Autoconhecimento

Quando você está diante de dois caminhos, por qual seguir?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quantas vezes no último ano você se deparou com decisões sobre qual caminho seguir? E quantas vezes você acha que terá que enfrentar a mesma indecisão em 2017? Não importa de qual tempo estamos falando, as bifurcações sempre farão parte das nossas vidas, desde as mais simples de decidir até aquelas que nos tiram horas preciosas de sono. O que é necessário é o discernimento de dar o melhor de si para seguir por um caminho de forma consciente.

As bifurcações estão em nossas vidas o tempo todo… Assim que você acorda, mesmo que de forma inconsciente, provavelmente enfrentará diversas delas: ir tomar banho ou tomar café? Colocar uma calça ou um vestido? Usar o cabelo preso ou solto? Ir trabalhar de transporte público ou pegar o carro? São decisões mundanas e corriqueiras, mas não deixam de ser escolhas de qual caminho seguir! No entanto, as escolhas são mais brandas e não demandam tanta energia. Já em alguns casos maiores, as bifurcações podem parecer intimidadoras e extremamente difíceis.

Uma proposta de mudança de emprego, por exemplo, nos coloca em uma bifurcação chave na qual sabemos que escolher o caminho errado pode trazer um certo desconforto. Digo desconforto e não fracasso porque sempre teremos a chance de reverter as coisas e pegar um novo rumo na estrada assim que uma nova rota ocorrer.

O importante é ter a sabedoria de pesar todos os prós e contras sempre que uma decisão importante atravancar o seu caminho. Sempre avalie as suas opções, leve em consideração o que te faz mais feliz e se em alguma delas você correr o risco de passar por cima de seus valores e princípios procure ajuda de amigos, de pessoas mais experientes e principalmente de outros conhecidos que possam ter passado por situações parecidas. É de grande importância não se desesperar e acabar tomando decisões precipitadas, o bom senso aqui é fundamental!

Para mudar de vida, neste ano que se inicia em breve, tenha em mente apenas que a vida é sua e você é responsável por trilhar o seu caminho. Não existe certo ou errado e nem bom ou mau, o que realmente existe neste caso são as escolhas e as suas consequências. O futuro sempre lhe trará bifurcações cada vez mais desafiadoras, mas basta confiar e você passará por cada uma com a segurança de quem já andou muito por aí! O importante mesmo é que você escolha um caminho e siga nele com passos firmes de otimismo.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br