Comportamento Convivendo

Natal e Ano Novo: celebre estes momentos sem frustrações

Imagem de uma mesa decorada com vários itens para celebrar o natal e o ano novo. Entre eles, descatam-se: uma caixa de presentes na cor vermelha, laçcos de fita com flores vermelhras, bolas de natal e duas taças de champanhe.
Dmitriy Melnikov / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quais são as primeiras imagens que vem à sua mente quando você pensa no Natal? A família reunida, a troca de presentes, a casa decorada e uma ceia saborosa? E quando você pensa no Ano-Novo? A queima de fogos, a contagem regressiva, as sete ondas da praia e um brinde cheio de positividade?

Essas são as imagens mais comuns desse período de festas e de celebração de um novo ciclo que se inicia. São nessas datas que nos reunimos com quem mais amamos, que fazemos desejos para o próximo ano e que agradecemos por tudo que já passou e que foi superado.

Infelizmente, com a pandemia da Covid-19, o Natal e o Ano-Novo de 2020 serão diferentes. Não poderemos juntar muitas pessoas no mesmo ambiente, não poderemos comprar presentes sem utilizar máscaras no rosto e não poderemos viajar para um lugar especial. O clima de pessimismo e de desesperança tem consumido a rotina de todos, mas isso não significa que não há um lugar para a festa.

Muitas famílias perderam entes e amigos queridos. A pandemia é implacável e passamos todos os dias nos preocupando com número de casos, número de mortes e o andamento das vacinas para o vírus. Apesar disso tudo, precisamos manter a esperança de que tempos melhores virão e que seremos pessoas renovadas ao final de todas essas dificuldades que estamos enfrentando.

Imagem de uma linda e feliz mulher em uma rua iluminada para celebrar a chegada do natal. Ela usa um casaco de frio na cor bege, um cachecol nas cores branco e vermelho e também luvas vermelhas.
Jill Wellington / Pixabay

Motive-se a celebrar o Natal

A primeira festa que chegará no final do ano é o Natal. Mesmo que esse momento seja muito familiar e a vontade de reunir a família seja grande, respeite as regras de isolamento social, para o bem de todos. Talvez você acredite que é impossível celebrar o Natal a distância porque nunca precisou fazer isso, mas vamos avaliar um pouco melhor essa situação.

Com a tecnologia, temos à nossa disposição uma série de ferramentas que nos permitem fazer uma videochamada, sem afetar a conta de telefone, por exemplo. Se as festas dessa época já aconteciam na sua casa, você sempre se arrumou para ficar na sala de estar, no máximo para ir até a cozinha. E as decorações que acrescentamos nas nossas casas nunca são postas somente no dia de Natal, mas muito antes de data.

Observando apenas esses aspectos da celebração natalina, já conseguimos identificar que ficar em casa durante essa festa é uma possibilidade bastante palpável. Você ainda pode vestir uma roupa diferente, enfeitar a sua casa e encontrar as pessoas que ama, mas fará isso mantendo a proteção e a segurança de todos.

Imagem de um lindo e delicioso bolo de natal, coberto com glacê, decorado com cerejas e ramos verdes. O bolo está disposto sobre uma mesa de madeira, decorada com bolas vermelhas de natal.
Vitalii Shastun / 123RF

Em relação aos presentes, existem duas opções: esperar a pandemia passar para entregar o que você planejou para a data ou recorrer a um sistema de entregas especializado. Caso o presente seja proveniente de uma compra on-line, coloque o endereço da pessoa presenteada em vez de anotar o seu. Assim, a surpresa chegará nas mãos dela mesmo que vocês não se encontrem fisicamente.

Se o presente que você planejou já está na sua casa, você pode usar um aplicativo de entregas para transportá-lo até a pessoa que será presenteada, ou ainda pode ir de carro até o local e entregar o presente rapidamente, higienizando as mãos depois e mantendo a máscara no rosto. Viu só? Até para isso existe uma solução!

Caso a sua parte preferida do Natal seja a ceia, não abra mão dessa tradição. Você pode aproveitar esse ano atípico para testar uma receita que sempre quis fazer, ou pode até pedir para algum restaurante entregar um alimento quentinho e refinado na sua casa, sem ter trabalho. Essa é a chance de ousar no cardápio, com a certeza de que nenhuma pessoa irá recriminar suas escolhas. Cuidado para não exagerar nas quantidades de comida, já que agora você estará em uma quantidade menor de pessoas!

Já pensou sobre tudo isso e ainda não recuperou a animação necessária para essa festa? Talvez você precise de um pouco mais de afeto e de memórias positivas nessa época. Se você tem o hábito de fazer um amigo-secreto natalino, mantenha a tradição! Use um site para fazer um sorteio on-line e defina que o presente de todos deve ser uma carta amorosa e feliz. As palavras podem significar muito em um momento no qual os abraços são proibidos.

Imagem de uma mulher deitada sobre um tapete. Ela usa roupas brancas e está segurando um pisca pisca em suas mãos. Ela está aguardando a chegada do ano novo para celebrar.
Юрий Урбан / Pixabay

Encha-se de esperança no Ano-Novo

O Ano-Novo é uma festa famosa por marcar um período de renovação e de esperança. É quando podemos fazer nossos desejos mais verdadeiros, quando definimos metas e quando temos o direito de sonhar alto. Não podemos perder essa capacidade no momento em que mais precisamos de amor e de fé!

Ainda que você não possa passar o Ano-Novo na praia, em um sítio, com muitos amigos ou com muitos familiares, mantenha a festa na sua casa. Faça uma chamada de vídeo com quem você mais ama e mostre que você está ao lado dessas pessoas especiais, mesmo que seja a partir de uma tela de computador.

Para esse encontro virtual, você pode se arrumar, decorar sua casa e estimular as melhores energias. Use incensos e aromatizadores de ar para trazer calma, amor e equilíbrio ao seu lar. Permita-se relaxar um pouco de todos os problemas e aproveitar a positividade que a virada do ano sempre traz.

E não seria um Ano-Novo se você não escolhesse a cor de roupa que vai usar na data, não é? Pense sobre o que você mais precisa para o próximo ano e identifique os tons que têm a capacidade de estimular isso na sua vida. Assim, você terá um ânimo a mais para se arrumar e uma forma de fortalecer aquilo que você mais deseja.

Imagem de uma mesa decorada com bolas e serpentinas na cor prata para celebrar a chegada do ano novo. Sobre a mesa, duas lindas taças de champanhe.
Romolo Tavani / 123RF

Os shows de Ano-Novo também são uma ótima maneira de se distrair quando estamos distantes fisicamente de quem mais amamos. Escolha um festival que você gostou de assistir ou do qual sente saudades e o assista novamente. Cante, dance, mantenha os pés descalços e mergulhe em um universo de boas vibrações.

Para a ceia, você pode preparar um cardápio com comidas que trazem sorte, como romã, castanhas e uvas. Ou então faça aquela refeição cheia de besteiras com a qual você vem sonhando há tanto tempo. Não tem problema variar o cardápio tradicional em 2020, porque tudo é diferente nesse ano.

Complete essa onda de boas energias com uma árvore de desejos ou com a plantação de alguma planta que você goste. Na terra, acrescente papéis com as suas metas ou com tudo que você quer atrair para o próximo ano. Mentalize somente as coisas boas e se liberte de toda a negatividade que está te cercando. Você vai se sentir melhor!

Você também pode gostar

O Natal e o Ano-Novo de 2020 serão momentos atípicos no mundo inteiro. Devemos respeitar o isolamento social e as medidas de higiene para preservar a saúde de quem mais amamos, mas não precisamos abrir mão das celebrações pelas quais tanto esperamos. Reduza um pouco a magnitude dos eventos, mas mantenha a positividade, os bons sentimentos e as melhores energias para compartilhar amor, afeto e esperança. Tire um tempo para ser feliz!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]