Saúde Integral

Dicas de alimentação para quem está com dengue

Mulher gripada deitada no sofá com papel em seu nariz
BigStock
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Febre alta, dores de cabeça, dores nas costas e nas articulações… Esses podem ser sinais de alguém que está com dengue. As campanhas contra a dengue estão surtindo efeito e felizmente as pessoas estão tomando os devidos cuidados para se prevenir contra o mosquito. Mas, se mesmo assim acontecer de você ou alguém que você conhece sentir os sintomas, corra para o médico para um diagnóstico o quanto antes. Se na pior das hipóteses a dengue se confirmar, encare o tratamento de forma positiva e tenha disciplina para tomar os remédios e tomar os devidos cuidados com a saúde. E, falando em disciplina, a disciplina com a alimentação também pode ajudar na recuperação de quem pegou a doença.

Em primeiro lugar, a hidratação deve ser constante. Por isso beber água durante todo o dia com frequência é algo essencial para a recuperação. A água de coco também pode ser uma boa opção. Os médicos também recomendam uma dieta rica em ferro durante o tratamento. Dessa forma procure incluir nas refeições hortaliças (principalmente as de folhas verde-escuras) como, por exemplo, brócolis e couve, e também outros alimentos ricos em ferro como tofu, feijão, lentilha cozida, ervilhas, damasco e figo secos.

Vegetais em uma bacia de madeira em cima da  mesa
123RF

Para ajudar na absorção do ferro, a vitamina C é outro item importante na alimentação. Frutas como laranja e abacaxi são ricas nessa vitamina. Seja comendo as frutas, ou na forma de sucos, procure se manter com essa vitamina em alta no seu organismo.

Agora em relação as restrições, a ASBRAN (Associação Brasileira de Nutrição) orienta que alguns alimentos devem ser evitados. Alimentos que tenham salicilatos devem ser restringidos como, por exemplo: ameixa, amora, batata, limão, maçã, nozes, pepino, pêssego, pimenta e tomate.

Você também pode gostar

Esse artigo tem como objetivo instruir sobre algumas dicas básicas de alimentação para quem pegou dengue, mas sempre recomendamos a consulta com um médico para ele acompanhar o estado de saúde e poder indicar outros cuidados básicos a serem feitos. Desejamos a todos que estão nessa situação que se recuperem bem e a você que lê esse artigo, cuide sempre bem da saúde!


  • Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]