Autoconhecimento Convivendo

Construir ou existir?

São tantas horas dedicadas ao ganho de dinheiro, pagamento de contas, boletos, faturas e aborrecimentos decorrentes do ter que o ser está ficando de lado. É claro que seria leviano de minha parte condenar quem trabalha 12 ou até 16 horas por dia, pois infelizmente às vezes faço parte desse grupo; o meu pedido hoje é justamente para que a gente pense no que está fazendo aqui. Não é jogar tudo pro alto e simplesmente nos esquecermos de nossos compromissos. Precisamos honrar com nossos acordos financeiros e termos uma função social, esta defendida pela profissão que escolhemos (ou que a vida escolheu). Ser útil e ter o mínimo de condições para custear nossa sobrevivência também integra a lista de essencialidades para sermos felizes.

É fato que alguns foram privilegiados nessa nossa jornada aqui na Terra, mas não devemos passar nossos dias nos lamentando ou vitimizando por isso. E é aí que entra a construção. Atualmente, diante de um cenário econômico tão delicado, em que a classe média avança ladeira, já passou da hora de entendermos que estamos aqui principalmente para ser.

Que a gente continue trabalhando, mas que não nos esqueçamos dos nossos sonhos. Que a gente deixe uma herança não só monetária, mas de exemplo a ser seguido. Que a nossa passagem por aqui seja repleta de mais pontos positivos do que negativos.

Vamos começar mais um ciclo dessa grande viagem chamada vida. Que nosso legado perpetue de forma positiva para todo o sempre.

Você também pode gostar:

Para isso, desejo que você, caro leitor, lembre-se sempre de que “estamos de passagem” e o tempo passa muito rapidamente. O que fica de tudo e todos são, principalmente, as lembranças do que você fizer de bom, caso contrário toda maldade, inveja ou atitude negativa que parta de sua pessoa fará com que ninguém queira guardar qualquer memória da sua existência.

Construa seu legado com responsabilidade para que sua herança não acabe sendo em vão.

Sobre o autor

Fernanda Colli

Pedagoga, psicopedagoga, arte-educadora, membro da IOV Brasil, pesquisadora sobre a importância da educação e cultura para evolução da sociedade. Trabalhos e artigos publicados sobre a importância da preservação de nossa identidade. Atua em projetos de manutenção e fomento da cultura popular.

Email: fernanda_colli@msn.com