Convivendo Sustentabilidade

Costa Rica: o país que é movido à energia limpa

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Muito se fala sobre a redução de poluentes e cuidados com o meio ambiente, mas infelizmente a verdade é que ainda pouco se faz. No entanto, algumas atitudes isoladas nos dão o otimismo necessário e a esperança de que é possível reverter velhos hábitos e fazer uso de coisas mais naturais para suprir as necessidades da população. A Costa Rica, por exemplo, tem conseguido usar apenas energia renovável nos últimos anos em quase sua totalidade.

O país da América Central lançou em 2015 a promessa de ficar seis meses usando apenas fontes renováveis de energia e, surpreendentemente, conseguiu atingir a marca de 99% de uso desta fonte. Em 2016 o número continuou alto e satisfatório: 98.1%.

Com grande incentivo do Governo, a população usa energia advinda de gás, petróleo e demais combustíveis fósseis apenas para se locomover através de automóveis. Todo o restante da energia produzida e consumida no país provém de fontes hidrelétricas, eólicas, solar e até mesmo geotermal, que provém dos vulcões existentes no país.

Vale ressaltar que isto foi possível com mais facilidade porque a população do país é atualmente em torno de 4,9 milhões de habitantes. Além de que o consumo por cada pessoa é relativamente baixo, se compararmos aos cidadãos americanos o valor fica em torno de um sétimo apenas. Com baixa demanda fica mais fácil atender, porém isso já mostra que é possível ao menos começar a plantar esta ideia.

Os benefícios vão além do meio ambiente, pois a conta de energia elétrica dos cidadãos costa-riquenhos caiu drasticamente neste período em que optaram pelas energias limpas, uma vez que o consumo é de algo que se renova a cada instante. É sem dúvida um exemplo a ser seguido pelos outros países e até mesmo pelo nosso Brasil que enfrenta uma grande crise econômica. De repente poderia até mesmo ser a luz no fim do túnel que nós brasileiros andamos precisando, o único problema seria conseguir lidar com a ganância e a sede de dinheiro que nossos governantes tem.

O importante é que já sabemos que é possível, agora falta nosso país perceber que a mudança é viável.


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]