Energia em Equilíbrio

Frequência 440 Hz: o que é?

shutterstock_296303579
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Todo mundo é apaixonado por uma boa música e não a dispensa na hora de dar aquela corridinha do dia e até mesmo no trabalho. Você deve ter vários exemplos ao seu redor, não é mesmo? Só de sair na rua, é possível observar que a maioria das pessoas possui MP3 players, celulares, Ipods, e outros acessórios musicais. Mas você entende alguma coisa sobre frequência 440 Hz? Sabe o que isso significa?

Pois bem, no mundo todo, desde o ano de 1953, quando a International Standards Organization, também chamada pela sigla ISO, tornou esse padrão uma regra, a grande maioria das músicas passou a ser afinada na frequência de 440 Hz, bem como a maioria dos instrumentos musicais que utilizamos em composições. Isso significa dizer que os 440 Hz correspondem ao número de vibrações a cada segundo. Mas sabemos que essa situação nem sempre foi assim.

Há rumores de que foi o ministro nazista da propaganda, Joseph Goebbels, o responsável por mudar o padrão da frequência até então utilizada (432 Hz) para a atual. O objetivo dele era que todas as pessoas sentissem e pensassem profundamente. Esse tipo de vibração é capaz de causar efeitos extremamente prejudiciais à nossa saúde, bem como gerar em nossa consciência uma espécie de comportamento considerado antissocial.

Há um tipo alternativo de afinação, utilizada antigamente, que de acordo com estudiosos é parecida com a do universo, considerada ainda muito harmônica e perfeita. É a frequência 432 Hz, também chamada como Lá de Verdi, que se vale da fórmula de Pitágoras. Essa vibração sim reproduz de modo natural a música, se encontra em sintonia com as batidas do nosso coração e estimula no nosso cérebro a produção de serotonina, substância que ajuda a regular o humor, o sono, o apetite e ainda auxilia na cura da enxaqueca. Não é à toa que esta é a mesma afinação e vibração que é utilizada nos melhores violinos do mundo, os Stradivarius. Podemos dizer que as músicas compostas nessa frequência possuem poderes benéficos.

As vibrações e a frequência sonora possuem importantes poderes capazes de afetar a nossa existência, a sociedade como um todo, a nossa saúde e o mundo. Além disso, estudos comprovam que elas são teclas mestras no quesito criação da vida na Terra, bem como de tudo que é considerado matéria.

Existem alguns conversores disponíveis na internet para download, que prometem reverter as músicas encontradas na frequência 440 Hz para a de 432 Hz.


  • Escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]