Comportamento Sustentabilidade

Dia do Planeta Terra

Mão segurando miniatura em formato de planeta Terra
Carlos de Campos
Escrito por Carlos de Campos

O dia do planeta terra nos faz querer semear ainda mais a bondade
E deixar prosperar em nossos corações essa força de vontade

De beleza e genuinidade.

Com mensagens que transformam vidas

Equilíbrio certo para o nosso dia a dia

Fortalecimento a nossa alma.

Não podemos negar a ação sublime da vida

Só precisamos acreditar que para tudo existe alguma solução

Abrace forte e sinta a tua história.

Mulher segurando muda de planta
Foto de Nikola Jovanovic no Unsplash

São muitas as interrogações

Nos fazendo muito refletir

A simplicidade é o remédio para o existir.

A intimidade deve ser sentida

Querida e respeitada

Jamais se sinta rejeitada.

O horizonte reflete tua face amorosa

Com doçura contemplo esse semblante querido

Tranquilo e sereno.

Os males dos homens nos sufocam

Mudar o itinerário é possível para uma transformação

Onde podemos encontrar a liberdade, paz e união.

Homem com braços abertos em cima de pedra com horizonte ao fundo
Foto de Xan Griffin no Unsplash

Constantemente promovemos o caos!

Nos intoxicamos com o nosso próprio egoismo

Sem diálogo vivemos oprimindo.

Insisto ao bom senso que ainda nos resta

Basta de violência com a mãe terra

Essa é a nossa única esperança.

Livre-se da prepotência!

E de tudo o que nos isola do mundo

Somos seres comunitários.

Este poema é o nosso último grito!

Conclamando para uma mudança radical

Onde o amor é o nosso único guia.

Lutem!

Incansavelmente protegeremos o nosso único lar habitável

O planeta terra, lar definitivo no momento.

Sinta em teu rosto a brisa…

O sol aquecendo a pele…

Simplesmente experimente…

Perceba o “milagre” da natureza

O doce do fruto escorrendo pela sua boca

Simplesmente experimente…

Experimente o amor que flui entre as pessoas

Que nos convida à intima alegria

Nos fazendo irmãos neste planeta.

Árvore com pôr-do-sol no mar ao fundo
Foto de Pixabay no Pexels

Límpido e de inigualável beleza!

São as nascentes existentes nesse planeta

Cuidado amoroso que mãe terra tem para com cada ser humano.

Siga e observe!

A cadência de cada cores

A perfeição por nós muito pouco observada.

Adentre o teu ser!

Limpe e arrume toda a bagunça

Desintoxique com muito amor e harmonia.

É gratuito!

A vida no amor

Existe felicidade no viver.

Você também pode gostar

Não vamos nos esquecer da principal virtude humana

Para que tudo isso se transforme

O nosso “querer” é o dom supremo e definitivo.

Vamos passear no jardim do mundo!

Beber e comer dos deliciosos alimentos

Nos enebriar de sabedoria e verdade.

Sobre o autor

Carlos de Campos

Carlos de Campos

Quem é Carlos de Campos?

Era uma vez um poeta, filósofo e teólogo
Era ele avesso a trivialidades.
Vivia refletindo sobre a vida com sua poesia.

Costumava questionar
Toda sombra instalada
Organizando as ideias
Sua poesia gritava.

Era de se admirar!
Entre sinuosas linhas, focando o autoconhecimento
Sua mensagem auxiliava.

O poeta era ligeiro
E nada o constrangia
Com a força da palavra
Muitos versos nos trazia
Na voz um canto festivo
No peito uma euforia
De chegar ao equilíbrio no convívio do dia a dia.

Contatos:
Email: [email protected]
Facebook: Carlos Campos Júnior
Página do Facebook: @resistircompoesia
Pictame: @omestrepoetico/