Convivendo

Muito prazer: eu mesmo (Parte 1)

66748843 - young pretty hipster girl having fun in the city
Que tal discutir a relação? Como você tem vivido em sua companhia e como tem tratado a si mesmo? Com a mesma ternura que trata uma criança ou implacavelmente duro, como se fosse um terrível desafio estar a sós consigo mesmo?

Estimados, muitas vezes nos olhamos no espelho e somente temos tempo para um retoque na imagem. Nos vestimos de maneira prática e rápida sem termos em conta de que a roupa bonita, cara e de última moda não revela quem a veste. Não revela a dor de não ser compreendido, o desejo pulsante de ser amado e admirado e aquela angústia de não ter com quem contar. Esta é a dor que sente a imagem refletida no espelho, no retrovisor do carro ou na sombra da calcada. Vamos virar o jogo?

Conhecer a nós mesmos é uma tarefa árdua e que implica tempo e paciência; fácil seria viver ao sabor das conveniências e deixar-se levar; mas aí reside todo o potencial da grande decisão de conhecer a si mesmo: a decisão de transitar por caminhos jamais vistos e recriar a novidade em nossas vidas.

Projeto “Oi, tem alguém aí?”

Ah! Tem sim, senhor. E esse alguém é lindo e charmoso que só! Aproxime-se dele e inicie uma conversa inocente do tipo: “Hoje é um dia agradável para você?”, “o que posso fazer por você?”, “você tem sonhos? quais?”

Tenha tempo para você. Sempre. Perceba as sensações que o invadem, sejam positivas ou negativas; se algo frustrá-lo, tente perceber o porquê; perceba a novidade e esteja sempre aberto a novos ventos. Tome as rédeas de sua vida, pouco a pouco. Uma das maneiras de fazê-lo é sendo o que verdadeiramente se é.

Dica: inicie um diário, escreva sempre que sentir vontade de falar com alguém. Dê nome aos sentimentos, explique a si mesmo como se sente.

Nos próximos encontros, continuaremos com o projeto. Conto com você. Hasta!

Sobre o autor

Claudia Jana Sinibaldi Bento

Claudia Jana Sinibaldi Bento

Olá, sou a Claudia Jana Sinibaldi Bento, metade brasileira, sendo a outra metade encontrada na Espanha… rs... e aqui compartilho o que aprendi ao longo desta trajetória, seja estudando, traduzindo, escrevendo, lendo ou conversando… ah, melhor ainda: conhecendo pessoas que me acrescentaram o que carrego como sendo meu tesouro mais precioso: conhecimento. São anos aqui e ali, onde me chamam ou aonde eu simplesmente vou, para aprender, ajudar, sentir… e assim sigo esta estrada rumo ao autoconhecimento, evolução e simplicidade! Vem comigo aprender! Ah, também quero aprender com você!

Email: [email protected]