Astronomia Autoconhecimento

Eclipse Lunar Penumbral

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você sabia que o primeiro fenômeno lunar do ano de 2020 ocorreu no dia 10 de janeiro? O tão esperado eclipse lunar penumbral ocorreu por volta das 17h07min (horário de Brasília) e foi visível em grande parte da Europa, Ásia, África, Alasca, no oeste da Austrália e no Oceano Índico. Infelizmente não foi possível observá-lo com facilidade do Brasil, mas, antes de qualquer coisa, você sabe o que é um eclipse lunar penumbral? Se não sabe, vamos te contar!

O que é eclipse lunar penumbral?

De modo geral, o eclipse lunar penumbral tem a mesma aparência que uma Lua Cheia normal. Nesse fenômeno, a Lua permanece visível, porém com menos brilho e um pouco fumê. É como se houvesse uma penumbra na frente da Lua, e é isso que torna esse eclipse tão especial: você precisa olhar com atenção para notar as nuances.

Como ele acontece?

Esse eclipse ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua não estão inteiramente alinhados, porém estão posicionados nessa mesma ordem que descrevemos. A partir desse posicionamento, uma parte da luz solar não consegue chegar até a Lua, que está localizada em uma área intitulada como zona de penumbra. Falando diretamente, essa área é considerada como as bordas da sombra da Terra, porém uma sombra mais leve, mais fraca.

Nos casos dos eclipses total e parcial, grande parte ou a integralidade da Lua está na zona da sombra mais “forte” e escura da Terra, chamada também de zona de umbra. É importante falar que qualquer um dos eclipses lunares ocorre somente na fase da Lua Cheia, pois para que estes fenômenos ocorram, a Lua precisa estar localizada oposta ao Sol, atrás da Terra.

Imagem do eclipse lunar - lua cheia.
Imagem de adege por Pixabay

Eclipses penumbrais em 2020

No ano de 2020, ocorrerão quatro eclipses penumbrais. O primeiro ocorreu no dia 10 de janeiro, conforme já descrito antes, e, segundo os astrólogos, terá sido o mais perceptível e intenso de todos. Os próximos serão nos dias 5 de junho, 5 de julho e 30 de novembro – o primeiro será parcialmente visível do Brasil, e os dois últimos serão totalmente visíveis aos brasileiros.

O eclipse lunar penumbral que está previsto para o dia 5 de junho se iniciará às 17h45min, chegando ao ápice às 19h26min e findando-se às 21h04min. O previsto para o dia 5 de julho se iniciará às 00h07min, podendo chegar ao ápice à 1h30min e findando-se às 2h52min. Finalmente, o do dia 30 de novembro se iniciará às 05h32min, com o ápice às 07h43min e findando-se às 09h53min. Lembrando a todos que é o horário de Brasília.

É válido ressaltar que, no dia 19 de novembro, os brasileiros também poderão presenciar um eclipse parcial.

Veja as localidades mais propícias para observar os eclipses penumbrais deste ano e saiba em quais horários estarão visíveis do Brasil:

– 10 de janeiro – Europa, África, Ásia e Austrália – 17h07min no Brasil;
– 5 de junho – Europa, África, Ásia e Austrália – 16h26min no Brasil;
– 5 de julho – toda a América, África e Europa – 1h31min no Brasil;
– 30 de novembro – toda a América, África e Europa – 06h44min no Brasil.

Imagem do eclipse lunar - a lua está alaranjada.
Imagem de adege por Pixabay

Dicas para observar os eclipses penumbrais

Para conseguir contemplar de uma forma satisfatória o eclipse penumbral, é ideal que você escolha um lugar com poucas luzes artificiais. Tente encontrar um local perto de onde você mora, de onde possa ser possível observar claramente as estrelas. Com certeza esse lugar será uma ótima opção para visualizar o eclipse.

Por mais que esse fenômeno seja visível a olho nu, um telescópio ou um binóculo podem proporcionar uma melhor experiência a você.

Como os eclipses penumbrais afetam a vida humana?

Como você já sabe, eclipses ocorrem em fases de Lua Cheia, que, para o mundo espiritual, representam conflitos, tanto entre a razão e a emoção, como entre consciente e o subconsciente.

No período em que esse fenômeno ocorrer, é indicado que você reflita e tente ter uma consciência clara sobre tudo que acontece ao seu redor. Algumas relações, como familiares ou entre casais, podem chegar a um extremo nesse momento. Para lidar bem com qualquer acontecimento, tente observar inteiramente tudo que está acontecendo.

Imagem do eclipse lunar. A lua está bem grande e alaranjada.
Imagem de Kerry Barbour por Pixabay
Você também pode gostar

Não estranhe se nessa fase você perceber que os seus sentimentos estão mais evidentes ou latentes. Tire um tempinho para você e reflita com tranquilidade sobre a sua vida. Eclipses penumbrais podem trazer à tona alguns incômodos que você costuma deixar de lado, então tente resolvê-los e aproveite a energia da Lua nessa fase.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]