Relacionamentos

Hoovering no Relacionamento: Quando o Passado Volta para Assombrar

Você já viveu um relacionamento com uma pessoa que te fazia mal? Se conseguiu se libertar do ciclo de violência, provavelmente você quer distância de quem te prejudicou. Entretanto, aquele indivíduo parece estar te rondando o tempo todo, querendo saber da sua vida e fazendo falsas promessas. Entenda o hoovering no relacionamento e por que essa prática é manipuladora.

Quem já passou por um relacionamento tóxico ou abusivo sabe que a recuperação nem sempre é um caminho linear. Um fenômeno que muitas pessoas enfrentam nesse processo é o “hoovering,” uma tática manipulativa que alguns ex-parceiros utilizam para tentar recuperar o controle ou reacender o relacionamento, mesmo após o término.

Neste artigo, vamos explorar o que é o hoovering, como identificá-lo e como se proteger dessa armadilha emocional.

O que é Hoovering?

Hoovering é um termo que se originou na comunidade de sobreviventes de relacionamentos narcisistas. Ele é chamado assim em referência à marca de aspiradores de pó Hoover, conhecidos por sugarem tudo ao redor. Da mesma forma, o hoovering é uma tentativa do ex-parceiro de sugar a vítima de volta para o relacionamento anterior, muitas vezes usando táticas manipulativas e emocionais.

Sinais de Hoovering

Homem segurando umas linhas
Africa images no Canva

Identificar o hoovering é o primeiro passo para se proteger. Aqui estão alguns sinais comuns dessa tática:

Contato repetido: o ex-parceiro entra em contato de forma persistente, mesmo após o término, por meio de mensagens, e-mails, ligações, ou aparecendo pessoalmente sem aviso prévio.

Promessas vazias: eles fazem promessas de mudança, juram que tudo será diferente e que estão dispostos a fazer qualquer coisa para reconquistar a vítima.

Manipulação emocional: usam táticas de manipulação emocional, como culpar a vítima pelo término, fazer-se de vítima ou apelar para o sentimentalismo.

Chantagem: tentam chantagear a vítima emocionalmente, ameaçando contar segredos ou fazer algo prejudicial a ela.

Interrupção da recuperação: o hoovering, muitas vezes, ocorre quando a vítima está tentando seguir em frente com sua vida, causando confusão e dor.

Como se Proteger do Hoovering

Proteger-se do hoovering requer firmeza e autocompaixão. Aqui estão algumas dicas:

Estabeleça limites claros: comunique ao ex-parceiro que você não deseja mais contato e defina limites rígidos.

Mantenha o contato mínimo: evite responder a mensagens ou ligações, a menos que seja estritamente necessário, como questões legais.

Crie um círculo de apoio: compartilhe sua situação com amigos e familiares em quem confia para que possam oferecer apoio emocional.

Considere a terapia: ela pode ser extremamente útil para processar as emoções, recuperar a autoestima e aprender a lidar com o hoovering de maneira saudável.

Documente tudo: se o hoovering se tornar abusivo ou ameaçador, mantenha registros de todas as interações, mensagens ou evidências relevantes.

Você também pode gostar:

O hoovering é uma tática manipulativa que pode ser extremamente prejudicial para a saúde mental e emocional de uma pessoa. É importante lembrar que você tem o direito de seguir em frente e construir uma vida saudável e feliz, livre de abusos passados. Ao reconhecer os sinais do hoovering e adotar medidas para se proteger, você pode trilhar o caminho em direção a um futuro mais brilhante e mais gratificante. Buscar apoio emocional e, se necessário, ajuda profissional, pode ser fundamental nesse processo de recuperação e cura.

Sobre o autor

Carla Marçal

De uma carreira de destaque em grandes corporações à busca incansável por um propósito mais profundo, minha jornada de vida tem sido uma busca constante por significado e realização. Como psicóloga integrativa de formação, alcancei o sucesso profissional em níveis diretivos, acumulando todas as conquistas tradicionalmente associadas à felicidade.

No entanto, sempre senti que faltava algo, uma lacuna na minha busca pela plenitude. Paralelamente à minha carreira, mergulhei nos estudos do comportamento humano, obtendo formação como psicodramatista e aprofundando meu conhecimento em coaching, PNL, antroposofia e outras técnicas. Meu objetivo era claro: auxiliar indivíduos e organizações a prosperarem em processos de mudança, humanização e desenvolvimento pessoal e profissional. Mas ainda assim, algo essencial parecia escapar.

Em 2017, um diagnóstico de câncer de tireoide transformou minha vida de maneira profunda. Optei por um período sabático que se revelou um mergulho profundo em busca do meu verdadeiro propósito. Devorei livros, concluí cursos com diversos mentores e explorei todas as ferramentas disponíveis para desvendar meu destino. Foi nessa jornada de autoconhecimento que encontrei o ThetaHealing®, e minha vida deu um giro transcendental.

De cliente, me tornei terapeuta e instrutora oficial dessa incrível técnica. Além disso, obtive a certificação como operadora de mesa quântica estelar e mesa quântica estelar-pets, além de me tornar professora de MQE. Hoje, sou movida por uma paixão ardente pelo que faço, e vivo plenamente de acordo com meu verdadeiro propósito: espalhar luz, boas vibrações, alegria e energias positivas para ajudar pessoas e o planeta a desfrutar de uma vida plena e feliz.

Minha maior realização é auxiliar pessoas e animais a alcançarem a saúde mental, emocional e física que merecem. A transformação de vidas é a essência do meu trabalho, e estou dedicada a disseminar cura, amor e crescimento, proporcionando uma jornada de descoberta e renovação para todos aqueles que cruzam o meu caminho. Acredito que todos podem alcançar um estado de harmonia, e é isso que me impulsiona a continuar, cada dia, nessa incrível jornada de cura e evolução.

Site: linktr.ee/carlamarcal_
Facebook: carlamarcalpsicoterapeuta
Instagram: @carlamarcal_
Twitter: @carlamarcal
Youtube: Carla Marçal
Youtube: Carla Marçal
E-mail: carlamarcal.psi@gmail.com