Saúde Integral

Corrida é um grande antidepressivo, segundo Drauzio Varella

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O médico super conhecido no país, Drauzio Varella, despertou para a corrida ao encontrar um amigo de colégio que não via há muito tempo. Na ocasião, o amigo disse a Drauzio que a idade dos 50 é quando começa a decadência do homem. O médico, que estava prestes a completar o meio século, ficou assustado com a afirmação e decidiu mudar sua vida. Drauzio resolveu que iria correr a maratona de Nova Iorque dali a um ano. Hoje, com 72 anos, o médico é um maratonista com um currículo invejável, que já rodou o mundo em busca de provas de 42 quilômetros. Drauzio já foi para Buenos Aires, Boston, Chicago, Berlim e até Tóquio.

Foto de Zanone Fraissat / FolhaPress

Foto de Zanone Fraissat / FolhaPress

Autor de vários livros, Drauzio agora conta suas histórias no livro Correr. Além de suas experiências nas provas, Drauzio também oferece informações médicas sobre a corrida. O mais legal é que o livro mostra aos seus leitores que realmente não é nada fácil deixar a preguiça de lado e começar a se exercitar, e reafirma a necessidade de se fazer uma mudança de hábitos na vida para que possamos viver com mais qualidade e por mais tempo.

Drauzio conta que, ao começar a correr, a primeira mudança foi na sua disciplina. O médico diz que ao treinar para maratonas, ele precisou estabelecer uma rotina, e com isso ficou mais focado nas outras atividades do dia a dia. Outra mudança importante na vida de Drauzio é que ao alcançar uma meta traçada, como correr uma maratona, ele ganhava cada vez mais autoconfiança, espantando a depressão.

O médico se apaixonou tanto pela corrida que agora não pensa mais em parar. Apesar de saber que uma hora o corpo vai pedir descanso, ele pretende correr até o último minuto em que tiver forças, disciplina e saúde para tal.


  • Escrito por Marcela Cappato da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]