Espiritualidade

O acaso não existe, a sincronicidade sim

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Já aconteceu com todo mundo! Sabe quando você está pensando numa pessoa, pois precisa tirar uma dúvida com ela ou simplesmente conversar sobre determinado assunto, e aí essa pessoa liga para você ou te manda uma mensagem?

E quando você está lendo um livro ou até mesmo vendo um noticiário e pensa ao se deparar com aquela frase ou aquela notícia: “Parece que essas palavras foram para mim. Eu precisava ler isso”. Engraçado, não é? Na hora, pensamos ser algo do destino ou simplesmente um mero acaso, uma mera coincidência. Na verdade, o que aconteceu foi que a sincronicidade foi ativada naquele momento na sua vida.

O que é sincronicidade?

O termo sincronicidade foi nomeado pelo psicólogo Carl C. Jung e significa uma “simultaneidade de dois acontecimentos interiores e exteriores, de um modo que não é possível explicar, mas que tem certo sentido para a pessoa que observa”.

Tal ideia foi desenvolvida através de conversas com Albert Einstein quando ele estava desenvolvendo a Teoria da Relatividade, ainda no início dela. Einstein levou essa ideia adiante, mas para o campo da linguagem física. Já Jung trabalhou na na linguagem psíquica.

Ele chegou à conclusão de que há uma conexão entre o indivíduo e o ambiente a seu redor em nível íntimo e único, o qual, em determinados momentos, exerce uma atração que acaba criando circunstâncias coincidentes. Isso agrega um valor específico para as pessoas que as vivem, com significado simbólico até. São esses tipos de eventos que costumamos chamar de casualidade, sorte ou até mesmo destino, segundo nossas crenças e perspectivas.

Essa experiência que vivemos baseados na sincronicidade normalmente acontece quando menos esperamos, num momento em que jamais imaginávamos que tal evento aconteceria. É uma verdadeira surpresa agradável. Tal evento gera efeitos em nossa vida podendo mudar até nosso destino.

Como ativar a sincronicidade em minha vida?

Jung defende que a sincronicidade pode acontecer em qualquer momento de nossa vida e em maior quantidade até. Está intrínseca nas músicas, em encontros inusitados com pessoas e até em anúncios publicitários. Para percebê-la, é preciso estar sempre atento. Entretanto, é importante ressaltar que, mesmo nesse estado de “alerta”, não devemos forçar nada, mas sim deixar as circunstâncias fluírem naturalmente. Dessa forma, a sincronicidade também acontece de maneira natural.

Você já parou para pensar que esse texto é fruto da sincronicidade? Em outras palavras, é sempre interessante saber que estamos todos conectados.


Texto escrito por Bruno da Silva Melo da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]