Convivendo

Conheça o projeto MindEduca: levando inteligência emocional às salas de aula

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O ensino tradicional é composto por uma grade um tanto quanto conservadora em relação a todos os assuntos e situações que as crianças têm, desde cedo, de enfrentar e saber resolver.

O aprendizado sobre matemática, química e biologia com certeza lhes serão úteis em certa fase da vida assim como em sua escolha profissional. Mas não se mostram mais importantes que outros ensinamentos comportamentais, mentais e psicológicos necessários para a boa convivência e consciência.

Projeto MindEduca

mindeduca O projeto está sendo implantado nas escolas do Espírito Santo com o objetivo de introduzir na grade curricular assuntos relacionados a vida em sociedade.

Conforme esclarecimentos de uma colaboradora do projeto serão abordados assuntos como: atenção, convivência e processo decisório.

O programa MindEduca é um método de aprendizado aplicado em diversas áreas como educação, trabalho, esporte e sustentabilidade.

Na área da educação valoriza o aprendizado de valores e cultura de paz a partir da inteligência humana com o fim de gerar bem comum. São utilizados métodos como o “mindfullness” ou atenção plena com enfoque na neurociência em prol deste aprendizado.

Além de gerar bem comum, a metodologia busca resultados internos nos alunos como maior controle sobre suas atitudes, menos situações de estresse e desatenção.

As instituições que optarem por adotar e/ou testar o método terão fiscalização constante e possibilidade de reuniões para ajustes e troca de experiências entre profissionais habilitados.

No caso do Espírito Santo, o primeiro passo será qualificar educadores num curso de oito semanas de duração, para que o procedimento seja executado de maneira correta e de acordo com a proposta do projeto. No curso são evidenciados fatores como a adequação da linguagem e ritmo de ensinamento aos alunos.

O objetivo

shutterstock_18093217 A implementação do projeto tem como objetivo final a exploração dos recursos mais interiorizados saindo da zona de conforto e modo automático em que nós e as crianças, desde cedo, vivemos.

Os lemas altruísmo, felicidade e ética são descritos como a base do programa. Os efeitos são a transformação de comportamentos e auxílio na formação de indivíduos mais conscientes e altruístas.


  • Texto escrito por Júlia Zayas da Equipe Eu Sem Fronteiras

 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]