Plant-Based Plantas Medicinais

Pimenta: conheça os vários benefícios desse alimento

A pimenta é um fruto; uma baga de tamanho e formato variados, comumente usada como condimento, e tem sabor picante ou ardido. As espécies da pimenta variam de acordo com o país em que se encontram; no Brasil, por exemplo, podemos encontrar os gêneros capsicum e piper. O gênero capsicum, além de abranger as pimentas picantes, inclui também as mais doces, como o pimentão, a pimenta-biquinho e a pimenta-de-cheiro, que geralmente são usadas em pratos e geleias; já o outro é usado como condimento.

Existem diversos tipos de pimenta de ambos os gêneros, e o consumo e benefícios delas variam de acordo com sua espécie e a forma como são consumidas. As pimentas mais consumidas no Brasil são a dedo-de-moça, a malagueta e a cumari. Entre os estados brasileiros, o que apresenta maior consumo de pimenta é a Bahia. Até a década de 90, o maior produtor de pimenta do mundo era o Brasil, tendo sido foi posteriormente ultrapassado por México, Índia e Tailândia, mas a pimenta continua sendo o terceiro tempero mais produzido no país.

A picância das pimentas é medida por uma escala própria, a Escala Scoville, que parte do pimentão, com ardência 0, e pode chegar até 300.000 habaneros, nas pimentas mais picantes.

A pimenta para a espiritualidade

A pimenta simboliza e significa diferentes coisas para cada pessoa; geralmente usada como símbolo de e energia, prosperidade e sorte, ela passou a ser mais que um simples tempero culinário, tornando-se uma espécie de amuleto contra energias negativas, espíritos ruins, inveja, mau olhado.

Acredita-se que os pés de pimentas, se plantados na porta das casas, protegem a residência e as pessoas que ali residem, além de trazerem prosperidade e protegerem energeticamente o ambiente. A forma de uso varia de acordo com as diferentes pessoas, indo desde a própria planta, a tatuagens, colares e pulseiras.

Benefícios da pimenta para a saúde

A pimenta é uma planta medicinal, e seu consumo pode oferecer inúmeros benefícios à saúde. Conheça agora algumas pimentas e seus usos.

Pimenta-do-reino

A pimenta-do-reino tem origem indiana e é uma das mais populares do mundo. Ela tem três variantes: a branca, a preta e a verde. Elas provêm de uma mesma planta, mas são colhidas em tempos diferentes e passam por tratamentos distintos.

Os benefícios mais conhecidos da pimenta-do-reino são o auxílio no sistema digestivo e a absorção dos nutrientes. Dessa forma, ela ajuda a evitar azia e prisão de ventre. Suas propriedades termogênicas naturais ajudam a acelerar o metabolismo e queimar calorias. Ela evita a retenção de água e tem ação antibacteriana, eliminando o excesso de fluidos e diversas bactérias encontradas no estômago.

Essa pimenta é muito usada para condimentar carnes, mas também pode ser utilizada em cozimentos, marinadas, sopas, saladas e suflês.

Pessoas com problemas gástricos, como gastrite ou úlcera, ou com doenças proctológicas, devem evitar o consumo desse tempero.

Pimenta-rosa

A pimenta-rosa promove saciedade, o que ajuda na redução da quantidade de alimentos ingeridos e favorece a perda de peso. Ela também é indicada para combater o envelhecimento precoce, o câncer, o diabetes e o Alzheimer.

A pimenta-rosa pode ser consumida juntamente com alimentos como carnes, queijos e até mesmo chocolates, ou pura, pois não apresenta ardência como a pimenta-do-reino, por exemplo.

Gestantes, lactantes, crianças, pessoas com pele sensível ou que têm problemas gastrointestinais não devem fazer uso da planta, pois ela pode causar contração uterina, efeito laxativo ou resultar em crises alérgicas.

Pimenta-de-cheiro

Muito utilizada no preparo do bobó de camarão, a pimenta-de-cheiro traz inúmeros benefícios à saúde humana. Ela contém grandes quantidades de nutrientes essenciais para saúde do corpo, sendo classificada como alimento funcional, o que significa que, além de seus nutrientes, tem componentes que promovem e preservam a saúde.

Entre seus benefícios, estão a redução do colesterol, bloqueio da ciclo-oxigenase-2, aumento da taxa de digestão, redução de gordura corporal, redução do envelhecimento precoce e aumento da imunidade, graças à presença da vitamina A e C.

A pimenta-de-cheiro pode ser usada em molhos quentes, sopas, pratos com carne ou alimentos grelhados.

Ela deve ser sempre consumida em quantidade moderada, pois pode causar problemas digestivos graves. Pessoas com problemas gástricos, como gastrite ou úlcera, ou doenças proctológicas devem evitar o consumo do tempero.

Pimenta jalapeño

A pimenta jalapeño é uma ótima aliada para quem deseja perder peso. Além disso, essa pimenta também aumenta a imunidade, tem ação antioxidante e contribui para o bom estado da saúde dos olhos e da pele. Ela também tem efeito anti-inflamatório e vasodilatador, o que promove uma fluidez sanguínea saudável, além de ser ótima fonte de minerais.

A jalapeño pode ser usada no preparo de temperos, molhos, acompanhando carnes, como em receitas de hambúrguer, e também no preparo de saladas.
Consumir muita pimenta pode causar irritação na boca, no estômago e no intestino, além de vômito e diarreia. Por isso, é recomendável o consumo em moderação, para não correr esse risco. Pessoas que sofrem com azia e refluxo gastroesofágico não devem consumir a pimenta jalapeño, sob o risco de piorarem sua condição.

Mitos e verdades sobre pimenta

A pimenta causa gastrite – mito. A pimenta, inclusive, já foi usada para combater os sintomas de doenças gastrointestinais. Mas, como qualquer alimento picante, não deve ser consumida em excesso.

Várias pimentas pequenas dentro de uma cesta sobre uma mesa
JillWellington / Pixabay

O leite tira a ardência causada pela pimenta – verdade. Por conter caseína, uma substância que corta o efeito de “queimação” na boca, o leite consegue cortar o efeito de ardência da pimenta. Se você ingerir uma pimenta muito forte, é recomendável tomar tome leite ou iogurte, ou procurar qualquer outro derivado do leite.

As pimentas são pobres em nutrientes – mito. Muitas pessoas dizem que as pimentas contêm poucos nutrientes, mas isso não procede. Elas são ótimas fontes de vitaminas A, B1, B2, B3, C e E.

Receitas com pimenta

Doce de pimenta

Feito com a pimenta-dedo-de-moça, esse doce pode ser um ótimo antioxidante! Conheça a seguir!

Receita "Doce de pimenta"

Ingredientes

500 g de pimenta-dedo-de-moça madura
750 g de açúcar
500 ml de água
5 g de cravo-da-índia
5 g de canela em pau

Modo de preparo

Retire as sementes das pimentas e escalde-as umas três vezes, para que elas percam seu ardor. Enquanto isso, faça a calda. 

Coloque a água e o açúcar no fogo. Quando ferver, acrescente o cravo e a canela. Deixe ferver um pouco mais e acrescente as pimentas escorridas. Cozinhe por 30 minutos e depois deixe esfriar. Guarde em um pote fechado.

Frango tandoori

Uma receita sul-asiática de frango que todo mundo vai amar!

Frango Tandoori receita indiana com especiarias
luna marina / Depositphotos
Receita "Frango tandoori"

Ingredientes

1¼ kg de frango desossado e cortado em pedaços
3 colheres (sopa) de suco de limão natural
1 colher (sopa) de sal
2 xícaras (chá) de iogurte natural
3 colheres (sopa) de cominho em pó
2 colheres (sopa) de semente de coentro em pó
1 punhado de coentro fresco picado
2 colheres (chá) de páprica
½ colher (chá) de cúrcuma em pó
1 colher (sopa) de sal
1 colher (chá) de pimenta-do-reino / pimenta-preta moída na hora
6 dentes de alho amassados

Modo de preparo

Faça pequenos cortes no frango para que ele absorva o tempero com mais eficiência. Então misture o suco de limão com o sal e passe no frango. Coloque o frango em uma travessa rasa.

Em um processador de alimentos, junte metade do iogurte (1 xícara), o cominho, o coentro fresco, as sementes de coentro em pó, a páprica, a cúrcuma, o sal, a pimenta e o alho e processe, até obter um molho. Transfira o molho para uma vasilha e adicione o iogurte restante. Jogue esse molho sobre o frango e deixe-o marinando na geladeira por no mínimo 8 horas.

Preaqueça a grelha ou churrasqueira em temperatura média. Retire o frango da marinada e descarte o molho. Deixe o frango na grelha por 30 a 45 minutos, virando-o com frequência para que não queime de um lado só. Os pedaços menores ficarão prontos primeiro. Sirva a seguir.

Mousse de chocolate com pimenta

Uma sobremesa diferente para impressionar a todos. Confira!

Mousse de chocolate escuro e delicado com pimenta
thepiwko / Depositphotos
Receita "Mousse de chocolate com pimenta"

Ingredientes do mousse

120 ml de leite
1 colher (sopa) cacau em pó
30 g de açúcar
2 gemas de ovo
Pedaços de chocolate meio amargo
120 ml de creme de leite fresco
Morangos
Açúcar de confeiteiro
Folhas de hortelã

Ingredientes da calda

120 ml de suco de cranberry
60 g de açúcar
1 pedaço pequeno de pimenta-malagueta
5 sementes de cardamomo
100 ml de suco de laranja

Modo de preparo

Coloque o leite com o cacau em uma panela para aquecer e mexa bastante até levantar uma leve fervura. Em um outro recipiente, coloque as duas gemas de ovo e acrescente uma pequena quantidade do chocolate quente; mexa-o e volte com essa mistura para a panela onde está a outra parte do chocolate quente. Misture o preparado até engrossar e ficar parecendo um creme Em seguida, inclua os pedaços de chocolate até derreterem por completo. Desligue o fogo e aguarde a mistura ficar totalmente fria.

Em outro recipiente, bata o creme de leite até que fique no ponto de chantilly. Depois misture o chocolate frio com o chantilly batido, coloque o mousse nas taças e leve-as para a geladeira por duas ou três horas.

Para a calda, coloque o suco de cranberry em uma panela junto com o açúcar e as sementes de cardamomo. Enquanto mistura, adicione o suco de laranja. Deixe o preparado ferver até reduzir pela metade, formando a calda. Para finalizar, coloque a calda e pedaços de morango sobre o mousse, salpicando com açúcar de confeiteiro e uma folha de hortelã.

Atum selado com pimenta e limão-siciliano

Uma opção leve para o seu jantar. Conheça agora.

Receita "Atum selado com pimenta e limão-siciliano"

Ingredientes

2 postas de atum fresco e cru
1/4 de xícara (chá) de azeite
Raspas de limão-siciliano
Pimenta-calabresa
Sal a gosto
Manjericão para decoração

Modo de preparo

Junte o azeite com as raspas de limão e a pimenta-calabresa e deixe o atum marinar nessa mistura por 30 minutos na geladeira. Ao retirar o atum, deixe-o descansar por 15 minutos em temperatura ambiente.

Esquente a frigideira e coloque as duas postas de atum para fritar por 30 segundos de cada lado. Retire do fogo, transfira as postas seladas para um prato e deixe descansar por cinco minutos antes de cortar em diagonal. Sirva o prato com folhas de manjericão

Trufas de chocolate com pimenta

Uma sobremesa afrodisíaca para você se deliciar!

Trufas de chocolate caseiras no prato com pimenta e pedaços de chocolate, fundo preto, vista superior, espaço de cópia.
Mizina / Depositphotos
Receita "Trufas de chocolate com pimenta"

Ingredientes

- 200 g de chocolate meio amargo
- 300 g de nata ou creme de leite fresco
- 1 colher (chá) de pimenta-caiena
- 1 colher (chá) de mel
- Cacau em pó

Modo de preparo

Em uma panela, misture a nata, a pimenta e o mel e deixe-os ferver em fogo baixo para fazer uma infusão. Enquanto isso, pique o chocolate e, quando a nata estiver bem quente, desligue o fogo e adicione o chocolate. Misture bem para que derreta. Coloque em um potinho e leve à geladeira por cerca de três horas para ficar bem firme. Espalhe o cacau em um prato e, nas mãos e com uma colher, pegue pequenas porções de chocolate e boleie as trufas. Depois é só rolar no cacau em pó, e está pronto.

Você também pode gostar:

A pimenta tem diversos benefícios para a saúde física e espiritual. Neste artigo, você conheceu os mitos e as verdades sobre a plantinha, além de algumas receitas e símbolos que ela carrega. Agora, você sabe como usar e abusar da pimenta, conhecendo todos os seus benefícios!

Conheça outras plantas medicinais

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br