Comportamento Convivendo

Como o diálogo pode ajudar?

Duas mulheres sentadas no sofá conversando enquanto seguram xícaras com bebida.
Eyhe
Escrito por Eyhe

Ao decorrer dos dias, vivemos situações boas e ruins, mas que nos afetam de alguma forma, nos proporcionando sensações e sentimentos. Muitas vezes, não nos sentimos confortáveis para falar sobre nossos sentimentos para os outros, por muitos motivos.

Desta forma, acabamos transformando tudo em uma bola de neve dentro de nós, o que nos prejudica no nosso dia a dia. Por isso, devemos compartilhar o que estamos sentindo, pois quando dividimos, podemos perceber outras convicções sobre a mesma situação.

Agora, entenda sobre alguns tópicos essenciais para que aos poucos você consiga desenvolver o diálogo.

Alivie-se!

Duas mulheres sentadas em uma mesa conversando.

Quando vivemos algo que nos afeta negativamente, já é complicado. Agora, quando não compartilhamos com ninguém o que está acontecendo, nos sentimos ainda mais pesados e confusos. Tudo isso contribui para que o sentimento de solidão cresça ao passar dos dias, o que dificulta muito o nosso desempenho e nossa saúde mental.

A principal vantagem de falar o que está sentindo é o alívio. Mas com ele, vem muitas outras coisas que somam em nossa vida, como opiniões diferentes sobre a situação. Às vezes, podemos entender a situação de uma forma, até alguém nos mostrar um discernimento diferente.

Como confiar?

Uma mulher e um homem estão sentados em poltronas, um ao lado do outro, aparentemente discutindo.

Todos sabemos que existem bloqueios no meio disso, pois é difícil se sentir ao máximo confortável para falar sobre as nossas dores. Muitas vezes temos medo de sermos julgados, ignorados ou até medo que desvalorizem a nossa dor. Por isso, é importante que a conversa aconteça com alguém que te proporcione empatia e segurança. Pois independentemente do momento que estamos vivendo, só queremos ser acolhidos e ouvidos.

Você também pode gostar

Onde encontrar um ombro amigo?

Um homem mais velho e uma mulher estão sentados em um barco, conversando em frente a um rio.

Às vezes podemos nos sentir confortáveis em conversar com amigos ou familiares, mas mesmo assim não nos sentimos totalmente acolhidos, pelos medos de sempre. Mas existe outra opção! Essa opção é o Eyhe, uma plataforma que conecta pessoas que precisam de ajuda com pessoas que já superaram desafios, e hoje estão dispostas a ajudar, acolher e inspirar!

Tornar um hábito.

Dois homens sentados em ambiente descontraído enquanto conversam.

Comece com pequenas situações do dia a dia, conte qualquer coisa que te instigue a vontade de compartilhar. Aos poucos, você vai percebendo a reação da pessoa que está te ouvindo, dependendo de qual ela for, você irá criar confiança e ter coragem de compartilhar dores mais profundas. Logo você estará sentindo o alívio de compartilhar suas dores, e quando perceber, estará ajudando outras pessoas.

Agora é o seu momento!

Microfone voltado para a câmera com fundo desfocado.

Todos sabemos que é difícil ter a confiança para compartilhar as nossas dores, mas lembre-se que existem pessoas que estão dispostas a te ouvir, o Eyhe é exemplo disso. Converse, grite, desabafe, cante, dance. Você vai se sentir livre e leve!

Converse!

Sobre o autor

Eyhe

Eyhe

Somos uma plataforma de suporte emocional, inspiração e evolução pessoal. Por meio do EYHE, você se conecta a pessoas de diferentes lugares e experiências de vida, preparadas para um diálogo simples, seguro e sem julgamentos.

Não somos um site de terapia, mas acreditamos que dialogar é fundamental para o desenvolvimento humano, e nosso único objetivo é este, promover esta conexão.

Email: contato@eyhe.com.br
Site: eyhe.com.br
Blog: .eyhe.com.br/blog
Facebook: @eyheoficial
Instagram: @eyheoficial
Twitter: @EyheOficial
Youtube:
Eyhe Oficial