Convivendo

Cinco filmes e séries com mulheres inspiradoras

Quatro mulheres, sendo duas brancas e duas negras, sentadas num barco olhando para o lado.
Reprodução / Netflix
Escrito por Giselli Duarte

Existem muitos filmes e séries às quais assisti com mulheres fortes e inspiradoras, todavia, após filtrar e escolher quais postar aqui, selecionei os cinco que mais me chamaram a atenção, e você já vai entender o porquê.

É bom lembrar que, apesar de alguns filmes e séries serem baseados em fatos reais e contos biográficos, muita coisa pode ter sido alterada e romantizada, afinal, estamos falando de superproduções, com o foco comercial mesmo. O mais importante é saber extrair o ponto central das mensagens que cada enredo pretende passar. Vamos lá?

Maria Magdalena

A série tem como foco contar a história de Maria Madalena, de uma forma nunca vista antes e que faz mais sentido do que qualquer outra filmografia. A apóstola dos apóstolos, Maria Madalena desafiou uma sociedade opressora e se tornou uma das devotadas seguidoras de Jesus. Nessa série nós podemos ver a presença de um Jesus muito amoroso e humano, uma das melhores encenações de Cristo, em minha opinião. Vale muito a pena conferir.

Você também pode gostar

Maudie: Sua Vida E Sua Arte

Um filme de muita sensibilidade e inspiração. Maud Lewis sofre de artrite reumatoide e com o preconceito das pessoas que a tomam por incapaz. O desejo de expressar seu dom artístico a fará deixar a família para trás. Maudie conta a história luminosa do sucesso e reconhecimento de uma artista popular a despeito da dor e do preconceito.

A Vida e a História de Madam C. J. Walker

Assisti à série inteira em uma tarde de domingo. Não tem como ver apenas um episódio e deixar para continuar depois. A série conta a história inspiradora de uma mulher negra americana que luta contra a pobreza, o racismo e preconceito para se tornar uma empresária de muito sucesso. Aqui nós vivenciamos um mix de emoções juntamente com a personagem.

Mulher negra de cabelos presos, usando um terno verde com flores rosas.
Divulgação / Netflix

Coisa Mais Linda

Uma série brasileira que se passa no trecho que eu mais conheço. A paulistana Malu se muda para o Rio de Janeiro com o marido para abrir um restaurante. Porém, ele rouba todo o seu dinheiro e foge. Ao conhecer a cantora Adélia e a escritora Thereza, a jovem abre um clube noturno de bossa nova.

A livraria

Uma história sobre recomeços e também sobre preconceito. Uma viúva decide reconstruir sua vida e, para isso, resolve abrir uma livraria, apesar da oposição da população do vilarejo onde vive, na Inglaterra, em 1950.

Ambos filmes e séries são emocionantes. Todos tratam sobre histórias de mulheres fortes que sofreram na pele o forte preconceito e o machismo, mas que fizeram história. Alguns são baseados em fatos reais e outros histórias, mas todos são feitos para inspirar meninas e mulheres, assim como também conscientizar meninos e homens.

Capa do filme "A Livraria".
Divulgação / Netflix

Além das tramas descritas acima, também gosto e recomendo muito estes:

● Estrelas Além do Tempo

● O Gambito da Rainha

● Joy: O Nome do Sucesso

● Girlboss

● Histórias Cruzadas

● Livre

● O Sorriso de Monalisa

● Orgulho e Preconceito

● Mulheres do Século 20

● As Sufragistas

E você, acha que mais algum filme e série deveria entrar na lista? Me conta nos comentários.

Sobre o autor

Giselli Duarte

Sempre gostei muito de escrever, mas antigamente eu falava sobre outros temas. A partir do momento que eu me permiti trilhar o caminho do autoconhecimento, tudo começou a fazer mais sentido e ficar muito mais leve.

Hoje gosto de escrever e compartilhar aquilo que pode fazer sentido para alguém.

Às vezes faço uma coletânea de pensamentos ou experiências próprias, e em outros momentos utilizo um quê de inspiração de pessoas maravilhosas espalhadas pelo mundo.

Sinto que tudo o que busquei para me especializar e atuar em certas áreas me ajudou bastante. Sou formada em marketing e gestão de negócios e atuei em mercados distintos, os quais moldaram meu lado profissional. Todavia, gosto de pensar que toda a bagagem que aprendi em cursos como hatha yoga, reiki, aromaterapia, florais de Bach, fitoterapia, naturopatia e em tantos outros me deu o contraponto que eu precisava. Não à toa amo ler e intercalar livros de empreendedorismo e negócios com os de espiritualidade e autoconhecimento.

Fique à vontade para ler meus textos e comentar aquilo o que sentir no coração.

Acesse os links abaixo:

Email: giselli.du@outlook.com
Site: : insighttimer.com/giselli/
Facebook:: @giselli.d
Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu
Linkedin : Giselli Duarte
Spotify: No Caminho do Autoconhecimento