Espiritualidade

Descubra se você já conheceu alguém que fez parte das suas vidas anteriores

Garotas conversando tomando café
Antonio Guillem / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Em alguns momentos da nossa vida, deparamos com pessoas que nos promovem uma sensação boa, mas ao mesmo tempo estranha. Você já encontrou alguém e sentiu que já o conhecia de um um outro lugar, como se existisse algum tipo de ligação entre vocês? Há quem chame essa sensação de já ter vivido algo antes de “déjà vu”, mas também há quem afirme que quando isso ocorre é porque já vivenciamos as mesmas situações ou tivemos algum tipo de relação com as mesmas pessoas em uma vida passada.

Esses episódios de déjà vu são extremamente normais, principalmente na vida de pessoas mais sensitivas e que possuem mais facilidade de se conectar à energia de terceiros. Quando ocorrem, costumam durar segundos e mexem com a nossa capacidade psíquica, influenciando e mexendo muito com as nossas sensações. Você já sentiu um déjà vu antes? Será que isso significa que você já esbarrou em alguém que fez parte da sua vida em um outro tempo?

Mesas de praça de alimentação com pessoas vistas de cima.
Pexels / Daria Shevtsova

O que quer dizer resgate de vidas passadas?

Quando falamos em vidas passadas, automaticamente falamos sobre a doutrina espírita. Dentro do Espiritismo, a reencarnação do espírito tem o intuito de, por meio de diversas “existências”, evoluir e resgatar os danos de cada uma delas. Em cada possibilidade de reencarnação de um espírito, ele tem livre escolha de decidir a trajetória que seus pés traçarão. Enquanto alguns voltam à Terra com o objetivo de proteger algum parente ou de concluir missões, outros retornam para o intitulado resgate de vidas passadas.

Esse tipo de resgate nada mais é do que a chance que Deus dá a uma pessoa de resgatar as suas más ações e erros por meio do arrependimento – sempre baseado no livre arbítrio. Sendo assim, um indivíduo retorna à Terra para “pagar” suas dívidas, seja com uma outra pessoa ou com o seu próprio ser. Ao reencarnar em um novo corpo, tudo o que foi vivido é esquecido, para que seja possível um novo recomeço – embora alguns sentimentos ou sensações possam estar presentes, porém inativos.

Mulher sentada em grama observa vegetação.
Daniel Torobekov / Pexels

Esses “resquícios” de outras vidas são os motivos pelos quais temos a sensação ou impressão de já termos vivido algo ou de já termos convivido com determinadas pessoas. Às vezes um simples déjà vu pode indicar que você esbarrou em alguém que fez parte do seu passado ou que promove sensações latentes a serem resolvidas dentro do seu próprio ser.

Como saber se tenho uma ligação espiritual com outra pessoa?

Ter uma ligação ou conexão espiritual com alguém é praticamente ter um presente em mãos! Esse tipo de ligação vai muito além de contato físico, sentimental ou carnal. Ele não precisa de motivos nem de explicações para existir ou ser detalhado. Ele simplesmente é, e por mais que você tente decifrá-lo, não conseguirá, pois as ligações espirituais transcendem o nosso conhecimento humano. Mas é possível se atentar a alguns detalhes para entender se essa ligação realmente existe. Confira:

  • Compreensão: quando temos uma ligação de espírito com uma pessoa, nossa relação com ela será sempre baseada na verdade. Não é necessário nenhum tipo de fator externo para que esse vínculo se mantenha e não existem fingimentos. A compreensão é a chave dessa relação, mesmo quando uma das partes comete algum erro, a outra sempre estará disposta a ouvir e compreender – sempre com o intuito de fazer a relação evoluir;
  • Sensação de conforto: conexões espirituais nos deixam confortáveis! Relacionamentos com esse tipo de ligação são leves, sem qualquer tipo de peso. Não há ansiedade, nem medo ou inseguranças – tais coisas costumam estar presentes em relações mais superficiais ou somente carnais;
  • Intimidade profunda: quem tem uma ligação espiritual com alguém sabe que a intimidade não é somente sexual. Sabe aquela pessoa que você olha, e mesmo sem proferir uma palavra, você consegue decifrar o que ela está pensando ou querendo? Esse é um nível de intimidade de alma, que não pode ser construído, ele apenas existe!
  • Sincronicidade: quando a espiritualidade conecta dois seres, o Universo costuma enviar sinais com mais frequência. O acaso já não tem tanto espaço e as sincronicidades da vida vão de encontro às energias que ambos emanam;
  • Atração do intelecto: a conexão espiritual faz com que duas pessoas consigam discorrer sobre qualquer assunto por horas e horas. Nessa relação, a intelectualidade é um atrativo natural, em que os olhos dos envolvidos brilham ao ouvir qualquer palavra ou informação um do outro. Vai muito além do que pode ser tocado ou visto.

Sinais de que eu conheço alguém de vidas passadas

Conhecer uma pessoa nem sempre é uma tarefa simples, partindo do ponto de que as nossas relações nem sempre são constantes como gostaríamos – muitos passam por nós, alguns ficam, enquanto outros passam e deixam algumas marcas no nosso ser. Descobrir se nós conhecemos alguém que já fez parte de nossas vidas passadas é uma forma de fortalecer um laço e até mesmo de resolver pendências ou de evoluir em alguma área da sua vida.

Se você tem essa sensação de conhecer alguém há muito tempo, mas não sabe explicar o porquê, confira os sinais de que provavelmente esse alguém esteja no seu passado de alguma forma:

Homem anda na areia em direção às montanhas.
Tom Swinnen / Pexels
  • Conexão imediata: na maioria das vezes em que conhecemos uma pessoa pela primeira vez, não sentimos uma forte ligação no primeiro contato. Quando há uma conexão imediata e você simplesmente se sente ligado a ela, ou sente facilidade em confiar nessa pessoa, é bem provável que você já tenha tido uma relação boa ou já tenha sentido as mesmas sensações por ela em outras vidas;
  • Sem explicação: sabe quando mesmo sem motivos nós gostamos muito de alguém? E por mais que tentemos explicar o porquê de tamanha feição, não conseguimos?! Se você já teve essa sensação por uma pessoa, essa ligação instantânea de sentimentos latentes e positivos pode ser um forte indício de que vocês já se conhecem de vidas passadas;
  • Ligação telepática: isso não significa que você consegue ler a mente de uma pessoa, mas sim que algumas coisas sem explicação costumam acontecer. Esse é o caso de quando você pensa muito em alguém, e do nada ele lhe envia uma mensagem, ou quando você está mal e ele consegue compreender seus sentimentos sem precisar ouvir uma palavra da sua boca;
  • Sem filtros: quando você está na presença de alguém que já conheceu em outras vidas, você não consegue esconder nada dele. É como se fosse impossível mascarar as suas emoções e você sentisse a liberdade de poder ser quem você quiser, sem medo de julgamentos ou de que a pessoa pensará coisas erradas sobre você;
  • Sensação de segurança: quando nos sentimos seguros com uma pessoa, isso pode ser um sinal de que já vivemos com ela em outro plano. A sensação de estar em casa e de ser “abraçado” espiritualmente é uma forma de perceber que você já foi protegido ou protegeu um indivíduo em uma outra encarnação.

Você também pode gostar

Por mais que haja muitos sinais para descobrir se você conhece alguém de outra vida, é preciso sempre focar na intenção do seu coração e no que esse alguém lhe proporciona, independentemente de materialidades. A melhor forma de perceber tal feito é estar sempre aberto à evolução do seu espírito para que seja possível esbarrar em quem já participou de vivências suas em outro plano.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]