Autoconhecimento

Dia ruim ou vida ruim: como parar de deixar a negatividade alterar a sua perspectiva

Misfortune. Portrait of unhappy middle-aged man. He covered his face with his hand.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A negatividade drena a sua energia, prejudica o seu sistema respiratório, afeta a sua produtividade e eleva o seu estresse a ponto de aumentar a sua pressão sanguínea (se não pior).

Se isso não é razão o suficiente para te conscientizar sobre o quanto a negatividade influencia na sua vida, nós não sabemos o que é. As notícias, as redes sociais, o seu ambiente de trabalho, às vezes até a sua família e amigos, podem te dar uma razão para ver as coisas de uma forma mais negativa. Mas, para a sua saúde física e emocional, é importante que você faça tudo o que puder para se manter positivo: enxergar o lado bom nas mais diversas situações.

Existe uma diferença ao encarar alguns acontecimentos ruins como um dia ruim ou como uma vida ruim. A vida é curta demais para escolher viver com a última opção. Para evitar isso, listamos 5 dicas para que você aprenda a ser mais positivo.

  • Coma alimentos que impulsionem a sua energia

Você é o que come. Se quer se sentir mais positivo, você vai precisar de mais energia. Existem vários alimentos que podem te ajudar nisso. Salmão, iogurte grego, chocolate amargo, grãos integrais e até pipoca (por causa dos carboidratos que contém) podem te dar uma dose extra de combustível. Não se esqueça de tomar bastante água também. Quando menos toxinas no seu corpo, menos preguiçoso você se sentirá.

  • Ouça músicas alegres

A música é poderosa. Pode mudar seu humor de feliz à triste (e vice-versa) em questão de instantes. Um estudo realizado indicou que o nosso humor muda conforme o gênero de música que escutamos. Se você se sente ansioso, ouça um pouco de blues. Para uma explosão de energia, escolha rock. Reggae acalma a raiva, pop é ótimo para trabalhar, clássica te deixa mais calmo e músicas dançantes te deixam feliz. Tudo o que você precisa saber é o que está sentindo no momento e fazer a sua mágica.

  • Evite conversas negativas

Da próxima vez que estiver perto de alguém que estiver reclamando, fofocando ou chateado, preste atenção em como você se sente. Você vai se encontrar usando palavras como “pesado”, “irritado” e “no limite”. Estar perto de pessoas negativas pode afetar a sua pressão sanguínea e aumentar os seus níveis de estresse. Ninguém vale a sua saúde. Nem todas as conversas serão agradáveis, mas elas devem se encaminhar para alguma solução. Se você sentir que tudo está caminhando para a negatividade, mude o seu foco ou saia de onde estiver. Para o bem da sua mente, do seu corpo e do seu espírito.

  • Deixe a internet para mais tarde

Um dos benefícios dos smartphones é que você está sempre conectado. Esse também é um ponto negativo. Ser capaz de estar constantemente ligado nas notícias, nas fofocas das celebridades e no que as pessoas estão falando e fazendo nas redes sociais pode te sobrecarregar, te deixar negativo e sem energias. Alguém disse uma vez que as pessoas chegam os telefones toda hora numa média de seis minutos e meio. Isso não é bom. Estabeleça horários no dia para checar seus e-mails, Twitter e Instagram. No resto do dia, deixe o seu telefone no silencioso. Assim, você só será informado quando tiver alguma notificação e não ficará preso à toda aquela negatividade.

  • Faça algo de que goste depois do trabalho

Às vezes, não importa o que você fala, existem aqueles dias em que não vê a hora de chegar em casa. Mas, se você se esforçar para ver o lado bom das coisas em meio a esse sentimento pesado, se presenteie. Faça algo de que você goste. Pode ser ver um filme, dar uma parada na sua cafeteria preferida ou até mesmo se sentar na sua varanda com uma revista e ver o pôr do sol.

A vida é preciosa demais para vê-la como algo “ruim”. Quando estiver tendo um dia daqueles, tente ter um olhar diferente da situação. E tente se manter positivo o máximo que puder.


Texto escrito por Amanda Magliaro Prieto da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]