Maternidade Consciente Saúde Integral

Gestantes que convivem com animais têm benefícios

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Todos sabem que a gestação é um momento marcante na vida da mulher. São muitas emoções e inclusive cuidados. E, quando se fala em cuidados, logo vêm à tona muitos. E o que anos atrás parecia ser algo não muito positivo, hoje, por meio de pesquisas, é possível dizer que não é mais: grávida e animal domésticos.

Anos atrás, bastava a mulher estar grávida para ter todos os cuidados envolvendo animais. Algumas inclusive chegavam a se desfazer dos animais. Triste. Mas hoje essa realidade não existe mais e muito pelo contrário. Pesquisas vêm mostrando os benefícios que as gestantes podem ter ao conviver com animais! Isso realmente é tudo de bom!

Estudos comprovam

Foi o que mostrou um estudo da USP (Universidade de São Paulo), do Departamento de Psicologia Experimental. Após vários estudos, chegaram à conclusão de que a convivência com animais domésticos durante a gravidez e a infância do bebê faz bem para a saúde física e psicológica dos seres humanos.

Benefícios

  • Menos estresse;
  • Menos alergia;
  • Apoio social e emocional;
  • Gestantes mais saudáveis;
  • Aumento da sensação de bem-estar;
  • Sensação de ter um companheiro sempre por perto e não se sentir sozinha.

 

Animais e gestantes sim

É uma delícia ter um animal de estimação por perto quando se está grávida. Este é um período de muita emoção e poder compartilhar a emoção com alguém que está do lado é muito bom e não importa se são amigos ou familiares, os animais também valem e podem deixar este período mais agradável.

Em relação aos animais, médicos afirmam que é bem comum as gestantes logo no início da gravidez perguntar se é possível conviver com o seu animal de estimação. A grande maioria diz que sim. Claro que, quando o bebê chegar, é preciso ter mais cautela e você vai acabar dando mais atenção ao bebê e o seu animal vai sentir isso. Mas não é preciso se distanciar totalmente. A adaptação entre ele o bebê também vai acontecer aos poucos e naturalmente. É bom ir conversando com seu animal de estimação sobre isso enquanto você está grávida.

Eu quero adotar um agora

Se você está grávida e não tem nenhum animal de estimação, mas se empolgou com os benefícios que eles trazem para a nossa saúde, talvez seja o momento de esperar seu bebê ter pelo menos um ano de idade.

Qualquer animal de estimação exige uma adaptação e para isso é necessário fôlego e disposição. E talvez este não seja o melhor momento, pois a grávida já vive muitas transformações em seu corpo físico e também em sua mente. Tenha calma nesta hora e espere mais um pouco. E quem sabe você possa curtir mais a companhia de animais de estimação de amigos e familiares?


Escrito por Angélica Fabiane Weise da equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]