Convivendo

Nono Pergaminho – Eu agirei agora

Mulher pintando nuvens no céu.
Euclydes Zanon Filho


(Nono texto baseado no 9º pergaminho do livro: O maior vendedor do mundo de OG MANDINO)

Eu agirei agora, pois nada tem valor se não for seguido pela ação.

Eu agirei agora, pois, se não houver ação pela ação, os meus sonhos serão insignificantes e os meus planos e objetivos serão impossíveis.

Eu agirei agora, pois somente a ação transforma meus sonhos, planos e objetivos em algo real. A ação nutrirá o meu êxito.

Eu agirei agora e a minha procrastinação que me atrasa deixará de existir.

Eu agirei agora sem sentir medo, pois a sabedoria me permite entender que para vencer o medo devo sempre agir sem hesitação. E, assim, as hesitações do meu coração desaparecerão, pois sou corajoso.

Mulher pulando em um lago.

Eu agirei agora e de hoje em diante relembrarei a lição do vaga-lume que acende sua luz apenas quando voa, apenas quando está em ação. Tornar-me-ei um vaga-lume e, mesmo durante o dia, o meu fulgor será visto, apesar do sol. Que os outros sejam como borboletas que alisam suas asas, mas dependem da caridade de uma flor para viver. Serei como o vaga-lume e minha luz iluminará o mundo.

Eu agirei agora e não procrastinarei nenhuma das tarefas de hoje. Não as deixarei para amanhã, pois sei que o amanhã jamais chega.

Eu agirei agora, mesmo que minhas ações possam não trazer felicidade ou êxito, pois é melhor agir e fracassa do que não agir e atrapalhar-me.

A felicidade, em verdade, pode não ser o fruto colhido pela minha ação, mas sem ação todo fruto morrerá na vinha.

Eu agirei agora. Eu agirei agora. Eu agirei agora.

Silhueta de um menino pulando.

Sim, de hoje em diante, repetirei essas palavras sempre e sempre, a cada hora, a cada dia, até que elas se tornem um hábito como a respiração e as ações que se seguirem tornem-se tão instintivas como o piscar dos meus olhos.

Eu agirei agora e, com essas palavras, posso condicionar minha mente a executar tudo que seja necessário ao meu êxito. Com essas palavras eu posso condicioná-la a enfrentar todos os desafios que o fracasso evita.

Eu agirei agora e repetirei essas palavras sempre e sempre. Ao acordar eu as pronunciarei e pularei da cama, enquanto o fracasso dorme uma hora a mais.

Eu agirei agora e, ao entrar onde quer que seja, as repetirei e, imediatamente, confrontarei a primeira possibilidade, enquanto o fracasso ponderará ainda uma possibilidade de malogro.

Eu agirei agora e, mesmo ao defrontar com uma porta fechada, apenas pronunciarei e baterei, enquanto o fracasso esperará lá fora com medo e agitação. Ao me defrontar com a tentação, eu as pronunciarei e agirei imediatamente para afastar-me da maldade.

Eu agirei agora e, ao ser tentado a desistir e recomeçar amanhã, as pronunciarei e, imediatamente, agirei para consumar o que me propus.

Eu agirei agora, pois apenas a ação determina o meu valor. E, para multiplicar o meu valor, multiplicarei as minhas ações. Andarei por onde o fracasso teme andar. Trabalharei enquanto o fracasso procura descanso. Conversarei enquanto o fracasso permanece calado.

Olhos de uma moça loira olhando para o horizonte.

Eu agirei agora, vislumbrarei e direi que está tudo consumado antes que o fracasso diga que é tarde demais.

Eu agirei agora, pois o agora é tudo o que eu tenho. O amanhã é o dia reservado para o trabalho do preguiçoso. Eu não sou preguiçoso. O amanhã é o dia em que o mau se torna bom. Eu não sou mau. O amanhã é o dia em que o fraco se torna forte. Eu não sou fraco. O amanhã é o dia em que o fracasso terá êxito. Eu não sou um fracasso.

Eu agirei agora e sinto fome de êxito. Sinto sede de felicidade e paz de espírito. Agirei agora para não correr perigo numa vida de fracasso, de miséria e de noites mal dormidas. Eu ordenarei e obedecerei apenas às minhas próprias ordens.

Eu agirei agora. O êxito não esperará. Se eu retardo, ele se compromete com outro e eu o perco para sempre. Esta é a hora. Este é o lugar. Eu sou o homem. Eu agirei agora.

Eu agirei agora, pois tem poder quem age.

Gratidão! Namastê! Namo Amituofo!


Você também pode gostar de outro artigo desse autor. Acesse: Oitavo Pergaminho – Hoje eu multiplicarei meu valor

Sobre o autor

Euclydes Zanon Filho

Euclydes Zanon Filho

Eu sou Euclydes Zanon Filho, formado no curso superior em Gestão de Serviços. Participo de treinamentos de desenvolvimento pessoal e comportamentos. E escrever é uma forma de dividir a luz interior, o meu resgate é contínuo, o meu despertar é diário, e é incrível!

Contatos:
https://www.facebook.com/DespertarRenovarSeguir
Contato: (11) 99394-0100
E-mail: [email protected]