Autoconhecimento

Como sobreviver ao seu despertar espiritual

Pessoa com braços estendidos e mãos para cima, recebendo uma luz
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Nos últimos tempos, muitas pessoas têm despertado espiritualmente. Vemos que cada vez mais são procurados assuntos relacionados à espiritualidade e ao despertar de consciências.

Contudo, a maior parte dos relatos contam que quando aquela pessoa despertou passou por algumas dificuldades.

Por isso, vamos passar algumas dicas para você sobreviver ao seu despertar espiritual.

O que é o despertar?

Quando chega o momento em que o seu Eu Superior precisa que você se reconecte com a sua essência, alguns eventos ocorrem em sua vida que o fazem despertar da inércia que vivemos em nossa rotina, ou seja, começamos a buscar por algo maior.

O despertar envolve nosso corpo físico, mental e espiritual, o que pode causar grandes choques.

O que pode causar o despertar?

Situações negativas que “destroem” aquilo que acreditamos podem ser causadoras. O fim de um relacionamento ou ficar desempregado, por exemplo, faz com que aquela realidade “rotineira” caia por terra e você se vê obrigado a buscar por algo maior, a se autoconhecer, entre outras coisas.

flor amarela recebendo a chuva durante a primavera

Entrar em contato com pessoas já despertas também o ajudam a começar o seu despertar espiritual.

Quando isso começa a acontecer, uma série de eventos podem se tornar comuns, como sincronicidades ou até mesmo sentir que o universo está falando com você.

O que fazer quando o despertar começa?

Primeiramente, não entre em pânico. Esse acontecimento pode trazer muitas mudanças em sua vida, e é importante que você tenha muita calma para não tomar nenhuma atitude precipitada.

O mais importante é aceitar que as coisas serão diferentes daqui para frente e se entregar, deixando que o universo vá trazendo para você as respostas que precisa.

Mulher olhando para o universo em um final de tarde.

Além disso, você também pode buscar o auxílio espiritual em centros para que o seu despertar aconteça de forma equilibrada. Conversar com pessoas que também estejam passando ou já tenham passado por isso pode ajudá-lo bastante.

Lembre-se que nem todo mundo está nesse momento e contar suas experiências para familiares ou amigos não despertos pode trazer problemas, porque eles não o entenderão.

Mesmo assim, não se aliene dessas pessoas!

Devido às mudanças, é normal que nós tenhamos vontade de nos afastar de algumas pessoas, incluindo amigos e família, porque eles não entendem muito bem o que estamos passando.

Entretanto, é essencial que você saiba separar as coisas e continue convivendo normalmente com as pessoas, enquanto cuida da sua vida espiritual particularmente.

Técnicas que podem ajudar:

Gratidão: demonstrar gratidão o ajudará a viver uma realidade mais próspera. No geral, todos nós conhecemos o poder de agradecer.

Meditação: Essa prática pode ajudá-lo a focar, ter controle do seu corpo e mente, além de conectá-lo com sua essência e ter mais respostas sobre si mesmo e sobre o universo.

um casal sentado, meditando, de frente para o mar.

Passe um tempo com a natureza: A natureza cura nossas energias, nos preenche com coisas boas e pode nos fazer conhecer o amor incondicional.

Confie em sua intuição: A intuição é uma bússola interna, ela sabe o que faz. Quando sentir que deve tomar algum caminho, simplesmente o faça. Para saber o que realmente é a sua intuição falando, basta seguir aquilo que te faz se sentir animado.

Escreva seus pensamentos: Isso pode ajudá-lo a entender o que você pensa, sente e o que necessita para viver melhor.

Fique calmo: Por fim, mas não menos importante, mantenha a calma. O despertar, a espiritualidade e todos esses assuntos que até então eram desconhecidos para você, podem fazer com qualquer pessoa entre em parafusos. Mas o importante é respirar fundo e seguir o caminho um passinho por vez.

Aqui em nosso site temos diversos artigos que falam sobre esses assuntos, terapias que podem ajudá-lo, entre diversas outras dicas que tornam o despertar algo simples e bonito.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br