Comportamento

Inteligência Financeira, uma visão sistêmica

Pessoa depositando moedas em um cofre de porquinho sobre uma mesa de madeira.
irikorn Thamniyom / 123RF
Malu Brandão Moura
Escrito por Malu Brandão Moura

Inteligência financeira é o uso eficiente dos recursos financeiros, levando em consideração três aspectos: planejamento, valor e propósito.

Planejamento financeiro diz respeito efetivamente à lógica e ao entendimento prático, saber lidar com o dinheiro: basicamente organizar receitas e despesas, fazer o orçamento familiar, gerenciar as dívidas e ter reserva de emergência.

O valor e o propósito fazem parte de uma visão sistêmica que extrapola o conceito físico operacional do dinheiro e passa para o processo de enxergá-lo como um meio e, principalmente, aceitando a energia que ele carrega e, assim, trabalhando os conceitos de abundância e prosperidade. Não abordarei estes últimos neste post, mas é importante a compreensão dessa forte ligação.

Pessoa organizando suas finanças, contando seu dinheiro ao lado de  uma agenda.
Karolina Grabowska / Pexels

Valor aqui não se trata do aspecto monetário, mas sim da consciência e aceitação da riqueza, que vai muito além de ter dinheiro, ou seja, o nível de valorização das coisas, pessoas e situações. Então estou me referindo aos investimentos intangíveis da vida, como carreira, estudo, lazer… Que geram satisfação, cuidado físico/mental e crescimento pessoal, que ratifiquem o seu próprio VALOR. Aqui constata-se a importância do uso eficiente dos recursos e, junto com isso, do tempo.

Você também pode gostar

Propósito: Aproveitando a breve citação sobre a importância do tempo e impulsionando-o a entender o que você tem feito com o seu, principalmente utilizando esta ferramenta poderosa energeticamente (o DINHEIRO), é imprescindível utilizá-lo (o TEMPO), escolhendo aquilo que faça sentido para a sua vida, o seu PROPÓSITO, ou seja, aquilo que o motiva, que o move, que o direciona a algo maior que transcenda o material. Digo-lhe, isso não é romantizar o dinheiro, mas sim utilizá-lo de forma eficiente, dando o devido valor às “pontas”: VOCÊ e sua VIDA.

Devido valor significa muito mais que ganhar dinheiro e comprar coisas. Perceba: você não pode controlar nem a vida nem o tempo com dinheiro, ou seja, nem tudo está à venda, muito menos a sua felicidade.

Apenas reflita🙏

Sobre o autor

Malu Brandão Moura

Malu Brandão Moura

Administradora (UFBA) e contadora (Uneb), especialista em finanças, sempre atuei na área financeira/controladoria (desde 2006), perpassando por empresas de portes diversos, em sua maioria multinacionais, atuando como gerente nas duas últimas experiências do mundo corporativo, o que me deu toda a bagagem necessária para a atuação atual como mentora financeira. Durante todo esse tempo, sendo espírita praticante, palestrante e estudiosa das questões imateriais, apaixonei-me pelo universo espiritualista e busquei o autoconhecimento como aprimoramento pessoal e ferramenta para melhorar minhas relações interpessoais, exercendo a empatia e, consequentemente, a vontade de ajudar o próximo a desvendar seus processos existenciais. Debrucei-me, então, na transpessoalidade desde a vertente holística até a prática terapêutica, buscando compartilhar ferramentas aprendidas na formação em terapia transpessoal sistêmica (Núcleo Jordan Campos/Unibahia) e, assim, desbravar o universo transpessoal do indivíduo. Hoje, pós-graduanda em neurociências e comportamento, estudiosa e praticante da ayurveda, especialista em constelações familiares, sistêmicas e organizacionais, atuo com terapia regressiva, PNL, thetahealing, tarô terapêutico, terapia energética (reikiana nível III nas linhas usui e tibetano), floralterapia, mandalaterapia, aromaterapia e iridologia comportamental & clínica, buscando o meu desenvolvimento como profissional com o objetivo de transformar a vida de outras pessoas, direcionando-as a uma existência mais leve e feliz.

Contatos

Email: [email protected]
Instagram: @malubrandao.terapia
Instagram: @malubrandao.terapia
Site: malubmoura2.wixsite.com/website