Convivendo Saúde Integral

Dinacharya: rotinas diárias de cuidados da Ayurveda

ilustração das etapas de uma rotina, manhã, tarde e noite.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Tudo que uma pessoa faz todos os dias compõe a sua rotina. No entanto, não é preciso praticá-la de forma automática. A ideia do Dinacharya é que a rotina de cada pessoa seja praticada de forma consciente. A consciência sobre o corpo e a mente, sobre a energia vital (prana), sobre a saúde e sobre desequilíbrios orgânicos e energéticos.

Para tornar a rotina um exercício consciente, é preciso observar os momentos do dia e como eles interferem nos corpos das pessoas.
 Os doshas regem os períodos cíclicos de acúmulo (samachya), domínio (prakopa) e alívio (prashama), e cada um deles pode ser interpretado na sua rotina. De acordo com esse pensamento, duas recomendações são essenciais: levantar com o nascer do sol e agradecer por todos os seres, levando felicidade a eles.

No início do dia, das 6h às 10h, predomina a energia Kapha, que estimula o fogo digestivo de cada pessoa (agni). Para aproveitar esse momento, é recomendada a prática de exercícios físicos e a limpeza do corpo, realizada da seguinte forma: beba uma xícara de água morna com gotas de limão, em jejum, para estimular a digestão. Vá ao banheiro e faça tudo o que precisar (escovar os dentes, urinar, defecar, tomar banho). Pingue uma gota de óleo morno nas narinas, medite e tome café da manhã somente depois das 10h.

Homem despejando café em uma xícara enquanto uma mulher sorridente o observa.

O período das 10h às 14h é o ideal para se alimentar. Isso acontece porque nesse horário existe a conexão entre corpo e natureza, com o sol a pino e o fogo digestivo alto. Se você precisar de um estímulo para o apetite, beba um chá de gengibre ou mastigue alguns pedaços dele.

Depois de se alimentar, você pode descansar por apenas vinte minutos ou caminhar.

Das 14h até as 18h, a energia predominante é a vata, que age sobre a nossa área criativa e executiva. Por isso, o ideal é fazer as atividades do dia nesse período, quando haverá mais estímulo para movimento e agilidade. Passada essa parte do dia, a energia kapha voltará a ser acumulada.

Feitas as atividades, você deve praticar brevemente a pranayama. O período das 18h às 22h é o momento para nos recolhermos e diminuir a execução de atividades, assim como o Sol faz ao anoitecer. Por conta disso, o jantar deve ser servido até as 20h, priorize alimentos menos agressivos para o estômago, pensando que depois dessa refeição seu corpo não terá tanto estímulo para a digestão.

A desaceleração do ritmo do dia também é necessária no que diz respeito ao que vamos assistir. Filmes e programas que estimulam a mente por meio da violência podem ser agressivos ao corpo, estimulando a vata que deveria ser neutralizada nesse período do dia.

Mulher branca e jovem deitada em sofá assistindo tv.

Entre as 22h e as 2h, o ideal é estar dormindo para que a energia pitta acelere seu metabolismo de forma a estimular a produção de colágeno e, consequentemente, promova o rejuvenescimento e a limpeza da pele. Se essa energia não for aproveitada durante o sono, será direcionada para a alimentação, prejudicando o sistema digestivo carente de estímulo.

Antes do começo de um novo dia, das 2h às 6h, vata está predominante, consequentemente, pode ser mais difícil descansar a mente. Uma forma de tornar esse processo produtivo é por meio da meditação, assim é possível investir a energia da sua mente em uma realidade paralela.


Você também pode gostar de outros artigos do autor: Os sete corpos espirituais

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]