitar a individualidade e que seu padrão de conduta é bem-resolvido a esse respeito.

Historinha que bem representa o “FINJA QUE NÃO VIU”: Fulano deparou com a esposa do Sicrano em determinado lugar público trocando beijinhos e abracinhos com outro cavalheiro. Em casa, não conseguia dormir, atormentado pelo dilema contido na dúvida entre calar-se ou comentar sobre o ocorrido com o Sicrano. Quando comentou o sucedido com sua esposa, logo pela manhã, na mesa do café, pedindo-lhe que o ajudasse a decidir, dela ouviu, após terminar o café que tomava e uma longa pausa para pensar e inspecionar algumas unhas:

mulher espiando ex namorado

“Olha, meu rei, se você tiver sido nomeado fiscal do comportamento das pessoas ou sentir-se obrigado a proteger seu amigo ou, mais ainda, entender que jamais, em tempo algum, daria uma pulada de cerca, você vai lá e “dedura” a esposa do carinha! Agora, se você acredita no viva e deixe viver, não é dos que protegem os do mesmo gênero só por causa dessa bobagem de proteger os iguais ou não se dispõe a condenar por pecado que possa cometer, cale a rica boquinha e vá lavar a louça, porque hoje é o seu dia, tá lembrado, fofinho?”.


Continue acompanhando a série
 Anterior Capítulo 62  Próximo

Sobre o autor

Benedito Milioni

Benedito Milioni

Graduado em Sociologia e Administração, 46 anos de carreira executiva e técnica em Desenvolvimento de Pessoas, autor de 32 livros, autor de 5 e-books, co-autor de 15 livros e autor de 25 manuais técnicos.

Dirigiu treinamento para mais de 3.349 grupos (cerca de 81.000 treinandos), dos quais 36.760 da área de RH, cerca de 24.736 Gestores e Líderes, 18.610 na área Comercial e 3.318 em Competências de Negociações . Formou cerca de 2.450 Instrutores e Multiplicadores Internos e 610 Consultores Internos Participa, regularmente, como conferencista sobre Tecnologia de Gestão em T&D em eventos nacionais e internacionais.

Apresentou mais de 2.104 conferências e palestras para mais de 200.000 pessoas. Prestou serviços a mais de 440 empresas, no Brasil e no exterior (América Latina, América Central, África e Europa). Júri de prêmios de Excelência na Gestão de Pessoas.

Publisher da GESTÃO DE PESSOAS EM REVISTA.

Contatos:

Av. Paulista, 2.202 , 3o. Andar CEP 01310-300 - São Paulo – SP
Site: www.milioni.com.br
Email: [email protected]
Telefone: 11 3508-1990 | 4158-7435 | 99909-5858
Facebook: www.facebook.com/bmilioni Linkedin: linkedin.com/benedito-milioni

Canal no Youtube