Autoconhecimento Psicologia

Desperte a autonomia que você tem

Eclecia Rodrigues
Escrito por Eclecia Rodrigues
O poder da autonomia condiciona voarmos e alcançarmos aos mais altos montes da terra e chegar em lugares que sempre imaginamos e sonhamos. E para alcançar essa realização, é preciso ser que nem um passarinho que aprende a voar! Portanto, vou logo dizendo que a autonomia é cuidar da sua vida, dando um basta de vez aos empecilhos, sendo dono de si mesmo e não vivendo em função do outro. Liberte-se!

Imaginamos aquela sensação de calafrio das primeiras tentativas de voo de um pequeno ser, encarando o maior desafio de sua vida, a “coragem”. Coragem de despedir do passado e aceitar o destino desconhecido, de desapegar do que já não mais lhe serve e decidir apegar aquilo que vai te fazer crescer. Coragem de provar para si mesmo por meio de suas capacidades, sabendo exatamente o que quer e alcançar o seu destino. Assim é o passarinho que sai do aconchego da mãe e descobre que o mundo lá fora é repleto de desafios e que precisará de muita coragem, para voar e enfrentar os tenebrosos empecilhos.

Os empecilhos são como um abismo, se o pássaro desequilibrar no galho, ele cairá! Assim é preciso equilibrar a vida, equilibrar os sentimentos, ter calma e paciência antes de tudo! Ao contrário disso, cairá no abismo da ansiedade e da impaciência.

Os empecilhos são como um abismo, se o pássaro desequilibrar no galho, ele cairá!

Outro empecilho é o medo que assusta, atrasando o voo e que também atrasa a vida! “E se eu cair?”, “E se eu não conseguir voar?”, “E se eu voar e não conseguir chegar ao meu destino?”… Dessa forma mergulhará em um abismo repleto de inseguranças e que nunca o deixará voar. Não deixe que o medo tome conta da sua vida! A desmotivação também conta! Ser desmotivado ou preguiçoso, adia o voo mais importante da vida, correndo o risco de deixar a própria vida mofar para sempre no alto da árvore. Adiar o voo é não permitir que potencialidades apareçam!

Então, você enfrenta todos esses empecilhos no bater de asas e se lembra que o primeiro voo foi uma demonstração de que conseguiu, lembra que o segundo voo foi para agradar sua mãe que outrora estava em seu aconchego. E o terceiro? O terceiro requer viver para si e não viver para o outro, que antes ensinaram o passarinho a voar e que agora, ele estará voando e prendendo a viver sem aprovação de alguém. Voando e seguro de si! Crescendo ao rumo do seu destino, aprendendo e enfrentando vastos empecilhos. Contudo, esse poder da autonomia que parece o vento, um guia que vai te guiando aos sonhos mais altos é tão prazeroso quanto estar seguro e bem consigo mesmo, que não é nada fácil! De prumo ao seu destino, voando entre terras, céus e mares, devemos nos permitir em perdoar, reinventar, amar e, acima de tudo, saber viver!

Exponho essa temática mediante as minhas experiências pessoais de forma criativa e finalizo com um dos meus poemas.

VOO DA AUTONOMIA

Voar é viver
Voar é se libertar
Voar é se perceber
Voar é se achar
Voar é se encantar
Voar é se fazer
Voar é ir além do pensar
Voar é se ter
Voar é querer
Voar é autonomia
Voar é ser
Voar é perdoar a vida.

Sobre o autor

Eclecia Rodrigues

Eclecia Rodrigues

Sou psicóloga, poeta e apaixonada pelo Existencialismo.

Sou movida pelos encantos que a vida oferece e além de ter muita fé, a arte e a filosofia sempre me atraem. Formada em psicologia, posso dizer que ela é o marco da minha vida. Através do meu aprendizado e experiências, vou tecendo meu mundo daquilo que eu acredito e no que me faz feliz. Assim, o que eu tenho de melhor é o que eu tenho de oferecer! Oferecer caminhos que proporciona mudanças e renovações para aquele que se permite mudar! Acreditando no possível, no melhor que podemos ser!

Contatos:

E-mail: [email protected]
Site: reflexao.wordpress.com
Facebook: Eclecia Rodrigues